brincar e doar é só começar

ano passado eu e luíza escrevemos um post intitulado quantas coisas um bebê de um ano possui. fiz um infográfico detalhado para mostrar quanta tralha um bebê acumula durante um ano. depois da contagem percebemos que o benjamin tinha mais brinquedo do que roupa! depois do aniversário, entã,o esse número só cresceu. já que ele tem brinquedos de sobra, por que não doá-los?

estou falando tudo isso porque o desafio royal desta semana nos foi proposto praticar uma boa ação, um jeito novo de aprender a retribuir e dizer obrigado.

começamos revirando as caixas em cima do armário do baixinho e descobrimos vários brinquedos parados (sem uso) e novinhos. lógico que havia alguns empoeirados que o benjoca nem brinca mais. dei uma lavadinha e no outro dia estavam como novos.
a outra etapa seria: onde doar? acho que essa é a mais complicada, porque é difícil conhecer um local que seja de confiança. aí lembrei que na nossa igreja existe um projeto social que ajuda famílias carentes. liguei para a responsável pelo projeto e descobri que toda segunda terça-feira do mês eles fazem um encontro com essas familias. agendamos a visita e lá fomos joca e eu com a nossa sacolinha de brinquedos para doação.

nessa foto as pessoas tinham acabado de chegar e estavam lanchando. o que achei interessante foi que todos os presentes passaram anteriormente por uma entrevista sócio-econômica, onde são avalidas suas necessidades e demandas, com a finalidade de suprir as carência das familias de maneira global.
por exemplo, após o lanche as pessoas subiram para uma palestra, depois receberam cobertores separados por nome e finalmente receberam cestas básicas. vi também algumas pessoas recebendo remédio e aconselhamento.

no fim de tudo as crianças foram para um sala separada e escolheram os brinquedos um por um. por incrível que pareça não deu briga nem confusão. benjamin entendeu direitinho que aqueles brinquedos não eram dele, mas para as outras crianças. foi demais ver um menino de uns 7 anos brincando todo feliz com um pandeiro que era do benjoca (e ele nunca deu muita bola lá em casa).
essa tarde não foi um passeio qualquer. tenho certeza que o dia daquelas crianças foi inesquecível.
e o nosso, mais ainda!

se você mora em brasília, se interessou pelo projeto e quer conhecer mais ou fazer uma doação é acessar a página abaixo:

http://www.ippdf.com.br/missao/projeto-social/

 

*este texto faz parte do desafio “100 Coisas para fazer com seus filhos antes que eles cresçam”, proposto pela Royal, do qual eu estou participando às sextas-feiras ao longo de 20 semanas. Também estão participando os blogs @avidaquer @blogcoisademae  @dica_de_mae @rolippi e @cozinhapequena e a fanpage da Gelatina Royal que nos convidou para brincar!


Related Posts with Thumbnails

17 comments

  1. Engraçado como o Benjoca tem um senso de propriedade bem desenvolvido (tanto que se incomoda quando vocês usam as coisas um do outro), mas não teve apego aos próprios brinquedos, como poderia ser natural nessa idade. Lindo, lindo!!

  2. Parabéns pela maravilhosa iniciativa. isso sim eu chamo de inspiração.
    Artigos como esse fazem a gente refletir sobre muita coisa!
    Muito Obrigado por fazer meu dia mais feliz depois de uma leitura dessa!

    Beijos,
    Alice (Grávida e Feliz)

  3. Nossa, eu já tinha visitado a igreja do Planalto algumas vezes quando morava em Brasília, mas não sabia deste projeto. Bela ideia! Aqui no Canadá é bem fácil doar os brinquedos e roupas da Isabella. Tem algumas ONGs que deixam uns conteineres enormes em locais de fácil acesso, como postos de gasolina e estacionamentos. É só passar lá e deixar a doação, anonimamente.
    Mas achei muito legal como vocês fizeram o Benjoca participar da ação! Vou pensar em uma forma de envolver a Isabella por aqui também. Talvez no Freemarket lá da igreja… Obrigada por compartilhar a ideia, adorei!
    Um abraço e boa semana.
    Pati

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *