99,9% dos leitores concordarão com este post

image-22

não há como escapar: se você é usuário de redes sociais, mais cedo ou mais tarde irá se deparar com algo do tipo “pesquisas comprovam que…” (complete a frase com alguma pesquisa maravilhosa que você andou lendo por aí).

quase todos os dias recebo na minha timeline ou por e-mail uma recém lançada e revolucionária bizarra pesquisa que vem para acabar com tudo aquilo que você acreditava sobre algo ou então para provar de uma vez por todas que você estava certo num determinado ponto de vista.

vez ou outra publicamos na fanpage do blog umas pesquisas bem cabeludas e fico observando a reação de nossos leitores. a conclusão que eu tirei foi que (baseado numa pesquisa que não citarei fontes, afinal você não vai acreditar mesmo) 99,99% das pessoas não acreditam em pesquisas! a não ser que essa pesquisa bata exatamente com a experiência de vida dela ou com a forma exata dela pensar.

pesquisa

print da nossa fanpage

por exemplo, uma curiosa pesquisa britânica revelou que sábado à noite, por volta das 19h30, é o horário preferido dos casais para fazer sexo. ou seja,  neste horário, 99,99% dos casais com filhos ou estão voltando exaustos de uma festinha de criança ou estão com uma criança ligada no 220 pipocando em casa, na rua ou seja lá onde for. afinal, 99,99% das crianças costuma estar acordada nesse horário de sábado. isso quer dizer que você, pai ou mãe, nunca mais fará sexo na vida, a não ser que deixe os filhos na casa da avó.
então isso só me leva a crer que esta pesquisa é totalmente infundada! ou quase. se não, como a constança teria nascido?! não tem como concordar com isso. pesquisa mais sem cabimento.

porém tenho 100% de absoluta certeza que a frase mais dita por pais com dois filhos é: “silêncio! vai acordar seu/sua irmão(ã)!”

pesquisa02

print da fanpage 

no print acima tiveram outros comentários concordando e discordando, dependendo da experiência de cada leitora, mas o que chamou minha atenção foi a quantidade de mulher marcando o marido no post. isso me leva a supor que: o post serviu como uma luva pra amenizar um pouco a tristeza dos maridos e mostrar por meio de dados confiáveis que eles não estão sozinhos. algo como “tá vendo!? não tá fácil pra ninguém. engole esse choro e vai trocar a fralda do bebê!”

seguinte, mulherada: toda essa infelicidade se encontra no fato de que seu marido na verdade não lava a louça. sim! é verdade. segundo um estudo divulgado pela Universidade Umeå, na Suécia, homens que lavam a louça são mais felizes.

após acompanhar de perto a vida de 723 pessoas ao longo de 26 anos, o estudo concluiu que aqueles que não dividiam os afazeres domésticos com a parceira tinham maiores problemas de saúde. ansiedade, nervosismo e problemas de concentração (sem falar de outras consequências sérias, como greve sexo).

por outro lado, aqueles que topavam fazer metade dos serviços, se apresentavam mais tranquilos e felizes. obviamente, 99,99% dos leitores que gostaram deste post são mulheres e 100% vão compartilhá-lo com seu maridos.

 

Related Posts with Thumbnails

21 comments

  1. Me irrito um pouco com os seguidores ferrenhos de pesquisas. É claro que devemos nos informar sobre o que nos cerca e o que consumimos, mas vamos com calma. Usar o seu próprio instinto também pode, né?

  2. Tenho uma sugestão para a próxima pesquisa: por que mentes brilhantes (estes caras sempre são PHD em alguma coisa e a pesquisa é financiada/mantida por uma instituição respeitada) perdem tanto tempo com coisas tão inúteis???
    Pq nã inventam algo p/ acabar com cólicas e p/ fazer crianças 220 dormir cedo? (kkk, brincadeira – é que esta noite foi longa….)
    Enfim, pq não vão fazer algo útil?

  3. post "desserviço" para a humanidade… adoro o blog, mas dessa vez perdi meu tempo lendo esse post, é o que pelo menos 50% dos leitores devem pensar ao ler isso

    1. oi dani. este post não tem a intenção de prestar nenhum tipo de serviço. não entendi pq ele é tão nocivo assim pra humanidade? me explica.
      Espero que os leitores possam me ajudar a responder seu questionamento.

  4. O melhor mesmo é a amostragem da pesquisa. "A Universidade de Hungmaster, da Malásia Ocidental, observou 25 pessoas durante três anos e concluiu que bla bla bla". Gente, 20, 200, 2000 não é nem 0,0001% da população de qualquer lugar.

  5. A Dani está no 0, 01 da pesquisa que afirma que 99, 99% dos leitores iriam gostar do post, uai! Rsrsrs ! Adoro esse blog, vim aqui pegar uma injeção de ânimo pra aguentar meu primeiro trimestre que está difícil demaaaaais !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *