Benji e papai no Jornal Hoje


“A licença paternidade pode ficar três vezes maior. A proposta que está no Congresso amplia de cinco para 15 dias o período de folga dos pais.
Há quarto dias, desde que Benjamin nasceu, o publicitário Hilan Diener participa de tudo na vida do filho. “Se eu tivesse peito até dava também”, diz.
Mas como vai ficar a vida quando ele voltar ao trabalho? “Vai ser dose sair de perto dele. Vou estar no trabalho perdendo os momentos mais importantes”, fala.

A pediatra Gloria Maria Andrade fala que quanto maior a licença melhor para o bebê. E lembra que para o homem não é um período de férias. “Ele tem que assumir seu papel de pai não só junto ao bebê recém-nascido como se ele tiver outros filhos, ele deve assumir inteiramente as atividades exercidas só pela mãe”, orienta.

No Congresso, um projeto aumenta a licença-paternidade de cinco para quinze dias corridos.
Se o bebê nascer durante as férias do pai, não tem problema: o retorno ao trabalho fica adiado por quinze dias. Quando a licença acaba, o pai tem estabilidade de 30 dias no emprego.

As regras também valem para quem adotar filhos. Veja, em vídeo, a entrevista sobre o assunto com o diretor da Sociedade Brasileira de Pediatria do Distrito Federal, Dr. Deoclécio Campos Júnior e com o vice-presidente do Sindivarejista do Distrito Federal, Edson de Castro.”

E você? O que acha deste projeto de lei?
Dê sua opinião.

Related Posts with Thumbnails

60 comments

  1. The next time I learn a weblog, I hope that it doesnt disappoint me as much as this one. I mean, I do know it was my choice to read, nonetheless I truly thought youd have something attention-grabbing to say. All I hear is actually a bunch of whining about something that you could fix for those who werent too busy in search of attention.

  2. Could it be that, due to the topic, there were a fair number of Muslims in the audience? If so, the 1/3rd may not be *quite* as bad as one would think if this was truly a cross section of the English population.

  3. You actually make it seem so easy with your presentation but I find this topic to be really something that I think I would never understand. It seems too complex and extremely broad for me. I am looking forward for your next post, I’ll try to get the hang of it!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *