23 de janeiro

cuidados com a pele durante a gravidez

por luíza diener

barriga feliz

gravidez é um dos momentos mais especiais na vida de uma mulher e também pode ser a fase que mais mexe com ela por dentro e por fora.
de repente, mil pensamentos desde que cara o bebê vai ter, que nome vai receber até como fica nossa vida e nossa aparência com tudo isso.
desde que aconteça de maneira saudável, não é egoísmo preocupar-se com o corpo quando se está grávida. pelo contrário, é ele que comporta esse bebezinho que irá crescer e, mesmo após nascer, de certa forma nosso corpo ainda estará ligado a ele.
por isso uma mãe pode – e deve – cuidar-se muito bem durante a gestação.

hoje quero dar um foco especial sobre os cuidados com a pele durante a gravidez:

use filtro solar

um clichê da década retrasada, mas não menos verdadeiro. use filtro solar, especialmente se estiver grávida.
por conta dos hormônios da gravidez, a produção de melanina fica alterada e manchas podem aparecer durante a gestação e te acompanhar por toda a vida.
aconteceu há poucos meses. eu não sabia que estava grávida quando, por acaso, peguei sol sem filtro (coisa rara, visto que quase nunca tomo sol desprotegida). no dia seguinte notei pequenas manchinhas na perna.
pouco tempo depois, descobri a gravidez e soube o porquê de tais manchas. aí (falha minha total), há pouco tempo me expus ao sol e me esqueci apenas de uma parte das costas. adivinhe o que aconteceu? mais mini-manchinhas.
e isso é sério. tem que proteger, porque as manchas da gravidez estão entre as mais difíceis de serem removidas depois.
por isso, senhoras e senhoritas, protejam-se – especialmente no rosto, que é onde mancha mais, use filtro solar mesmo se vão ficar em ambientes internos. uma boa dica é passar um hidratante que já contenha filtro. assim, você mata dois coelhos em uma cajadada só.

espinha, gente!

fui uma adolescente privilegiada. quase não tive espinhas. minha pele era linda, meu cabelo, uma seda! eu sempre fui muito elogiada por isso e ficava toda orgulhosa de mim.
mas algo temível aconteceu: elas resolveram dar as caras (ou dar na cara) quando engravidei do benjamin. e desde então, minha cara amiga, elas nunca me abandonaram completamente.
na gravidez minhas espinhas intensificam-se.
morro de inveja dessas mulheres que ficam com uma pele maravilhosa durante a gestação. temo que eu morra sem nunca saber o que é isso.
mas, para minimizar a oleosidade que me assola e tentar acalmar a fúria das espinhas, o que faço sempre é lavar o rosto de manhã e à noite com sabão neutro. uso sabonete infantil mesmo, que não agride a minha pele. na hora de enxugar, seco apenas pressionando a toalha contra o rosto. nada de esfregá-la na cara! e depois, um hidratante/filtro oil-free.

pra aproveitar, já que estamos falando de cuidados com o rosto, evite os ácidos durante a gravidez! ácido retinoico é um deles (presente em alguns cremes antiidade). e também não saia usando produtos para tratamento de espinha e manchas sem antes consultar seu ginecologista/obstetra e um dermatologista de confiança.

estria, a grande vilã

de todas as preocupações que as gestantes têm com o corpo, vejo que sempre pairam dúvidas sobre estrias.
as estrias acontecem quando a pele espicha mais do que daria conta. aí a fibra se rompe, surgem linhas rosadas/arroxeadas e, após um tempo, ela consolida-se, quase como se fosse uma cicatriz.

sim, estrias em sua grande maioria são genéticas. então, se você está morta de preocupações para saber se vai adquirir ou não as malditas, pode começar perguntando à sua mãe ou irmãs que já engravidaram. se elas não tiveram, a tendência é que você também não as tenha. mas se elas não foram beneficiadas pela genética, o jeito é tentar fazer o que estiver ao seu alcance para minimizá-las.
até porque não existe nenhum tratamento 100% eficiente contra as maledetas.
por isso, o melhor é prevenir.
mas como?

1. hidrate-se
hidratação é sempre a resposta. um bom creme ajuda a aumentar a elasticidade da pele e, em boa parte dos casos, evitar que as estrias apareçam.
o ideal é começar desde o início da gravidez, dando atenção especial às zonas que mais espicham, como barriga, quadril, costas e seios.
há no mercado hidratantes específicos para gestantes, alguns, inclusive, ditos antiestrias. vale muito a pena investir em um (ou vários), especialmente a partir do segundo trimestre da gestação, que é quando a barriga (e todo o resto) começa a crescer de fato.

2. água, água, água
não adianta morrer de hidratar por fora se você está seca por dentro. se o ideal para qualquer pessoa é no mínimo 2 litros por dia, uma grávida deve tomar bem mais que isso (arrisco a dizer pelo menos uns 3 litros, mesmo que eu ainda esteja distante deste ideal).
isso porque o fluxo sanguíneo de uma gestante é bem maior, sem contar com o resto do organismo a todo vapor para gerar uma nova vida.
além de hidratar a pele, a água evita infecções urinárias, o acúmulo de líquidos (por incrível que pareça), colabora para o bom funcionamento dos rins, dentre tantos outros benefícios.
ou seja, você só tem a ganhar bebendo água.
e se, como eu, você é daquelas que costumam esquecer de se hidratar, mantenha sempre perto de você uma garrafinha com água fresca.

3. invista em bons sutiãs
sutiãs de boa sustentação podem ajudar a evitar estrias nos seios. conforme eles crescem e pesam, o melhor a fazer é segurá-los bem. dê preferência aos de gestante (ou lactante), que possuem alças grossas e não têm aquele aro de ferro dos infernos. em geral, os sutiãs de gestante não são lá muito charmosos, mas já há no mercado umas marcas que disfarçam bem (mas nenhum deles disfarça a alça grossa. que pena).

4. minha amiga balança
ok. sou contra esse lance de passar fome na gravidez e ficar contando caloria. mas também aquele papo de que grávida come por dois é balela. sempre digo que grávida que come por dois, engorda por dois.
e aí, raciocinem comigo: de que adianta tomar todas as medidas preventivas para combater as estrias que já tendem a surgir normalmente e descuidar no ganho de peso?
não é só por questão estética, não. é uma questão também de saúde.
estou preparando um post para a semana que vem que fala sobre ganho de peso e alimentação saudável (e gostosa) durante a gravidez, no qual pretendo explorar melhor o assunto.
então, não faça da balança sua inimiga. faça dela sua aliada durante a gestação. seu bebê e você agradecerão futuramente.

5. fique atenta às mudanças!
se você percebeu alguma linha rosa, vermelha ou mesmo roxa no seu corpo, pode ser que seja uma estria à vista. mas não se desespere! converse com seu médico obstetra e com um dermatologista. se tratadas no início, as estrias podem ser minimizadas e até evitadas.
na gravidez do benjamin me apareceu uma linha horizontal rosada de canto a canto da barriga e padeci me imaginando com aquela estria depois. coçava horrores! pra aliviar a coceira, passei a hidratar mais que o normal e no fim ficou só uma coisiquinha minúscula perto do umbigo – onde eu costumava ter piercing – que só eu consigo ver (nem o marido percebe).

aproveitando o tema, gostaria de trazer pra roda uma pergunta clássica: coçar a barriga dá estria? por incrível que pareça, não. na verdade, é justamente o contrário: é a pele espichando e a estria querendo aparecer que fazem a barriga coçar tanto. aí a lenda surge porque a mulher pensa “mas eu cocei e cocei e foi surgir uma estria justamente naquele lugar”. então, se coçar, pode dar uma aliviada (de preferência sem unhas, para não machucar), mas aproveite para hidratar-se mais ainda, com um creme bem “potente” em tais lugares.
também vale dar uma olhada pra ver se o hidratante que você está usando ou mesmo o tecido de alguma roupa específica não estão te dando alergia. comigo aconteceu justamente isso.

a gravidez é um momento único e especial

por isso, deve-se aproveitar esse tempo para cuidar do seu corpo, da sua saúde e, claro, do seu bebê.
a gestação é um momento fantástico para conhecer-se melhor e aproveitar para abandonar velhos hábitos em prol da vidinha que forma-se dentro de si.
confesso que não é lá muito fácil, mas é por uma boa causa e muitas coisas tornam-se tão rotineiras que você acaba adotando alguns bons costumes que te acompanharão por toda a vida.

pois é. os filhos nos mudam para sempre, antes mesmo de virem ao mundo.

confira também os outros blogs patrocinados pela natura mamãe e bebêcoisa de mãeit mãemãe de gurimamatracamamíferas,mundo ovo e vida de gestante.

Related Posts with Thumbnails

categorias: Tags:, , , , , , , , , , , , constança, estou grávida, eu gestante, publicidade, quer uma dica?, saúde e esportes

assine nosso feed ou receba por email


9 Comments »

  1. Olá! Eu também estou grávida, pela segunda vez, tenho uma menina, Alice com 5 anos e agora espero o Angelo. Adorei o post e como esteticista venho contribuir com algumas dicas para as mamães. O uso do Protetor Solar realmente é fundamental, faça sol ou faça chuva, mas dê preferência aos protetores solares que contêm somente filtros físicos, também chamados de minerais. Pois há estudos que mostram a presença dos filtros químicos no leite materno. Para controlar a oleosidade que está aumentada nesse período uma boa solução é o uso da Argila Verde, podendo ser usada como uma máscara facial em todo o rosto, pescoço e colo cerca de 2x na semana, por 20 minutinhos. A Argila Verde controla a oleosidade e seca as espinhas, sendo uma ótima opção durante a gestação, já que a maioria dos produtos para tal contêm ingredientes que são contraiindicados nessa fase. O mesmo cuidado deve-se ter com o creme para evitar as estrias, muitos hidratantes comuns contêm ativos que são contraiindicados neste período, portanto escolha cremes específicos para essa fase de sua vida. Bem, espero ter contribuído. Quem quiser mais informações, inclusive sobre prevenção de estrias e drenagem linfática na gestação, acesse meu blog: julianaroldi.blogspot.com.br . Beijos

    Comentário by Juliana — janeiro 23, 2013 @ 3:54 pm

  2. Oi, Juliana, amei as dicas! quando escrevi no post sobre o antiestrias, me referia ao específico para gestantes, mas acho que não ficou muito claro.

    também adorei a dica do filtro. vou acrescentar ao texto, porque isso é muito importante.

    e você sabe me dizer onde encontro essa tal argila verde? estou precisando muito! minha pele está com muitas espinhas e extremamente oleosa.

    beijão e obrigada pelas contribuições!

    Comentário by luíza diener — janeiro 23, 2013 @ 5:19 pm

  3. Luíza, a Argila Verde você pode encontrar em lojas como a ADCOS, a Vita Derm, a Buona Vita. Indico essas pq as conheço bem, e são empresas que trabalham com cosméticos para profissionais esteticistas, mas acredito que também vendem a argila para clientes finais. Já vi em lojas de produtos naturais, mas achei a procedência estranha, então não indico. Existem vários tipos de argila, mas dê preferência a argila verde, pois é ela que controla a oleosidade. Para o rosto, coloque em um recipiente cerca de 2 colheres (sopa) e vá adicionando aos poucos água filtrada até ela ficar numa consistência pastosa, não muito líquida. Daí é só aplicá-la no rosto. Como você disse que está com muitas espinhas, procure uma esteticista (técnica ou tecnóloga) mais perto de você para fazer uma limpeza de pele! Depois você vai controlando a oleosidade em casa com a argila verde. Beijo!

    Comentário by Juliana — janeiro 23, 2013 @ 10:25 pm

  4. No mundo verde na Consolacao em SP vende, e e baratinho!

    Comentário by Vanessa — janeiro 25, 2013 @ 5:44 pm

  5. Adorei Muito obrigada pelas dicas!!!

    Comentário by Joyce Kamo — janeiro 23, 2013 @ 5:18 pm

  6. Gostei das dicas, e vim parar aqui pq as estava procurando mesmo! Mas tenho uma ressalva importante que as pessoas costumam se confundir um pouco.

    Beber água demais também é um problema grave. A intoxicação por água causa um desequilíbrio hidro-eletrolítico que afeta as concentrações do íon sódio e leva a um problema chamado hiponatremia. Nos casos de intoxicação por água, a hiponatremia grave pode acabar levando ao coma e à morte.

    Na verdade a quantidade de água recomendada por dia não é definida por quanto de água vc BEBE, mas sim a quantidade total de água presente em TODOS os alimentos e líquidos que uma pessoa ingere. Cada organismo sabe a quantidade de água suficiente que o satisfaz.

    Espero ter ajudado!
    Abçs,

    Comentário by Rebeca — janeiro 23, 2013 @ 6:04 pm

  7. Eu acho ótimo posts sobre isso!
    Grávida já é linda por natureza, mas não custa nada dar uma ajudinha pro pós gravidez! Eu sou super panicada com o embarangamento das mulheres depois que tem filhos. Perto de mim tem um monte de ex gatinha, atual mãe baranga! Deus me livre! Sei que vou ser bem enjoadinha, positivamente, quando estiver grávida. Beijos Lu

    Comentário by Pri Araujo — janeiro 23, 2013 @ 7:59 pm

  8. Post muito interessante. A gravidez é um período que requer muito cuidado. Obviamente muitas das necessidades geradas de cuidado deveriam fazer parte do dia a dia, como protetor solar e água, mas quem sabe com a gravidez pessoas não se eduquem nesses pontos! Obrigada!

    Comentário by Dra. Andrea Monteiro — dezembro 30, 2013 @ 4:24 am

  9. olá, gostaria de saber se uma gestante pode passar argila em todo o corpo a fim de dá uma clareada antes parto….

    Comentário by marilene — abril 27, 2015 @ 11:08 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment

*