10 coisas que mudei depois que virei pai

olá gente! publico abaixo o texto que fiz para o especial #semanadospais no blog da Sam Shiraishi , depois passa lá e lê os outros posts dos papais convidados.

quando nasce um bebê, nasce também um pai e com isso muitas coisas mudam e outras coisas se vão. nestes oito meses de vida do benjamin, percebi que estou diferente. eis abaixo algumas coisas que esse pequeno transformou em mim:

1) penso quatro vezes antes de pedir demissão

já pedi demissão 2 vezes na vida. é algo assim libertador e poderoso. quando se é jovem e sem ninguém para sustentar parece tão mais fácil abrir mão de tudo e mandar seu chefe ir catar coquinhos. mas com benjoca na área, acho que fiquei mais cauteloso.

2) não consigo mais ler/ver notícias trágicas envolvendo crianças

dia desses aqui em brasília uma garotinha morreu afogada num espelho dàgua de uma escolinha. fiquei super abalado com a noticia. era como se conseguisse sentir o que os pais estavam passando. sinto compaixão profunda que não sentia antes. é só comigo?

3) gratidão pelas noites mal dormidas

toda vez que acordo no meio na noite para ficar com o benjamin ou bem cedinho, 5h30 da matina, fico pensando nos meus pais, imaginando quantas vezes eles ficaram horas sem dormir por minha causa e o sacrifício que eles fizeram para eu chegar até aqui.

4) não me imagino mais em shows de rock

ano passado teve show do smashing pumpkins. como eu ouvia isso! meu deus! eu e meus amigos eward e robson ouvíamos isso até o ouvido sangrar na maior altura! eles foram ao show e eu fiquei.
depois, numa conversa, disse a eles que não me imagino mais num show de rock. acho que fiquei velho mesmo. mas aí lembrei que na verdade é que há 10 anos atrás eu ficava na muvuca, pulando, fazendo mosh e essas coisas. hoje, se eu fosse num show de rock, só mesmo na área vip.

5) atravesso na faixa

aqui na capital tem uma lei que os motorista são obrigados a parar na faixa. é só chegar, parar, acenar com o braço e eles param! mágico não? se não acredita tem vídeos no youtube para comprovar.
desde que o benjamin nasceu, não me arrisco mais a atravessar a rua feito um doido, correndo entre os carros.

6) novos conhecimentos

sei manusear um ultra moderno nebulizador e com ótimos resultados. sei que o bebê esta com febre apenas medindo com a mão.

7) maior susto da vida

já desci de rapel no buraco das araras, 80 metros de altura e isso não foi nem cosquinha do susto que passei quando meu filho teve duas convulções febris. adrenalina pura. medo de verdade, mas agora tá tudo bem. graças a Deus.

8 ) musica de brinquedo

ouço mais esse cd aqui do que esse aqui

9) paternidade guela abaixo

ser pai é lutar para ser pai. a impressão que dá é que estou lutando contra uma onda. as pessoas ainda ficam relutantes ou desconfiadas da competencia paterna. tá certo que não somos iguais as mães, mas não precisa esculaxar né? com diz o Renato kaufmann: PAIS ZUMBI-VOS!

10) amo mais

não importa a hora, local e ocasião, toda hora é tempo de amar. esse pequeno deixou meu coração mole. às vezes estou no trabalho e penso no seu sorriso. aquele sorriso que desmancha todo cansaço, sono e preguiça. um sorriso dele faz meu mundo mover-se.

Related Posts with Thumbnails

11 comments

  1. que liiiiindoooo!!____agora isso dos carro em brasília é incrivél! estive aí uma unica vez q fiquei de cara! hahaha__conto pra todo mundo uiHSUihaIUShiasa__bem elgal!____o texto ta lindo!____beijoo

  2. Parabéns pelo post Hilan! muito legal o que tu escreve!
    mas hoje vim cobrar da Luíza o post dedicado exclusivamente a como introduzir alimentos sólidos para o bebê, ja que tenho essa missão agora.
    talvez tu até tenha feito esse post ja? mas não encontrei =/
    beijos e obrigada desde ja!

  3. Lindo depoimento. Realmente filhos mudam totalmente nossas vidas. Até o cansaço é gratificante. Meu marido é tudo isso e muito mais, as vezes digo que ele é melhor pai que eu sou mãe. Amém! kkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *