festinha do benjoca parte I

marina guimarães papelaria, tag, ana paula batista fotografia, ensaios infantis, festa de 1 ano, festa de macaco

aê, meu polvo!

finalmente as fotinhas começaram a sair e eu já posso começar a contar pra vocês como é que foi.

achamos que a data não deveria passar em branco, mas também não queríamos nada muito grandioso.

por isso decidimos primeiramente dia, horário e local: no salão de festas do nosso prédio, quase uma semana depois dele completar um ano, em uma bela tarde ensolarada, entre 14h30 e por volta das 20h.
o aniversariante só foi chegar por volta das 15h, porque resolveu tirar uma soneca e eu – claro – deixei (pra ele ficar descansado e curtir melhor a festa). mas, em compensação, ficou ligadão a festinha toda.

a segunda parte foi a mais difícil: a lista de convidados. o salão tinha apenas 40 cadeiras. pensamos que poderia passar um pouco disso, afinal, nem todo mundo chega e vai na mesma hora ou fica sentado tudo ao mesmo tempo. chamamos os parentes mais proximíssimos (avós e tios + primos de 1º grau), as famílias dos bebês com os quais ele convive sempre e nossos amigos mais próximos. deram uns 60 adultos, sem contar crianças e bebês (benjamin é pop, gente!).

ok, lista indecisa finalizada (ufa!) e bora cuidar da organização.

o tema

macaco. ou macaquinho benjoca, como preferirem.
as cores foram basicamente amarelo e vermelho, com um pouco de branco, verde e marrom para compor.
tentei fazer algo mais ecológico, pra condizer com minha quase filosofia de vida (a gente tenta fazer nossa parte, vai!).

a papelaria

chamei a marina guimarães (vulgo nina) – amiga, prima e consultora de todos os meus eventos – pra fazer a papelaria e ajudar na decoração. ela é daquelas pessoas que eu confio de olhos fechados. tinha certeza que qualquer coisa que ela fizesse ficaria ótimo, então passei o bastão pra ela decidir a decoração e depois piramos juntas pra fazer as coisas.

o marido desenhou o macaco e a nina se encarregou do resto.

ficou tão lindo que depois eu vou fazer um post só sobre a papelaria (aguardem que também vou mostrar o convite).

marina guimarães papelaria, tag para muffin, tag para cupcake, ana paula batista fotografia, ensaios infantis, festa de 1 ano, festa de macaco

o cardápio

eu queria que na festa tivesse coisas que o benjamin e outros bebês pudessem comer, mas também quis agradar os adultos.
afinal, a fúria dos bebês a gente acalma fácil com um suco, um leitinho, uma fruta.
mas adultos famintos parecem zumbis insandecidos, então eu também tinha que pensar neles.

me inspirei na festa de 1 ano da emília, filha da lia, pra montar o cardápio. a festinha da emília foi toda vegetariana, pois ela e sua família são. como o benjoca come carne, adaptei à nossa realidade, mas sem perder o foco da alimentação saudável.

o mais fácil foi definir as bebidas: nada de refrigerante. só suco de frutas feito na hora, com pouquíssimo ou nenhum açúcar cristal orgânico. e, claro, bastante água.

também tivemos salada de frutas – o frescor do verão e alegria da tchurma – onde quase todas as frutas eram orgânicas.
como resolvi fazer boa parte das coisas sozinha, não tive tempo de escolher as frutas, então pedi tudo pelo quitanda fácil, que é um delivery aqui em brasília de frutas, verduras, carnes e mais uma pá de coisas.
eu já peço eventualmente aqui pra casa e as coisas sempre vem ótimas. então nada melhor e mais confiável, né? as frutas chegaram no dia da festa, pela manhã, e a salada foi feita com tudo maduro, fresquinho e saudável.

também servi espetinhos de manjericão com tomatinho uva (aquele sweet grape), ambos orgânicos e entregues pelo quitanda fácil.

tomate com manjericão, ana paula batista fotografia, ensaios infantis, festa de 1 ano, festa de macaco

e na parte salgada, nada de fritura. com exceção da coxinha (que não poderia faltar, né, gente?) os salgados eram todos assados. alguns eram vegetarianos. como eu deixei pra cima da hora (encomendei os salgados no dia anterior à festa), não consegui achar salgados sem ovo e sem lactose, que era o plano original (pra pelo menos alguns dos salgadinhos).
era pra ter pipoca de panela também, mas o fogão do salão falhou na hora h.

como não poderia faltar, teve cachorro quente, mas de salsicha de chester.
o molho era natural, feito somente com tomate, pouco sal, cebola, salsinha, alho e essas coisas. nada de corantes e conservantes.
foram servidos em mini pães franceses (pãozinho de sal), que não levam ovos nem leite na massa e que também podiam ser servidos puros ou com azeite, pros bebês menores e não-carnívoros (ou não-salsicha-industrial, como o próprio benji).

e também teve a parte especialíssima só para bebês, que foram as papinhas orgânicas.
eu queria agradar os bebês, convidados ilustres do benjamin, por isso chamei a tathy para fazê-las.
nós conversamos e chegamos ao consenso de que seria legal fazer uma papinha com os ingredientes prediletos – ou mais consumidos – pelo benjamin + um toque especial da gourmet baby.
o resultado foi: galinha caipira, alho poró, arroz integral, lentilha e abóbora, feitos no óleo de girassol e temperados com flor de sal.
tinha a versão etapa 1: amassadinha e feita somente com o caldo do frango e a etapa 2: bastante pedaçuda.
ficou tão gostosa que estou pensando em encomendar pra tathy fazer uma papona pra mim!

a doceria da tathy, papinha orgânica, papinha para festa, marina guimarães papelaria, ana paula batista fotografia, ensaios infantis, festa de 1 ano, festa de macaco

só que as coisas da tathy não pararam por aí.

pra quem não sabe, ela abriu há pouco tempo a doceria da tathy e fez os docinhos deliciosos, pra agradar os zumbis trogloditas adultos e crianças maiores, além do bolo.
estavam tão, mas tão deliciosos, que eu não vi nem sombra. agora ela vai ter que fazer só pra mim, pra eu experimentar e atestar que são mesmo tudo isso.
teve brigadeiro enroladinho preto e também branco, de limão siciliano. brigadeiro preto de copinho, bombom de morango e só morango mergulhado no chocolate.

pra os pequenos (não poderia faltar), mini bolinhos orgânicos de banana e de cenoura. feitos sem lactose, com pouquíssimo açúcar (mascavo) e sem glúten (no lugar da farinha de trigo ela colocou quinoa). quem quiser a receita (a tathy que criou), está aqui.

e pros zumbis, bolo de chocolate com merengue de morango.
outra delícia que voou e eu não comi nem a migalha (degustação particular djá!).
pedi pra ela fazer bem caseiro, sem pasta americana e muito menos maquete de isopor.
ou seja, um bolo altamente comível!

aguardem um post só pra tathy!

a decoração

também foi obra da nina (é tudo culpa de nina!).
ela ia me dizendo “compra isso, faz aquilo” e lá ia eu atrás das coisas.

quando conversei com ela, além do macaco, eu não sabia direito o que queria.
mas tinha certeza do que não queria
: nada de toalhas de tnt, arcos de balão ou coisas de e.v.a. emborrachado.
primeiro porque depois da festa vai tudo pro lixo e segundo porque eu não vejo lá muita beleza nisso.

o centro de mesa era uma mini samambaia crespinha com as tags que a nina fez. depois foi tudo pra casa dos outros.
pra regar e cuidar do seu macaco benjoca diariamente.

do lado de fora, umas bandeirolas feitas em retalho de tecido e fita de cetim.

acima da mesa do bolo (pendurado no teto), cartolinas verdes em zigue zague pra compor o clima da floresta (feitas pela minha irmã) e umas bananinhas amarelas pra dar o ar da graça. além da plaquinha (também de cartolina) escrita benjamin, pendurada em um galho seco.

teve também um cantinho pras crianças com atividades pras crianças maiores fazerem e colorirem (feito pelo hilan) e um tapetão no chão com os brinquedos do benjamin para os pequeninos brincarem.

os copinhos eram de papel (a nina que vende e personaliza) e tinha até criança desenhando nele (o meu querido teo):

as lembrancinhas

foram feitas por mim e pelo marido.
dedoches de macaco e de banana, feitos em feltro.
o perfeccionismo não me deixou colar olhinhos de plástico e eu acabei bordando a carinha de cada macaco, o que fez com que cada um tivesse uma cara de louco única.

foram entregues em uma sacolinha de papel pardo e fechadadas com um adesivo agradecedor.

as fotos

foram obra do ensaios infantis, um grupo de fotógrafos excelentes. os cliques foram feitos pela ana paula batista – que até então eu só conhecia virtualmente – e amei de paixão.

é claro que todo esse trabalho precisava ser registrado e eternizado, já que são as fotos que vão fazer o benjoca “lembrar” desse momento tão especial que todos comemora.

aguardem por mais fotos!

* * *

foi uma festa caseira, comunitária (muitas pessoas ajudaram, cada uma ao seu modo), e muito agradável.
claro que eu passei por alguns (vários) estresses por ter deixado tudo pra cima da hora (fui fazer tudo justo na semana da festa), mas depois que a festa acabou, eu curti 😉
e agora fico admirando o fruto do nosso penoso trabalho e achando muito bom.
já pode descansar?

* * *

veja mais:

festinha do benjoca parte II – a papelaria

festinha do benjoca parte III – as fotos

Related Posts with Thumbnails

51 comments

Deixe uma resposta para juliana Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *