cuidados com o recém nascido – massagem

antes mesmo do benjamin nascer eu arrumei alguns livros e dvds que ensinavam a praticar shantala (massagem) em bebês.
achei a ideia ótima e mal esperava a hora de colocar em prática, mas li que era bom esperar passar o primeiro mês de vida pra então começar as massagens.

e aí chegou o momento.
lembro que por várias vezes eu amamentei, esperei passar pelo menos uma hora, troquei a fralda, despi o bebê e coloquei ele peladinho no meu colo previamente forrado com uma toalha, segurando o óleo de massagem numa mão e o controle remoto do dvd na outra.
eu via os vídeos e tentava seguir à risca todas as instruções.

uma vez foi engraçado (ou tragicômico), porque ele ficou mais estressado ao final da massagem que no início.
senti-me um pouco frustrada porque não conseguia seguir a sequência da shantala, que todo mundo sempre disse ser tão benéfica aos bebês.

acontece que, o que eu não sabia, é que eu vinha praticando as tais massagens no benjamin sem nem ao menos me dar conta.
quando ele sentia cólicas eu dobrava e esticava suas perninhas, fazia movimentos circulares em sua barriga e outros movimentos que ajudavam a aliviar as dores causadas pelos gases.

toda vez que estava com ele no meu colo acariciava seus pés com uma leve pressão, massageando a sola e apertando dedo por dedo, bem como suas mãozinhas.

depois que ele passou a aceitar ficar de bruços (o que só veio a acontecer com mais de sete meses), sempre caminhei meus dedos pelas suas costas.
e as pernocas gorduchas também nunca ficaram de fora na hora de trocar de fraldas.

com isso eu percebi que não importa o nome que se dá ou se existe ou não um momento exato para massagear seu  bebê.
mais precioso que isso é o carinho envolvido e ver quão deliciosos são esses momentos.

“Estudos mostram que os bebês que recebem massagem e são acariciados e tocados pelas mamães, quando crescem, tendem a ser mais simpáticos e a criar relações saudáveis, pois se relacionam com mais facilidade e são mais confiantes. Além disso, a massagem ajuda no desenvolvimento dos aspectos psicológicos, neurofisiológicos e sociais, na liberação dos hormônios do crescimento e facilita a circulação.”

a dica acima (em itálico) foi extraída da fan page da Johnson’s Baby Brasil – Recém Nascidos e serviu justamente pra potencializar o que eu escrevi.

você pode obter outras dicas de massagem, amamentação, higiene e sono acessando o facebook da Johnson’s Baby aqui.

[post publieditorial]
Related Posts with Thumbnails

13 comments

  1. Eu sempre fiz massagem nos meus gêmeos tbm. Hoje, com 2 anos e 3 meses eles é que fazem massagem nas minhas costas quando eu peço….rsss. Muito bonitinhos.
    E les pedem para eu fazer neles tbm.
    Vira um hábito! E é uma delícia!!!!

  2. Olá Luisa! Sou a 'par' da Eleonora no Cegonha – e estou super feliz de fazer parte dele!
    Adoro o ritual dos sábados na minha casa – o marido dá banho no Daniel – aí chega a minha vez…tiro ele do banho passo a toalha bem de levinho…pego o óleo de amêndoas e passo nas perninhas, massageio os pezinhos, os dedinhos, as costas (tinha lido q não era legal fazer depois do banho – mais deu tão certo com a gente!)- e a cumplicidade desse momento é única! Ele fica paradinho – só me olhando…faço desde que ele tem uns dois meses (hj ele tá com 1 ano e nove! rs).

  3. Adorei Lú, sou mega a favor do toque e acho que seja ele massagem, shantala ou whatever é uma mega conexão entre a gente e o mini ser, sem falar que eu penso que isso ajuda a criança a se familiarizar com o toque de uma forma geral… em breve terei um recém nascido aqui em casa e só de pensar no cheirinho do óleo e o ritual para fazer massagem todos os dias após o banho me dá um frio na barriga! beijo!

  4. Eu tb ficava frustrada quando ia fazer massagem em Luca (meu filhote) e ele não ficava calmo ou dormia como era o esperado por mim. Até pq ele não parava quieto, queria ficar se virando de todo jeito. Depois com o tempo aprendi a tocar nele sem métodos, apenas instinto e amor, assim ia aprendendo quais eram os seus pontos tanto para animá-lo ou para acalmar. Até hj é so acariciar as sobrancelhas e a orelha que ele fica paralizado! mas se tocar no pé ai é brincadeira na certa!

  5. Meu bebê agora tem 3 meses eu eu tb tentei fazer a tal shantala!!! mas ele semprre chorava e ficava irritado… então decidi fazer a massagem do meu jeito…. pq tb acho que o importante eh o carinho!!! Ele aceitou bem… mas agora….não muito.. sempre fica irritado então quando ele não esta gostando acabo logo com a situação!!! resumindo dificilmente consigo fazer a tal massagem nele!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *