10 meses!

dez meses se passaram desde que o meu novo amor nasceu.

o último mês que foi o mais intenso de todos. o mais difícil, mas o mais cheio de conquistas também.
passei um mês inteiro cuidando de bebê doente, indo e voltando de médico, bebê oscilando de humor / temperamento / estado de saúde.
foi também o mês que mais cresci como mãe.

as novidades dos 9 meses não são poucas. recomendo que você vá à geladeira, pegue um suquinho, faça uma pipoquinha e senta, que lá vem história:

  • falou sua primeira palavra por repetição. não foi papai e nem mamãe. foi tadam. isso mesmo. eu estava brincando com ele, tirei um brinquedo do alto da minha cabeça e falei tadaaaam! na mesma hora ele repetiu tádã. fiz ele repetir várias vezes. a coisa mais fofa ever. depois de alguns dias ele atribuiu significado ao gesto e hoje, toda vez que falamos tadam ele coloca e tira alguma coisa de cima da cabeça. o tadam também virou nome da brincadeira “cadê-achou”. às vezes ele fala dádãm, tidã e outras variações;
  • é o rei da dancinha: dança sacudindo o corpo, balançando a cabeça pros lados (tipo fazendo “não”) ou os dois ao mesmo tempo. qualquer barulhinho ritmado, som ou musiquinha já é motivo pra dança do papagaio louco;
  • passou praticamente o mês inteiro sem ensaiar ficar em pé, como fazia no mês anterior. mas de repente, no domingo, ele ficou vááários segundos em pé sem apoio nenhum e, quando cansou, agachou sozinho e sentou-se, sem apoio e tem feito isso várias vezes ao dia desde então;
  • atravessa a sala inteira andando apoiado nos móveis;
  • tá numa fascinação incrível por árvores. aponta para todas que vê, aponta quando perguntamos “cadê a árvore?” e solta um aaaaa, às vezes um a-pfffff (cuspindo) e noutras, um av!
  • imita vários sons e gestos nossos. mas o preferido é imitar as expressões faciais. a gente faz cara de bichinho, ele imita. quando fazemos uma cara que ele não consegue, dá pra perceber o tanto que ele se esforça pra imitar;
  • tem uma cara de sem graça que é a coisa mais fofa, igualzinha à que a prima mais velha fazia e ainda faz. detalhe: eles moram em cidades diferentes e quase não convivem;
  • tá num love sem fim com o tov. eles aprenderam a interagir, gente! já era óbvio pra mim que seus brinquedos prediletos seriam os do tov. mas aí ele vai direto nos brinquedos do tov e olha pra mim. eu digo que não, que é do tov e mando ele dar pra ele. das duas uma: ou o tov vem e toma o brinquedo da mão do benjamin ou o benjamin dá pra ele. dá assim, né, ele oferece. uma ou outra vez ele jogou mesmo pro tov, mas foram poucas.
  • outra coisa que os dois fazem juntos é a brincadeira estapeia-mastiga. o benjamin estapeia o tov e ele retribui dando leves mastigadinhas nas pontas dos dedos do benjoca. acham que ele reclama? ele a-do-ra! se abre inteiro, dá gargalhas;
  • os dois já apanharam um do outro. primeiro foi o benji que, querendo pegar na orelha, apertou a parte carnuda de dentro do ouvido. o tov deu um latido/ganido tão alto que partiu meu coração. o benji só assustou, mas ficou tranquilo. no dia seguinte foi a vez do tov: ele veio correndo e não conseguiu frear ao chegar no benjamin e os dois deram um encontrão de frente. benjoca assustou, chorou, mas depois já tava feliz da vida;
  • aprendeu a reclamar e dar bronca. é igualzinho ao hitler do filme bastardos inglórios. em quem ele deu a primeira bronca? adivinha? ficou em pé, apoiado na cadeira, sacudiu uma das mãozinhas levantadas e soltou um dadadadada pro tov;
  • tá o rei da fralda de pano. já conseguimos mais de 36h seguidas usando ela. acabaram as fraldas descartáveis ontem e o novo objetivo é não precisar comprar um pacote novo tão cedo;
  • só quer saber de comer sozinho. na primeira metade da papinha ou fruta ele aceita bem. na segunda, tenta arrancar a colher da nossa mão, ou então a fruta inteira. quando é papinha, pega com a mão e fica amassando, passando no cabelo, na cara e leva a comida à boca. quando é fruta, dá umas roídas, tira uns pedaços grandes e às vezes engasga. mas tá valendo;
  • tá quase conseguindo fazer o tal do movimento de pinça. na verdade ele faz, mas não consegue segurar só com os dois dedos e passa o que for direto pra palma da mão;
  • testa todas as texturas. tudo que parece diferente ele passa a mão, futuca, poe na boca. no quarto dele, que é laminado, tem uma parte de carpete. quando descobriu, ficou fascinado. ainda volta lá de vez em quando pra futucar;
  • tá com 5 dentes, rumo ao 6º, numa babação infinita. já teve febre, diarreia, rejeitou comida e passa o tempo todo mastigando no lado esquerdo da boca. por favor, venha logo, sexto dente!
  • passou o mês mais insportavelmente chato. parece que a chatura é proporcional à idade e às conquistas e fofuras. mas no fim compensa. visto que ele está tão esperto, era de se esperar que ele também aprendesse a desenvolver comportamentos manipuladores;
  • regrediu no sono e acorda umas 3 a 4 vezes à noite, inconsolável. se o pai o pega, ele faz é chorar mais. se eu o pego, obrigatoriamente tenho que amamentar. parte da culpa é a ansiedade da separação, parte foi o fato de, nos últimos 31 dias, ele só ter dormido umas 5 noites sem estar entupido e parte é minha, que não nego peito a um bebê desolado;
  • comeu comida quente demais, chupou limão e framboesa. fez uma cara esquisita pros dois: olhos, nariz e boca contraídos com força, acompanhado de um tremelique no corpo inteiro. mesmo assim, insistiu na framboesa e eu tive que cortar seu barato por medo dele ter alergia;
  • por falar em alergia, além da cenoura e da beterraba, agora ele deu pra reagir ao tomate. eu mereço!
  • quando papai diz “eu vou te pegar”, ele corre ou esconde. quando mamãe diz a mesma coisa, ele se joga;
  • aprendeu a pular a cerca. calma, eu explico: tem uma gradezinha na porta do quarto dele (aquela que ele adora lamber) e, quando a porta está aberta, ele passa mesmo por cima;
  • aliás, ele tá alucinado nessa grade do quarto. passa pra dentro e pra fora, abre e fecha a portinhola infinitas vezes;
  • descobriu que bola rola. joga as bolas, sai engatinhando freneticamente atrás delas e se acaba de rir;
  • quando as coisas somem do seu campo visual ele procura em todo o canto. esconder alguma coisa atrás da gente ou embaixo da perna já não funciona mais. ele vai lá e tenta achar;
  • quando não quer alguma coisa, coloca as costas das mãos entre os olhos e a testa e joga a cabeça para trás. eu chamo esse movimento de oh, céus!
  • agora é a hora do bebê gênio: uma vez eu cantei um trecho de uma música de um cd que mora dentro do som. cantei sem pretensão alguma, enquanto ele resmungava e tentava escalar minha perna em busca de colo. na mesma hora ele reconheceu a música, foi engatinhando até o som, apertou o play e a música que eu cantei (a primeira faixa do cd) começou a tocar e ele, claro, a dançar. juro. depois eu filmei pra provar que não é primeiro de abril (agora falta passar pro pc). mas diz aí se não é pra matar qualquer mãe de orgulho?
Related Posts with Thumbnails

31 comments

  1. Achei mais uma pessoa q ODEIA aqueles "paiaços"!!!!!! Nossa, eu tbm não suporto, acho ridículo e o pior, muitas professoras incentivam seus alunos a cantar e dançar as músicas deles. Eu não aceito isso de jeito nenhum, não vejo nada pedagógico e educativo, mas parece q só eu sou contra lá na escola. Affff…fala sério! Quem diria hein, daqui a 2 meses o Benjamoc fará 1 ano!!! Como passa rápido neh!? Bjinhos!!!!!

  2. Oun meu Deus, quantas coisas em um mês.
    A última dele ir ligar o som foi o máximo Lu, que ele continue evoluindo mais e mais.
    E você, que mãe mais maravilhosa, e como você cresceu também, suas forças e suas emoções.
    Que Deus continue abençoando essa sua família tão linda!

    Um ótimo feriado para você, Hilan, Ben Ben e Tov.
    Beijos,
    Fernanda.

  3. aaaaah que lindo! e espero que ele esteja melhor no próximo mês, em relação às doenças da idade e tal… mal posso esperar para ver mais fotos e o vídeo dele ligando o som! fico super feliz quando tem post seu, alegra meu dia!

    felicidades! beijo!

  4. Aii como é interessante e apaixonante a evolução dos nossos bebês, né? hahahha. Muitas, muitas, muitas coisas parecidas com a Manuzinha.
    Quanta estou mexendo no Not sentada no sofá e ela brincando, rolando no chão, tentando pegar nosso cachorro etc e tal, ela se esconde atras do Not e depois põe a carona do lado brincando de "Achouuuu" hahahah.

    Também já responde quanda pergunta quantos aninhos ela vai fazer, ela faz um "MMMMMMM" e levanta o dedinho, mas, só o dedinho da mão direita, se segurarmos a direita ela se esforça horrores pra tentar fazer com a esquerda hahahahhaha é engraçado.

    Minha mãe toca piano, ai quando está com a vovó é aquela paixão toda, e quando minha mãe diz "Manu dá os dedinhos" ela para com os dedinhos e deixa minha mãe ensinar ela a tocar!! Logo quando termina o parabéns que elas tocam ela se mata de riiii e nós gritamos vivaaa ela ergue as mãos e adoraaaaaa!!

    Manu também solta as mãozinhas e fica em pé, mas, as vezes parece que ela tem preguiça e quando a gente tenta segurar as mãozinhas dela pra andar com a gente ela prefere engatinhar! Vai entender!

    Entre muitos e muitos mais encantos da minha pequena!

    Beijos Luiza !!!!!!!!

  5. PARABÉNS Benjamin, te desejo muitos meses e anos de repleta felicidade! 🙂

    Luiza, a primeira vez que passei pelo teu blog foi no dia que tu postou aquele que acho foi o pior post pra ti, enfim vamos esquecer.
    des daquele dia eu passo aqui todos os dias, e AMO! tenho lido tudo e de tudo, ja mostrei os vídeos (híper engraçados do Benjamin) pro meu namorido, pai, mãe, irmão, ex cunhada, dinda, dindo, tia, tio, primo… enfim… pra família! são ótimos, eu adoro, vcs editam super bem! hehehe

    Mas hoje o que eu gostaria mesmo é acabar com um dúvida, ainda não li, e talvez tu nem escreveu sobre…
    tu trabalha? com que o Benjamin fica o dia todo? qual a rotina de vocês?

    bjão!
    Tamires

  6. One of the most common mattress bedding in the usa may be the feather beds. The actual ethereal and bulbous seem is probably the premiere factors behind your relative provides because of these high end bedspreads and comforters. When a single rests about this puffy surface your slumber will be warm and cozy. There are some stuff that must be considered to acquire a perfect feather bedspreads and comforters for a peaceful sleep.

  7. Because you age group it’s only natural to experience some kind of memory loss. Nevertheless, you can actually stop this from occurring simply by exciting your head to improve your memory. It is very important to have better memory since it assists you to in a lot of ways. For instance, good memory can help you for making the very best judgements in your life. If you might be at present seeking memory supplements as well as methods to increase your memory, here is the right area for one to end up being. Improved memory is essential specially when you’re job individual. Students as well as organization folks could also advantages of having good memory.

  8. Together with almost everything that seems to be building inside this specific location, a significant percentage of opinions are really rather exciting. However, I’m sorry, but I do not give credence to your complete strategy, all be it exciting none the less. It would seem to everybody that your comments are truly not completely justified and in simple fact you’re your self not even entirely convinced of your point. In any event I did appreciate reading by way of it.

  9. Have you ever considered publishing an ebook or guest authoring on other websites? I have a blog centered on the same subjects you discuss and would love to have you share some stories/information. I know my subscribers would value your work. If you’re even remotely interested, feel free to send me an e mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *