05 de outubro

as 24 horas de uma criança

por hilan diener

como o papai vê: benjamin acordou bem cedo, dei bom dia para ele com um beijinho. peguei ele no colo e perguntei se ele estava com fome. ele disse que queria fruta. fui para cozinha, lavei as frutas e depois as cortei com a faca. dei vários pedacinhos para ele ir comendo. em seguida peguei o livro dos ursos que ele ganhou da tia e li para ele. algum tempo depois ele se cansou e fomos brincar de subir no sofá do seu quarto. ele aprendeu a pular de um sofá para o outro e depois saltar do encosto de um deles e cair direto na cama. pulou várias vezes e quando caía na cama eu fazia cosquinhas e ele morria de dar risada. acabou ficando com sono, procurou a mamãe e pediu para mamar. depois que mamou dormiu profundamente. quando acordou, sugeri um passeio. fomos para o elevador junto com o tov e rapidinho estávamos embaixo do prédio. soltei o tov no descampado perto do prédio e ele correu bastante. benjamin tentou alcança-lo e acabou caindo no chão e comendo grama. nada grave. depois fomos ao parquinho e ele brincou à beça com seus amiguinhos. pouco depois de escurecer, subiu para jantar, tomou um banho, apagamos as luzes da casa e dormiu o sono dos justos. fim!


como o benjamin vê: hoje eu acordei bem cedinho. um gigante com cara de sono me pegou pelo braço, beijou minha bochecha e depois me perguntou com uma voz grossa se eu estava com fome. eu disse bem alto que sim! e queria muito comer frutas!

então ele me levou para colher as frutas do nosso café da manhã. enquanto ele andava, o chão tremia porque ele era muito pesado. da altura que eu estava do chão pude ver peras, uvas e lindas maçãs me esperando! já estava com água na boca e desesperado para devorá-las, mas o gigante disse que eu precisava esperar porque ainda iria lavar as frutas na água de uma cachoeira. não entendo muito bem por que o gigante sempre lava as coisas antes de me dar para comer. deve ser alguma mágica que deixa as comidinhas mais gostosas! depois disso ele pegou um objeto afiado e brilhoso e disse que só ele podia mexer naquilo. me falou que era coisa de gigantes e que logo logo eu também poderia usá-la. mas que antes precisava me ensinar como usar aquele troço.
rapidamente ele foi tirando as cascas das frutas e me dando para comer pedacinho por pedacinho. um mais gostoso que o outro. matei minha fome como se fosse a minha última refeição da vida.

mais tarde o gigante me levou para a floresta onde fomos ficar por dentro das noticias que correm na casa dos ursos. sim! são 10 ursinhos que moram numa casinha bonitinha e dormem todos na mesma cama. uma farra! eles me falaram que mesmo a cama sendo super fofinha o que eles gostam mesmo é de dormir no chão. me contam sempre a mesma história, mas ainda sim não me canso de ouvir. dou tchau para eles com a voz bem baixinha para nenhum ursinho acordar.

depois de conversar com os ursos, o gigante me levou para escalar uma montanha que ficava na parte gelada da floresta. subi a primeira montanha bem rapinho e sem a ajuda do gigante
lá de cima vi que do seu lado havia outra montanha, quase do mesmo tamanho. arrisquei a travessia e consegui pular sem cair no penhasco que havia entre elas. depois que cheguei no pico dessa montanha, percebi que estava muito distante do chão. muito alto mesmo! pensei duas vezes, tomei coragem e saltei lá de cima. para a minha sorte, caí numa neve bem macia.

o gigante estava lá embaixo me esperando, mas de repente ele virou um monstro da cosquinha e me atacou com seus dedos enormes e peludos que me deixam com muita vontade de rir. quase fiquei sem ar de tanto dar risada! precisa me livar do monstro o mais rápido possível. saí correndo pela neve e gritei por socorro. num piscar de olhos apareceu uma fada, linda, com dois peitos gigantes e me abraçou. no seu colo, o tempo foi passando e eu fui sentindo um sono muito grande. eu sabia que se dormisse não iria acordar tão cedo, porque meu amigo urso polar me contou que já dormiu por seis meses seguidos e morro de medo de não aproveitar tudinho que posso fazer no dia. mas não teve jeito. a fada com seu leitinho sonifero me fez apagar num sono profundo e gostoso.

dormi por muito tempo e acordei um pouco assustado. o gigante veio falar comigo e me perguntou se eu queria partir para uma nova brincadeira.

calcei meu sapato especial para aventuras, pedi para o gigante destrancar os mecanismo que nos prendiam dentro da nossa base de operações e entramos no corredor até chegarmos na máquina de teletransporte que nos materializa para o solo. é uma máquina pequena e simples de pilotar: é só apertar um botão e ela faz o resto todo sozinha. se o botão não fosse tão alto, eu poderia pilotá-la sozinho.

já ia me esquecendo que levamos com a gente o meu cavalo de estimação. ao invés de irmos pelo caminho tradicional o papai decidiu ir com ele pela savana.
o cavalinho corria pela mata como se estivesse correndo de um leão. tentei correr atras dele, mas não alcancei. corri tão rápido que acabei rolando de um despenhadeiro e caindo de cara nos arbustos. por sorte não me machuquei. logo o gigante me pegou pelo braço, me deu um beijinho e com laço bem grande capturou o nosso cão e conseguiu fazer ele parar.

saímos da savana e fomos para a area de treinamento para futuros astronautas. desafiei a gravidade escorregando de uma rampa, subi numa máquina que exerce a força centrífuga e comecei a girar igual a um peão. depois encontrei com meus amigos de treinamento, batemos um papo até altas horas da noite e o gigante me disse que já era hora de comer. ele me levou de volta para a base de operações na máquina de teletransporte. chegando la, a fada fez uma comidinha para mim e comi tudinho. quando acabei de comer o gigante me levou para mergulhar numa queda d`agua com água quente. fiquei bem cheiroso e limpinho. o gigante me vestiu uma roupa nova e limpa, escureceu a floresta com uma mágica sinistra, apagou a lua e as estrelas, me levou até a fada peituda e lá eu adormeci.

* este é o último post do desafio #100coisas. durante 20 semanas nos divertimos muito e trabalhamos bastante na tentativa de inspirar e levar um conteúdo de boa qualidade para os nossos leitores. abaixo segue os links com todos os desafios, caso tenha perdido algum. aproveite e muito obrigado. 🙂

*este texto faz parte do desafio “100 Coisas para fazer com seus filhos antes que eles cresçam”, proposto pela Royal, do qual eu participei todas às sextas-feiras ao longo de 20 semanas. Também participaram os blogs @avidaquer @blogcoisademae  @dica_de_mae @rolippi e @cozinhapequena e a fanpage da Gelatina Royal que nos convidou para brincar!


Related Posts with Thumbnails

categorias: para mães, para papais, por definir, publicidade

assine nosso feed ou receba por email


15 Comments »

  1. Hahahahaha Adorei!! A versão do Benjamin é muito mais interessante!!!! 🙂

    Comentário by Julia Costa — outubro 5, 2012 @ 9:56 am

  2. com certeza né?

    Comentário by HilanDiener — outubro 5, 2012 @ 5:50 pm

  3. muito linda a versão do benjamin…
    e acho que é assim mesmo que uma criança deve viver os seus dias!!!
    saudade da minha infancia!!!

    Comentário by Muriel Vermelho — outubro 5, 2012 @ 10:43 am

  4. eu tb fico.

    Comentário by HilanDiener — outubro 5, 2012 @ 5:50 pm

  5. Queria ver a versão da fada, pra essa história de pular de uma montanha pra outra… rsrsrs

    Comentário by Nana(ALouca do bebê) — outubro 5, 2012 @ 12:38 pm

  6. pode deixar que vou pedir pra fada peituda.

    Comentário by HilanDiener — outubro 5, 2012 @ 5:52 pm

  7. pior é que não seria muito diferente não.
    na verdade, o gigante aqui é grande, mas tem pouca energia pra topar algumas montanhas mais altas. ehehehhe!

    Comentário by luíza diener — outubro 6, 2012 @ 1:32 am

  8. que lindoo

    Comentário by Bia — outubro 5, 2012 @ 1:03 pm

  9. obrigado bia! 🙂

    Comentário by HilanDiener — outubro 5, 2012 @ 5:54 pm

  10. ai… achei que ia ter um video do Benjoca tipo aqueles em velocidade máxima mostrando 500 peripecias do bebe??? rsrs olha, devo dizer que o Benjoca já tem uma amiguinha em São Paulo! Minha Valentina ADORA ver os videos dele! Ela tem 2 aninhos como ele! Outro dia vimos todos e depois a bichinha não resolveu fazer tudo o que o Benjoca faz???? Ai meu deus! Segura!!!

    bjs para a familia!!!

    Comentário by Thaty Baldini — outubro 5, 2012 @ 7:05 pm

  11. muito legal! mas confesso que estava ansiosa pra chegar em “como a mamãe vê”…

    quem nos dera ver a vida como nossos pequenos!

    Comentário by Vânia — outubro 5, 2012 @ 9:38 pm

  12. O gigante se diverte, o Benjamin nem se fala! Mas e a fada peituda? Provedora do leite mágico, da comidinha da noite? Palmas pra ela também né! rsrs

    Comentário by Marayza Claudino Quaresma — outubro 5, 2012 @ 10:31 pm

  13. Depois que comentei, pensei: “pensando melhor, se eu bem ‘conheço’ a Luíza, ela teria é colocado uns obstáculos a mais para aumentar a aventura”. Rsrs

    Comentário by Nana (a louca do bebê) — outubro 6, 2012 @ 8:15 am

  14. tipo isso. ahahahhaha!

    Comentário by luíza diener — outubro 6, 2012 @ 10:09 pm

  15. Também queria ver a versão da fada, ops…da mamãe. rs
    Que pena que acabou o desafio…! Gostava de acompanhar.

    Comentário by Gabi Miranda — outubro 7, 2012 @ 12:38 am

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment