16 de junho

1 ano de constança! aeee!

por luíza diener

umano

doze meses se passaram desde que nossa pequena chegou no mundo aqui fora. o tempo parece uma coisa confusa. se por um lado parece que foi ontem que eu estava na minha casa em trabalho de parto, esperando um bebê que não sabia nem se era menina ou menino, por outro é como se ela existisse a vida inteira.
mas alguns dias, semanas, meses, pareceram arrastar-se, especialmente aqueles mais turbulentos.

de fato muita coisa mudou neste último ano. se por um lado eu já me considerava uma mãe experiente por ter passado pela primeira viagem, por outro tive que aprender a lidar com algumas situações de outra forma, já que constança é um serzinho único e diferente do irmão. bem diferente mesmo.

a primeira vez que a vi, ela estava saindo de mim. no trajeto entre a mão da parteira até os meus braços, constatei imediatamente: “como é pequena!” e, logo em seguida: “é totalmente diferente do irmão”, por mais que algumas pessoas insistam em encontrar semelhança entre os dois (sorry, eu sou a mãe, sei que eles são diferentíssimos. lá lá lá lá lá).
e aos poucos ela foi crescendo, mudando de cara, engordando. aquela menina que mamava tão pouquinho, que não ficava nem 5 minutos no peito e ainda dormia 4 a 5 horas seguidas depois. ela, que não gostava de ficar molhada de xixi ou suja de cocô, que me fazia trocar a fralda dela de 8 a 10 vezes por dia, foi desenvolvendo-se sempre ao seu tempo, sem pressa – que é inimiga da perfeição – sempre feliz e simpática com todos ao seu redor, sempre muito amorosa com todo mundo aqui em casa.

um, dois, doze meses! mudou a gente para sempre, fez de mim uma mãe melhor e mais leve.
depois desse tempo já percebi algumas coisas muito características suas.
a primeira, como já mencionei, é o sorriso e a simpatia. ela pode estar morrendo de sono, de irritação, de fome. se a gente fizer uma gracinha ela dá um jeito de sorrir assim mesmo.

também é muito dengosa e carinhosa. prefere mil vezes um colo e um carinho a ficar no chão xeretando. é daquelas que deita no nosso ombro, fica no nosso colo. quando acorda, vem direto pra mim. eu deito com ela no seu colchão e ficamos muito, muito tempo de preguicinha. rola pra um lado, pro outro, deita nas minhas pernas, na barriga, na minha cabeça. e ri, faz charminho e derrete sempre meu coração.
se comporta muito bem publicamente. fica tranquilamente no nosso colo durante o culto da igreja, num restaurante, durante uma palestra e por aí vai. isso é novidade e surpresa pra gente,  já que com o joca fazíamos programas juntos isoladamente.

não é lá muito fã de comida. nunca foi de mamar muito e não come muito também, apenas o suficiente, como já previa uma amiga minha.

também não gosta de trocar de fralda, muito menos de roupa. qualquer coisa que precise passar pela sua cabeça ou braços é motivo de batalhas épicas e aí toda a doçura fica de lado e ela vira um dragão raivoso, cuspindo fogo para todo o lado.

drogon daenerys

mas é só pegá-la no colo que o dengue-dengue volta.

dany pet

é muito curiosa. está sempre atenta a tu-do que acontece ao seu redor. deve ser por isso que muitas vezes tem dificuldades em dormir porque, mesmo que esteja com sono, muitas coisas interessantes continuam a lhe chamar atenção. por isso é preciso todo um ambiente propício, calmo e silencioso para que durma. e, o mais importante, precisa estar pertinho da gente.
tem aquelas mãos magia que são só dela, desde o dia que nasceu. ela dá tchau ora como uma lady, ora como uma princesa da disney.
já gosta da mamãe, já gosta do papai, mas ninguém ganha do irmão benjoca. ela é completamente enlouquecida, vidrada, apaixonada por ele.

está sempre com um sorriso no rosto e um papel na boca.

e as conquistas dos 11 meses:

  • tem 8 dentes e mais dois super inchados na gengiva, querendo sair (os pré molares inferiores). fiquei assustada  porque nunca tinha visto aquilo daquele jeito. cada um tem o tamanho de uma ervilha e com pequenos pontinhos brancos, parecendo aftas, que somem e reaparecem. ô dó.
  • não sei se são os dentes ou não, mas este último mês foi o que ela dormiu pior em toda sua curta história de vida. quer ficar grudada, mamou tanto de deixar meu peito rachado semi-sangrando por umas duas semanas e eu tenho dormido pessimamente por conta disso. pra assistir um único episódio de game of thrones acabei demorando quase três dias, porque ela acordava no meio e ficava quase uma hora no peito. sou seja, tô um bagaço.
  • tá cada vez mais imitona. quer fazer tudo que nós fazemos. morre de rir quando espirro, tenta escovar os dentes, gargarejar e cuspir, bota um papel no nariz e finge que assoa, faz tosse forçada e risadinha fake.
  • também gosta de imitar o som dos bichos, especialmente mugido da vaca e latido do cachorro.
  • aprendeu a falar direitinho mamãe papai, apesar de às vezes confundir quem é quem. e também fala mamá quando quer adivinhem o quê.
  • uma coisa que ela faz já tem alguns meses é ficar deitada assim, meio de lado, com uma das mãos apoiada na coxa. chamo isso de “musa de botero” (tipo essa imagem, só que mais deitada, como o cara de trás). outra pose dela é ficar meio relaxada de barriga pra cima dando leves tapinhas na sua barriga.
  • agora que já engatinha, aprendeu a ir para a posição sentada sozinha.
  • dá umas engatinhadas malucas em diferentes direções, inclusive de ré e de lado.
  • coloca tudo na cabeça como se fosse chapéu e às vezes na orelha como se fosse telefone.
  • nos últimos dias começou a tentar imitar nossa fala. se dizemos “cadê?” ela diz “dê”. se dizemos “bola”, ela diz “bó”. se cantamos uma música ela tenta cantar igual e às vezes repete umas sílabas parecidas. especialmente com parabéns pra você.
  • nunca viu vídeo nem escutou a música, mas adora “meu pintinho amarelinho”. sempre que cantamos ela faz o famoso gestinho do dedo indicador na palma da mão. e sacode os bracinhos como quem bate as asas.
  • gosta da música da menina moleca. dança balançando a cabeça prum lado e pro outro, como quem faz não, mas na verdade é a cabeça da moleca maluca. e aí vez ou outra vejo ela fazendo essa maluquice com a cabeça e vou perceber que a gente usou a palavra “maluca” no meio de uma frase, ela captou e está reproduzindo o gesto.
  • aprendeu também a fazer e falar “um” com a voz e com o dedo. não faz sempre, mas quando perguntamos “quantos anos a sansa vai fazer/fez?” ela faz e fala o “um”. o mesmo que ela faz com a moleca, faz com o “um”: escuta essa palavra no meio de uma conversa ou frase e.. “um”.
  • assistiu à sua primeira copa em grande estilo: cantando parabéns durante os gols. vimos jogo em companhia à família, com direito a pipoca, fuleco, bola, bandeirolas verdes e amarelas. só perdeu a hora do parabéns oficial porque dormiu justamente enquanto o brasil fazia seu terceiro gol contra a croácia. sansa 3; croácia 1.

ela chegou pra mostrar que, por mais que saibamos muita coisa na teoria, por mais que já tenhamos a experiência com um ou mais filhos, cada criança é diferente da outra, com seus gostos e peculiaridades próprios. que como mãe a gente tem que se reinventar a cada filho e isso é uma delícia sem fim!
que venha mais um ano, uma década, um século!
te amo, sansa lee!

700

 

 

 

Related Posts with Thumbnails

categorias: constança, desenvolvimento do bb, marcos importantes, mês 12-18

assine nosso feed ou receba por email


14 Comments »

  1. Parabéns pra Sansaaaa! Que Deus dê sempre muita saúde e cerque ela de amor! E ela tá a cara do papai, minha nossa!!!

    Comentário by Karine — junho 16, 2014 @ 2:38 pm

  2. lindona , parabens pra essa gordinha linda!!!

    Comentário by renata — junho 16, 2014 @ 2:40 pm

  3. essa Sansa é uma linda! Parabéns pra ela!

    Mas, Lu, só corrigindo uma coisinha : Não existem Pré-molares em crianças, os pré molares só aparecem na boca já permanentes. As crianças depois dos caninos já tem os molares mesmo! como dentista não poderia deixar passar essa hihihi

    Bjos

    Comentário by Clarissa — junho 16, 2014 @ 2:47 pm

  4. sempre pensei que fosse justamente o contrário. que os pré molares fossem os primeiros e os molares fossem os últimos a nascer.
    minha falta e minha gafe!
    obrigada pela correção 😉

    Comentário by luíza diener — junho 16, 2014 @ 8:11 pm

  5. Coisinha mais lindinha da vovó !
    Esta Costancinha é uma delícia!
    Viva !

    Comentário by Daisy — junho 16, 2014 @ 4:10 pm

  6. Lindocaaa demais!!!!

    Felicidade pra Sansinha!!

    Comentário by Luciana Mazzei — junho 16, 2014 @ 4:31 pm

  7. Muito linda, parabéns santa!

    Comentário by adriele — junho 16, 2014 @ 8:47 pm

  8. Que fofura charmosa!!!Parabéns Lady Sansa!!!

    Comentário by Julia Gomes — junho 17, 2014 @ 10:48 am

  9. Sansa fofuxa!!! Parabéns pra pequena! <3

    Comentário by Costurando Nuvens — junho 17, 2014 @ 12:01 pm

  10. Que lindaaaaaaa parabéns, passou tão rapido, lembro quando voce postou avisando que ela nasceu de presente do dia dos namorados… coloca fotinha da comemoracao… ^^,

    Comentário by flavia — junho 18, 2014 @ 1:30 pm

  11. Parabéns! Muita saúde e que curtam muito! BJ, Marília

    Comentário by Marília — junho 18, 2014 @ 3:45 pm

  12. MInha filha tem praticamente a mesma idade da Sansa (um pouco mais nova). Adoro seus posts de desenvolvimento dela porque eu fico observando quando a Isabella vai fazer alguma coisa que a Sansa já faz kkkkkk.
    A Sansa já é até conhecida aqui em casa, eu falo para o marido: a Sansa tá fazendo isso, isso e isso. Aí ele fala: vamos treinar a Bellinha para ela fazer tambéml! kkkkkkkkkkkkk Pode isso???

    Comentário by Deborah Scheffer — junho 18, 2014 @ 4:46 pm

  13. Parabéns à sua bebê e à você também, um doce de mãe que além de super dedicada ainda encontra tempo para dividir com a gente essa Fofura!!! Meu bebê completará 1 ano em agosto! Tá cada dia mais lindo 😉

    Comentário by Vanessa Plantier — junho 20, 2014 @ 5:15 pm

  14. Ai eu leio e releio esse post, leio e releio a #retrospecsansa e choro, choro, choro… é tudo tão lindo… ai meu marido chega e juntos ficamos cantarolando "tchibum tchibum a cabeça é o bumbum" kkkkkkkk
    Somos fãs dos Diener's!!
    Viva a Sansa!!

    Comentário by Monique — junho 22, 2014 @ 7:33 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment

*