desperate housewife

juro que tenho me esforçado nos últimos dias para (me assumir) ser uma boa dona de casa. bem, nao gosto muito dessa palavra, prefiro em inglês (housewife), que pra mim soa mais como uma esposa caseira ou algo do tipo.
[mas acho que me auto-intitular como dona de casa faz parte de me tornar uma melhor]

pois bem, apesar do esforço, ainda encontro os (vários) resquícios da minha displicência.
tenho tentado fazer uma agenda, mas difícil mesmo é seguí-la por completo sem me sentir exausta no meio do caminho.

hoje mesmo, decidi que era hora de tomar coragem e recolher as coisas estragadas da geladeira.
nariz tampado e vamos lá. a geladeira ficou praticamente vazia..
e quando eu fui abrir os potes, jogar os conteúdos fora e lavar as vasilhas, me senti totalmente na família adams: a maioria das comidas estava com fungos!
o molho da cachorro quente tava com dois fungos do tamanho de uma rodela de salsicha cada, a gelatina estava cheia de bolinhas de bolores (confesso que achei até bonitinho), o melão estava preto, o presunto, amarelado, a calda do bolo de laranja havia virado uma gelatina e a calda de chocolate.. bem.. ao menos esta continuava intacta.
lembrei-me do meu tempo de faculdade, onde já estudei cultura de fungos. acho que vou pedir pro ibama me (re)contratar.
mas confesso que havia comidas de 3 meses atrás que eu sempre protelei o seu êxodo frigorífico.

bem, volta e meia eu assisto o seriado desperate housewives e me divirto um bocado com as identificações (mesmo que as personagens/situações sejam um bocado caricatas).
confesso que de todas, meu sonho era ser como a bree van de kamp (a perfeccionista que não deixa uma agulha suja ou fora do lugar), mas acho que estou mais para a susan mayer (a estabanada, desmiolada e desajeitada).

Related Posts with Thumbnails

25 comments

  1. Estou nesse mesmo dilema, passei um final de semana com a tia,mãe e vó do meu Marido, TODAS extremamentes perfeccionistas, de não parar um segundo de arrumar as coisas, minha sogra foi cortar a cenoura pra colocar no arroz, cortou todas milimetricamente iguais, minusculas,com tanta antenção que parecia um trabalho de arte, me deu até sono.
    E eu tão diferente delas,tão desencanada, quando enrrolo brigadeiro ficam de diversos tamanhos, e acho super divertido assim, e sempre vou nos mais gordos. Mas quando cheguei em casa, fiz um faxinão, de revolta mesmo de ser tão oposta delas, é uma das minhas metas de 2011, ser mais organizada, beirando pra neurotica !! Estou me esforçando!

  2. I simply wanted to jot down a remark to be able to appreciate you for these remarkable facts you are giving out here. My extended internet lookup has finally been recognized with really good content to share with my friends and family. I ‘d assert that many of us site visitors are quite blessed to exist in a very good website with many brilliant individuals with very helpful tips and hints. I feel very much fortunate to have seen your website page and look forward to so many more awesome minutes reading here. Thanks again for everything.

  3. What i do not realize is in reality how you might be no longer really a good deal more neatly-appreciated than you could be correct now. You are so intelligent. You understand therefore considerably in relation to this matter, produced me personally believe it from a great deal of varied angles. Its like girls and men don’t seem to be fascinated except it?s something to accomplish with Lady gaga! Your personal stuffs excellent. At all times deal with it up!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *