como se perdesse um filho

ringo e eu, 2007

quando o inevitável acontece mais cedo do que a gente espera é como se tirassem o nosso chão. porque a gente sabe que mais dia, menos dia ele chega. só não espera que seja hoje. é sempre amanhã. e aí fica a esperança de que haja uma procrastinação da parte do destino, mas ele é sempre obstinado e pontual. quando mete na cabeça que chegou a hora vai lá e pronto.

dessa vez chegou a vez do meu ringo. eu sempre imaginei que um dia entraria em casa e ele estaria na caminha dele, todo durinho e gelado (afinal, com 15 anos, né?). eu procuraria um taxidermista e ele seria empalhado ficando, assim, imortalizado na história da família e até se tornaria o ícone pop da casa (esquisitices à parte).

mas antes de chegar ao fim, me deixa contar como aconteceu. decidi levá-lo de viagem comigo e com o marido. sempre sonhei em fazer isso, só que nunca tive a oportunidade certa.
aí ele veio conosco a cavalcante – go (um lugar lindíssimo, sobre o qual falarei em outra oportunidade) e tão logo chegamos, o ringo já pirou, correu para todos os lados e até entrou no rio sem medo, apesar de ter ficado apreensivo na hora de sair. enquanto fazíamos a trilha ele ia solto, volta e meia se perdia no caminho e eu tinha que encontrá-lo. mas não queria privá-lo de talvez sua única oportunidade de liberdade assim.

curtimos bastante o dia, ele ficou solto na pousada sem problemas. explorava tudo o que via pela frente, mas sempre voltava pra ficar pertinho de mim. fui tomar banho e deixei o marido de olho. quando estava quase saindo, recebo a notícia: o ringo sumiu!
até aí, normal. ele fez isso antes, certo? quem dera.
procuramos loucamente por toda a parte, refizemos as trilhas, olhamos no rio, na fazenda ao lado (por conhecer sua loucura por caçar galinhas) e nada. apesar de quase surdo, gritamos por ele e o procuramos por dois dias.

ah! quantos donos eu chamei de irresponsáveis por perderem seus cachorrinhos e agora cá estou eu, pagando a língua com força!

o tempo há de passar e a dúvida vai sempre permanecer.
alguns podem acreditar que ele se perdeu na floresta, voltou às suas origens e virou um legítimo cão selvagem, que caça sua própria comida e nunca deixa que outro animal lhe roube a presa.
outros dirão que ele foi encontrado na beira da estrada por um fazendeiro tão velho quanto ele. este o alimentou, cuidou e hoje o trata como rei, cheio de regalias e dormindo sempre na cama do velhinho.
mas eu prefiro acreditar que, enquanto desbravava a mata, reconheceu de longe o som do rio e correu em direção a ele como se não lhe apresentasse mal algum. não tendo quem o salvasse da forte correnteza, resolveu improvisar: substituiu alguns pêlos por escamas, deixou a cauda crescer para ajudar no nado, desenvolveu membranas entre as patas e hoje vive ora na terra, ora na água. parte cão, parte peixe, parte anfíbio.

é realmente óbvio que esta seja a história mais coerente de todas e eu posso provar: toda vez que vou para o mato e fico perto de algum rio, ouço nitidamente seu latido agudo juntamente com o coaxar dos sapos-cachorro.

para ringo, o meu beatle favorito.

Related Posts with Thumbnails

33 comments

  1. ringo deixa saudades, mesmo quando estava fedidinho era uma graça. era um cão muito peculiar que não abanava o toco de rabo a toa. talvez ele tenha entrado na mata e deitado em baixo de uma arvore, sentindo a brisa e morrido assim. seja lá qual for a verdade esse é um jeito mais animal de morrer, mais romântico. sem várias idas ao veterinário e remédios e tal. minhas condolências.

  2. Lu!! que coisa triste! Não sei nem o que dizer. Claro que estou aliviada porque agora ele não vai mais ser empalhado. Mas realmente não era assim que eu esperava que ele fosse se despedir…

  3. Imagino a tristeza de vcs, mas não deixo de achar bonita a forma com que ele se despediu e os últimos dias que passou com vcs, em liberdade. Melhor, muito melhor, que sofrer num hospital veterinário.
    Beijos

  4. que post triste, poético e lindo, Lulu….
    eu chorei aqui, fiquei emocionada de verdade.
    ele viveu uma enorme vida contigo, era um xodózão né…eu sinto a dor daqui. ;-/

    Isso mesmo, como a história de peixe-grande, sapo-cachorro!
    Me inspirou para ilustrar o eterno ringo, viu?

  5. Oii…poxa vida nem sei o que dizer ,mas sei bem o que é isto,doi demais sem saber o que aconteceu,mas é a vida ,como saber ,só o tempo pra tristeza diminuir.bju

  6. o post do ringo me fez usar todos os lencinhos da casa…
    Sobre dieta marido/mulher, alem do emocional que conta apenas 100%, existem certos tipo de comida que também ajudam a acabar com sonho de maternidade. batata branca é uma dessas, sabiam?
    e tem OUTRA que vcs tb podiam pesquisar: eu ganhei 20 kg na gravdez, e meu ex marido tb, pois dividiamos tortas inteiras na cama. mas EU amamentei, e perdi 23. e ele sofre até hoje, pois ainda faltaram 5kg que esqueceram de ir embora. amo esse blog!!

  7. Hello, the place did you get this info can you please assist this with some proof or you may say some good reference as I and others will really appreciate. This information is really good and I will say will always be useful if we attempt it risk free. So if you happen to can back it up. That can actually assist us all. And this may carry some good reputation to you.

  8. It’s appropriate time to make a few plans for the long run and it’s time to be happy. I’ve learn this put up and if I could I wish to suggest you few fascinating things or advice. Maybe you can write next articles regarding this article. I wish to learn more issues about it!

  9. Its like you read my mind! You seem to know so much about this, like you wrote the book in it or something. I think that you could do with some pics to drive the message home a bit, but other than that, this is great website. An excellent read. I will certainly be back… student loans settlement

  10. Magnificent beat ! I would like to apprentice while you amend your website, how can i subscribe for a website website? The account helped me a acceptable deal. I had been tiny bit acquainted of this your broadcast offered bright clear concept… Regards, buy wine new york

  11. Hiya, I’m really glad I’ve found this info. Today bloggers publish just about gossips and net and this is really annoying. A good blog with interesting content, this is what I need. Thank you for keeping this site, I will be visiting it. Do you do newsletters? Can not find it.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *