Mostrando somente a categoria questões

21 de julho

puerpério

por luíza diener

puerpério, esse momento estranho da nossa vida. tão arrebatador, tão cheio de amor, de plenitude, de.. caos. de repente chegou um bebê novo não apenas na sua casa, mas na sua vida. tudo vai mudar. vai mudar muito. não apenas suas noites de sono, mas seus horários, sua rotina, suas saídas (que saídas?), seu relacionamento com as pessoas, com seu marido, seus hormônios, sua maneira de encarar as coisas. não digo que vai mudar pra pior, apenas que vai mudar. o puerpério acontece naqueles meses após o nascimento do bebê em que parece que te mandaram pra um país muito distante, com passagem só de ida. de repente você está lá, […]

Leia mais

Categorias: guadalupe, mês 0-3, para mães, psicologia autodidata introspectiva, questões Topo
30 de setembro

mas você sempre quis 3??

por luíza diener
mãe de três

(arte de katie m. berggren) quem me acompanha há mais tempo no blog, sabe que a resposta é sim! sempre quis ter três filhos. ou mais, por que não? sempre sonhei com família grande, a casa cheia, as festas sempre animadas. lembro que os momentos mais gostosos da minha infância e adolescência eram quando minhas irmãs e eu íamos pra cama da minha mãe e ficávamos de papo pro ar, lendo e ouvindo histórias e, quando mais velhas, fofocando sobre a vida. aquela cama cheia de filha, com a mãe no meio. até mesmo quando viajávamos de carro e nos espremíamos no banco de trás, brigando: “ela invadiu o meu espaço!” […]

Leia mais

Categorias: estou grávida, eu gestante, guadalupe, psicologia autodidata introspectiva, questões Topo
02 de abril

casa nova

por luíza diener

deu medo. deu muito medo. um frio na barriga, uma vontade de desistir, o constante questionamento “será que estou fazendo a coisa certa?” nem quando casei – aos 21 anos – me senti assim. nem quando engravidei ou estava em trabalho de parto, me preparando para meus filhos chegarem. ou pelo menos, se senti tal medo, me esqueci completamente dele. morar em casa sempre foi meu sonho desde a mais tenra infância. a única vez que isso aconteceu foi quando eu era um pouco mais velha que constança e voltei pra apartamento quando era mais nova que benjamin. desde então, durmo e acordo trancafiada em um caixote empilhado e enfileirado […]

Leia mais

Categorias: desperate housewife, psicologia autodidata introspectiva, questões Topo
20 de novembro

os padrões que nos impomos

por luíza diener

eu amo a vida que levo, sinceramente. mas volta e meia me pego com um comichão, sonhando com uma vida que não é a minha, admirando coisas que não tenho (e provavelmente nunca terei), planejando mudar algumas coisas, comprar alguns bens, como se minha felicidade dependesse daquilo. no fundo eu sei que não, mas tem vezes que isso é tão forte que eu quase chego a acreditar. eu fui uma criança de cabelos bem loiros, bem lisos e olhos verdes, escuros. fui gordinha até os 5 anos e logo me tornei um fiapo. eu odiava “parecer uma boneca”. eu odiava ser magrela. eu odiava ser loira. eu odiava meus olhos […]

Leia mais

Categorias: amor, antropologia de esquina, filosofia de boteco, psicologia autodidata introspectiva, questões Topo
26 de agosto

5 mitos na criação de filhos

por hilan diener

lendo o livro soluções para disciplina sem choro, de elizabeth pantley, me deparei com um capítulo sensacional que se chama banindo mitos. ele começa dizendo que como se já não fosse suficientemente difícil criar nossos filhos, muitos pais acreditam em mitos que complicam o processo fazendo com que sintam-se confusos, frustados e inadequados. esses mitos horríveis tornam-se nuvens escuras e quase sufocantes pairando sobre nossas cabeças, perturbando a alegria da experiência maravilhosa e épica que é criar filhos.  então separei/adaptei alguns mitos para ajudar a comunidade de pais e mães aflitos a dissipar um pouco a culpa e ansiedade e também a prevenir problemas futuros. eis os mitos mais comuns na criação […]

Leia mais

Categorias: amor, criança, educação, erros comuns, filmes e livros, para mães, para papais, quer uma dica?, questões Topo
02 de agosto

cuidando de dois ao mesmo tempo

por luíza diener

digo que ser mãe é igual jogar vídeo game: cada fase é mais desafiadora que a anterior. o início parece difícil, mas a gente vê que sempre dá pra complicar mais um pouquinho. só que, assim como nos joguinhos, conforme as fases passam, a gente ganha experiência, aprende uns truques, ganha vidas e bônus, que facilitam nos próximos níveis. por quase três anos tive que me virar nos trinta e cuidar sozinha do bebê e da casa. por opção, cuidei dele sem auxílio de empregada, babá, televisão ou escola. às vezes pareceu fácil, tirei de letra. noutras, foi difícil demais. quando achei que finalmente estava zerando o jogo, chegou o […]

Leia mais

Categorias: criança, para bebês, para mães, publicidade, quer uma dica?, questões Topo
22 de julho

o caminho para um parto domiciliar

por luíza diener

não foi recente a minha decisão para que meu segundo parto fosse realizado em casa. na verdade, digo que ela começou no dia em que o benjamin nasceu. talvez até antes. parto normal sempre fez parte dos meus planos. quando engravidei pela primeira vez, descobri o que era parto natural (sem intervenções desnecessárias) e parto humanizado. confesso que não corri muito atrás disso. apenas conversei com a minha médica do plano de saúde que gostaria de um parto normal e sem muitas intervenções, o mais natural possível. quem leu meu relato do parto do benjamin e o relato do parto da constança deve ter notado algumas diferenças e semelhanças entre […]

Leia mais

Categorias: amor, constança, para gestantes, parto, questões Topo
27 de junho

carta do futuro

por luíza diener

oi, luíza. queria escrever hoje algumas coisas que talvez você não imaginou que fosse ler. primeiro, parabéns por essa gravidez tão linda que você teve. por ter sabido ouvir seu corpo, respeitá-lo, descansar quando era hora e se esforçar quando foi preciso. seu parto foi lindo. seu bebê nasceu num ambiente de amor e respeito e foi acolhido da maneira como os nenéns deveriam vir ao mundo. hoje você tem tirado de letra o ser mãe de dois. não foi tão difícil quanto parecia, né? eu sempre soube da sua capacidade, mesmo que você tivesse hesitado por alguns instantes. tudo na vida é adaptação e nós costumamos ter medo do […]

Leia mais

Categorias: amor, para mães, publicidade, questões Topo
11 de março

a classificação indicativa é suficiente?

por luíza diener

na  semana passada aconteceu aqui em brasília o seminário internacional sobre infância e comunicação: “O evento reuniu 250 especialistas de vários países para debater o respeito à liberdade de expressão e a atuação de empresas de comunicação na formação de crianças e adolescentes. Segundo dados apresentados pela ANDI, a criança brasileira passa cerca de 5 horas por dia assistindo televisão(pasmem!). O que é recomendado pelo especialista é que os pais fiquem atentos a classificação indicativa e manter um constante diálogo com seus filhos.” bem, a informação acima veio da descrição do vídeo aí do começo do post, apresentado pela TV NBR. mas gostaria de aproveitar o gancho para perguntar: vocês acreditam […]

Leia mais

Categorias: educação, erros comuns, filosofia de boteco, questões, vídeos Topo
06 de fevereiro

espantando os monstros da gravidez

por luíza diener

essa história de gravidez é uma coisa que mexe muito comigo. antes mesmo de ser gestante, sempre admirei a força que há em uma grávida. inclusive postei sobre essa força estranha quando estava esperando o benjamin. e foi na gravidez dele que eu tomei consciência do que é viver realmente uma gravidez com todos os seus ônus e bônus. me senti linda, me senti forte, me senti poderosa. esta segunda gestação, por outro lado, começou um pouquinho diferente. demorei a me sentir grávida, a perceber o tamanho do amor e da vida que está sendo gerada aqui dentro. só agora, na metade exata da gravidez, no auge das minhas 20 semanas, é […]

Related Posts with Thumbnails Leia mais

Categorias: amor, constança, estou grávida, eu gestante, parto, questões Topo