Mostrando somente a categoria psicologia autodidata introspectiva

31 de janeiro

por uma maternidade mais leve

por luíza diener

um desavisado que lê meus textos e vídeos mais de boa pode pensar que eu sou a pessoa mais relax que existe. que sou assim, sempre paciente, tranquila, riponga. quero te situar e dizer que não. o estilo de vida que eu levo – que nós levamos – é uma escolha. uma decisão diária. um processo constante de autoconhecimento e revisão de prioridades nessa vida boa que deus nos concedeu. não gosto de determinismos ou, do que minha mãe chamaria de síndrome de gabriela: “eu nasci assim, eu cresci assim e sou mesmo assim, vou ser sempre assim”. a gente nasce de um jeito, cresce, amadurece, aprende, apanha, se reinventa. eu poderia me […]

Leia mais

Categorias: mães extraterrestres, psicologia autodidata introspectiva Topo
04 de janeiro

eu perdi a formatura do meu filho

por luíza diener

mês passado foi a despedida do benjamin do jardim de infância. eu mal consigo acreditar que aquele bebê bolucha e careca de olhos esbugalhados que eu pari ontem se tornou esse menino falante, magrelo, esperto, cheio de sacadas hilárias (além de lindo, claro). e vai pro primeiro ano mês que vem. é só isso. não tem mais jeito. acabou. boa sorte. então foi a formatura dele. nada demais, teoricamente, mas um rito de passagem importante, que eu fiz questão que ele participasse. mas a cerimônia estava atrasada, um pouco desorganizada e, por causa do atraso e das apresentações intermináveis e sem pé nem cabeça (tinha uma turma de crianças cantando molejo: […]

Leia mais

Categorias: benjamin, erros comuns, erros comuns, mães extraterrestres, psicologia autodidata introspectiva Topo
21 de julho

puerpério

por luíza diener

puerpério, esse momento estranho da nossa vida. tão arrebatador, tão cheio de amor, de plenitude, de.. caos. de repente chegou um bebê novo não apenas na sua casa, mas na sua vida. tudo vai mudar. vai mudar muito. não apenas suas noites de sono, mas seus horários, sua rotina, suas saídas (que saídas?), seu relacionamento com as pessoas, com seu marido, seus hormônios, sua maneira de encarar as coisas. não digo que vai mudar pra pior, apenas que vai mudar. o puerpério acontece naqueles meses após o nascimento do bebê em que parece que te mandaram pra um país muito distante, com passagem só de ida. de repente você está lá, […]

Leia mais

Categorias: guadalupe, mês 0-3, para mães, psicologia autodidata introspectiva, questões Topo
03 de maio

que tipo de mãe você quer ser?

por luíza diener

eu comecei a ser mãe antes mesmo de engravidar. não à toa o blog chama-se potencial gestante: primeiro veio ele; depois o benjamin, porque em mim já vivia a vontade de ser mãe. eu não sabia exatamente que tipo de mãe eu seria, mas  com certeza queria ser a melhor para os meus filhos. quando joca nasceu, precisei resgatar tudo o que eu já sabia em teoria sobre maternidade: um pouquinho do que li aqui, um pouquinho do que aprendi com outras mães acolá, o que passei a vida inteira vendo minha mãe fazer. ela foi e continua sendo um grande exemplo! mas a época em que ela viveu, o […]

Leia mais

Categorias: educação, erros comuns, mães extraterrestres, para mães, psicologia autodidata introspectiva, publicidade, quer uma dica? Topo
21 de dezembro

o bebê sem nome

por luíza diener

escolher nome de bebê não é tarefa fácil. nunca foi. mas parece que no primeiro filho o caminho tá mais livre, as possibilidades são maiores e até a criatividade tá mais solta. por outro lado, depois que você já nomeou dois filhos, a gente fica menos travado na hora de tomar essa decisão. o nome do benjamin ficou definido ainda na gestação, acho que mesmo antes de eu completar 20 semanas. como descobrimos durante a gravidez que esperávamos um menino, ficou mais fácil fazer lista de um gênero só (até porque acho nome de menina bem mais difícil). já constança, nós descobrimos que era menina depois de nascer e demoramos 9 dias pra bater o […]

Leia mais

Categorias: filosofia de boteco, guadalupe, psicologia autodidata introspectiva Topo
30 de setembro

mas você sempre quis 3??

por luíza diener
mãe de três

(arte de katie m. berggren) quem me acompanha há mais tempo no blog, sabe que a resposta é sim! sempre quis ter três filhos. ou mais, por que não? sempre sonhei com família grande, a casa cheia, as festas sempre animadas. lembro que os momentos mais gostosos da minha infância e adolescência eram quando minhas irmãs e eu íamos pra cama da minha mãe e ficávamos de papo pro ar, lendo e ouvindo histórias e, quando mais velhas, fofocando sobre a vida. aquela cama cheia de filha, com a mãe no meio. até mesmo quando viajávamos de carro e nos espremíamos no banco de trás, brigando: “ela invadiu o meu espaço!” […]

Leia mais

Categorias: estou grávida, eu gestante, guadalupe, psicologia autodidata introspectiva, questões Topo
17 de setembro

espelho meu

por luíza diener

eu me vi num momento de vida em que tudo estava acontecendo exatamente da maneira que eu gostaria que acontecesse. vi meus filhos aproveitando o espaço novo, brincando lá fora, desenvolvendo novos vínculos como irmãos, com a natureza que os cerca, com novos amigos, consigo mesmos. eu me vi muito animada com isso tudo e imersa numa vastidão de sentimentos e emoções. também me vi com um filho com necessidades especiais tanto alimentares quando educacionais. a dor antiga de ver que suas alergias nunca passaram como deveriam e a surpresa da novidade de ter que lidar com um menino que é especial na sua essência e não há nada que possamos fazer […]

Leia mais

Categorias: erros comuns, filosofia de boteco, para mães, psicologia autodidata introspectiva Topo
27 de maio

o encontro com laura gutman

por luíza diener

sábado retrasado eu tive a oportunidade de conhecer pessoalmente a laura gutman em uma palestra/bate papo muito bacana oferecido pela aquarela pediatria. tomei nota do máximo que podia, imergi de cabeça no negócio, fiquei em crise no intervalo na hora do almoço ruminando tudo o que foi dito e, à tarde (o negócio foi das 10h às 16h e tal), consegui alinhar um pouco as ideias. pensei em fazer um resumo rápido de tudo o que foi dito, mas acho bastante complexo fazê-lo, visto que foram necessários dois livros para falar sobre o assunto abordado numa palestra de 4 horas. mesmo assim, vou tentar fazer um panorama rápido com o […]

Leia mais

Categorias: erros comuns, filmes e livros, psicologia autodidata introspectiva, sem filho Topo
19 de maio

um caminho sem volta

por luíza diener

eram quatro da manhã quando acordei com o marido resmungando. disse que constança estava acordada desde as duas e que já tinha tentado de tudo para fazê-la voltar a dormir. juro que não ouvi; estava completamente capotada de sono. peguei-a no colo e quase me vi também murmurando, algo como “o que foi dessa vez que a menina não quer dormir?” mas, ao invés disso, simplesmente exerci a atividade que mais tenho praticado nos últimos quase cinco anos: dei mamá. ainda meio vesgona de sono, pensei em voltar a dormir, mas a cabeça começou a funcionar a todo o vapor. anotei as ideias no celular pra não esquecer depois e […]

Leia mais

Categorias: amor, erros comuns, para mães, para papais, psicologia autodidata introspectiva Topo
14 de maio

laura gutman em brasília!

por luíza diener

quando recebi o convite por email, nem acreditei: “bom dia, luíza, tudo bem? vamos trazer a laura gutman para apresentar seu novo livro, La Biografia Humana. oportunidade legal para um bate papo com a escritora. (…) você não é de brasília, é? de qualquer forma, está convidada para participar de nosso evento, caso tenha interesse : )” para tudo! laura gutman em brasília? bate papo com a escritora? convidada para o evento? sim, sou de brasília, siiim! e é claro que eu vou! pra quem acompanha o blog e meus posts sobre criação de filhos, sabe que laura gutman é uma das minhas referências e que ela já me ajudou […]

Related Posts with Thumbnails Leia mais

Categorias: amor, brasília, educação, psicologia autodidata introspectiva Topo