03 de julho

logo mais serei outra, novamente

por luíza diener

149318180

[escrito no dia em que completei 37 semanas]

um ciclo está se encerrando para dar início a um novo.

uma vez, li em um livro do machado de assis algo chamado como a lei da equivalência das janelas:

“descobri uma lei sublime, a lei da equivalência das janelas, e estabeleci que o modo de compensar uma janela fechada é abrir outra, a fim de que a moral possa arejar continuamente a consciência”. (memórias póstumas de brás cubas).

apesar de não ser este o caso de a moral arejar a consciência, continua a ressoar em minha mente que o modo de compensar uma janela fechada é abrir outra.

chegou a hora de deixar uma janela fechar-se para que uma nova se abra.
de dar adeus à barriga, ao bebê do ventre, e saudar meu filho ou filha aqui, no mundo exterior.
é, finalmente, chegou a hora de conhecer você, bebê.
enquanto escrevo este post tenho certeza de que meu corpo já começou a dar os primeiros sinais da sua vinda, meu pequenino ser. mas isso pode durar dias ainda. quiçá semanas.

estacionei no tempo e no espaço, ao mesmo tempo que tenho viajado por eles em diferentes direções e velocidades. não existe mais uma distinção entre o venha logo e o passe devagar. tudo acontece hoje, agora.

vão-se as expectativas, chega o momento de vivê-las na prática.

algumas dores já são concretas. algumas contrações já se fazem sentidas.

se num dia eu jurei que de 35 semanas não passava (e vivi o medo do parto prematuro), noutro eu tive certeza de que o bebê só daria as caras depois da 38ª semana.

então mudei de opinião mais uma vez e calculei que o bebê nasceria mesmo lá pelas suas 37 semanas e alguns dias (esses dias passaram e nada).

ou seja, nada é certo neste mundo incerto.

toda noite vou dormir naquela expectativa: “será que esta noite vou começar a ter contrações ritmadas? será amanhã, finalmente, o dia em que entrarei em trabalho de parto ativo?”

cada pensamento e cada expectativa são como pequenas contrações que me preparam para o grande momento. alguns deles são apenas contrações de treinamento, mas acredito que outros sejam para valer.

e é uma delícia. mais legal que esperar o último episódio de novela ou de série. melhor que assistir ao terceiro filme de uma trilogia ou ler as últimas páginas do seu livro favorito.

porque você sabe, na verdade, que o fim desta história é apenas o começo de uma ainda muito mais legal.

[9 dias depois ela nasceu]

Barra_Posts_NOVA

 

Related Posts with Thumbnails

categorias: amor, constança, publicidade

assine nosso feed ou receba por email


8 Comments »

  1. Que lindo texto. Senti como se eu revivesse o momento da proximidade da chegada da minha filha. Realmente é um ciclo gostoso que se encerra para o início de um ainda muito melhor.

    Comentário by Suzy Lapa — julho 3, 2013 @ 11:35 am

  2. é legal ler isso apos o nascimento dela..

    eh bom ler isso, enquanto eu estou na mesma expectativa nas minhas (amanha) 36 semanas, de gestação múltipla.
    que pode vir a qq momento e ja acho uma vitoria chegarmos ate aqui!

    e realmente, qdo chega a hora de dormir a pergunta eh "sera essa noite?!" huhuhu

    beijoooss

    Comentário by Juh Guimarães — julho 3, 2013 @ 1:13 pm

  3. Engraçado, quando leio seus post's também sinto uma paz tão grande…cada vez que entro aqui esperando ver alguma postagem e não tem nenhuma sinto um certo vazio…sabe estou com 22 semanas de gestação e sempre que vc escreve algo como quão glorioso é o momento da chegada do bebê me sinto mais encorajada a colocar logo essa vidinha pra fora apesar de saber q talvez aqui dentro da minha barriga, seja o lugar em que ela estará mais protegida de tudo e de todos. Um bjo Luiza que o Senhor Jesus continue fazendo de vc esta pessoa capaz de tocar vidas sem nem mesmo ter tido nenhum contato próximo com elas ( se é que vc me entende). Não podia deixar de comentar…que chegada linda da Constança ao mundo!!!

    Comentário by Adriana — julho 3, 2013 @ 1:41 pm

  4. Luíza, há 9 meses fui mãe pela segunda vez e como eu imaginava, a melhor coisa que eu fiz depois de ter meu primeiro filho foi ter a segunda! Quando meu primeiro estava com 8 meses, decidi engravidar novamente e a diferença entre ele é de apenas 1 ano e 5 meses. Eu não tenho nenhum tipo de ajudante e confesso que tem sido deveras trabalhoso, mas, agora que a fase do ciúme passou, está tudo às mil maravilhas! Gostaria de emendar o terceiro da mesma forma, mas decidi esperar mais um pouco, pois é mais fácil revezar 2 colos (pai e mãe) para 2 do que para 3! Quando meus dois primeiros estiverem mais independentes, daí sim acredito que vai ter chegado a hora de ter o terceiro. Ser mãe é uma aventura e tanto! Bom poder compartilhar coisas com uma mãe como você. A cada dia te admiro mais! Beijos da Simone, aquela amiga do Péricles! Hahahahaha! ^^

    Comentário by Simone Borges — julho 4, 2013 @ 1:00 pm

  5. Que LINDO o que a Luanda Lima escreveu ali embaixo!!! LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! <3

    Comentário by Simone Borges — julho 4, 2013 @ 1:01 pm

  6. E também o que a Adriana, acima de mim, escreveu! Concordo com tudo isso!

    Comentário by Simone Borges — julho 4, 2013 @ 1:03 pm

  7. Adorei! Estou atualmente com 37 semanas e me identifiquei total com o "venha logo e o passe devagar" tudoaomesmotempo!

    Bj
    cris – mamaqueenblog.wordpress.com

    Comentário by mamaqueenblog — julho 5, 2013 @ 10:02 am

  8. Qdo o meu segundinho ou segundinha estiver a caminho, vou ler e reler muitas vezes posts como esse, que ajudam a segurar a barra da ansiedade, são verdadeiros refrigérios p/ alma. Como eu sofri na minha primeira gestação, com tantos medos, anseios, minha mãe e pessoas próximas até tentavam me ajudar, mas não adiantou muito, me soava como um "blábláblá" só pra me consolar … Adoro ler os seus textos, vc me inspira ! Que Deus continue abençoando vc Luíza e sua família !!! Obg por compartilhar !!!

    Ps: Nunca tinha parado pra ler sua explicação do selo matrioska, hj eu li, e simplesmente estou mais apaixonada ainda pelo blog /

    Comentário by Paula — julho 5, 2013 @ 11:25 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment

*