29 de setembro

benjoca imaginativo

por luíza diener

Pinocchio_1940

o nível imaginativo da criança anda tão avançado que tem sido difícil pra gente distinguir, no diálogo do benjamin, o que aconteceu de verdade e o que é imaginação.
a conversa que rolou agora há pouco foi a seguinte:

– hoje a professora pegou uma seringona enorme, encheu de tinta verde e jogou em todo mundo.
– ah é, filho? – perguntando, incrédula – e como é que você não está com o rosto sujo de tinta?
– é que depois a gente lavou o rosto.
– e por que seu cabelo não tá sujo de tinta verde?
– é que todo mundo tomou banho e lavou tudo! mas olha aqui! tem uma tinta verde no meu dedo!

a essa altura pensei poderia fazer algum sentido o que ele estava falando, mas prossegui:
– e por que seu uniforme não está sujo de tinta?

ele para, olha pro uniforme, pensa um pouco e responde:
– é porque tem uma máquina de lavar roupa lá na escola, só que ela fica escondida num lugar secreto e a gente lavou nosso uniforme lá.
– filho, você não tá falando a verdade. essa máquina não existe.
– é que a máquina de lavar é beeeeem pequenininha – fazendo assim com os dois dedos bem grudados um no outro – e aí não dá pra ver ela.
– ah, é? se a máquina é tão pequena assim, então não cabe o seu uniforme.
– é que veio um mago e encolheu a roupa e colocou lá dentro.
– um mago? ahahhaha! e de onde veio esse mago?
– tá ali!
– ali onde?
– ali, escondido atrás daquelas árvores – apontando pra algum lugar fora do apartamento.

me dei por vencida e só me restou cair na gargalhada.

* * *

fase bônus:

– papai, tô com sede!
– toma! bebe essa água aqui.

bebendo.. gut gut gut…
– ahhh! OBRIGADO, PAPAI – disse, quase gritando.
– de nada, filho, mas fala baixo que sua irmã tá dormindo.
– é quando eu bebo água minha voz fica mais alta!

temos o comediante oficial da casa!

Related Posts with Thumbnails

categorias: 4 anos, benjamin, tagarelices, um pouco de humor

assine nosso feed ou receba por email


2 Comments »

  1. Fiquei curiosa. Nessa fase é melhor falar que não é verdade ou entrar na imaginação com a criança?

    Comentário by fabrinadutra — setembro 29, 2014 @ 3:28 pm

  2. Ai Benjoca, se eu te encontro eu te mordo seu lindo!!!
    Luiza, acho linda a infancia dele… acredito realmente que toda essa imaginação está dentro das crianças mas não é estimulada, incentivada pelos pais e por isso as crianças viram mini adultinhos, aquela coisa sem graça…
    Como é que a gente alimenta a fantasia de uma criança assim, com naturalidade?

    Comentário by Lu Périco — setembro 30, 2014 @ 1:16 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment

*