28 de abril

mamilos: um assunto muito polêmico

por luíza diener

estou aqui hoje para falar sobre um assunto muito polêmico: MAMILOS!

mamilos são muito polêmicos!

por que, eu confesso que não sei direito.
(confesso que às vezes eu queria ser índia. mas só às vezes, mesmo).

não sei qual é o grande problema e por que tanta gente sente-se tão incomodada em ver uma mulher amamentando em público.

eu não sou lá muito antenada em blogagem coletiva, mas ontem li o tal post da mulher que desce o pau em mães, filhos e mamilos.
não vou colocar o link aqui, 1º porque eu não lembro onde li e 2º porque eu não quero dar audiência pra essa vaca pessoa amargurada.

alguém pelo amor de deus me fala qual é o grande problema em amamentar em público?
uma vez eu li que aproximadamente 12 mil mulheres são presas anualmente nos estados unidos por amamentar em público (googla que você acha).
comoassim??

era pra ser uma coisa natural, e não esse escarcéu todo.
não estou falando em virar adepta do nudismo ou topless. tô falando de, em questão de segundos, botar a peita pra fora e deixar o bebê (ou criança) mamar. ué, nada mais natural!
e ainda tem quem venha dizer “bebê tudo bem, mas criança pera lá”. pera lá por quê? porque você acha esquisito? acha feio?

esquisito é ficar regulando peito pra recém nascido. esquisito é decidir pelo bebê que horas ele vai ou não mamar. é falar “pronto, você já tem x meses. a partir de hoje você não precisa mais mamar à noite”.
oi? por que mesmo, ein?

voltando aos mamilos, tudo começou na primeira ou segunda semana de vida do benjamin.
eu estava na casa do meu avô e sempre tinha gente por lá, além das eventuais visitas.
na hora que ele pedia pra mamar eu largava quem estivesse por perto, ia pra um quarto todo escondidinho, fechava a porta e amamentava.

só dava de mamar na frente da minha mãe, irmãs e marido.
até que várias coisas colaboraram pra eu perder a tal timidez mamária.

começou quando um amigo foi visitar-nos e eu saí pra dar de mamar. quando voltei, ele comentou com o meu marido “a luíza é toda timidinha. sai escondido pra amamentar”. aí eu comecei a perceber que não era assim tão caótico.

depois minha mãe me deu o tratamento de choque. sempre que eu ia dar de mamar, ela chamava alguém pra ver. até meu avô e meu tio ela convidou pra assistirem o tal evento. ok, foi constrangedor.

só sei que, aos poucos, eu fui desencanando, até porque nem sempre tem como prever que horas um bebê pequeno vai decidir mamar.
já amamentei no meio de cinema, restaurante, livraria, táxi, sala de espera, igreja, casamento, no mato e uma pá de lugares que perdi a conta.
às vezes eu cubro com uma fraldinha não por timidez, mas pra preservar as pessoas que se incomodam. a não ser, claro, que a pessoa esteja no meu território.

mas o mais engraçado aconteceu há umas duas semanas, quando eu estava do lado de fora de um estabelecimento com mais uma pá de gente com senha na mão esperando para entrar.
aí veio um menino de uns 5 anos e começou a puxar o maior papo. falamos sobre aranhas, homem aranha, ben 10 e essas coisas.
nisso o benjamin estava hiper irritado e começou a enlouquecer querendo mamar.
discretamente eu abri a camisa e dei o peito.
aí o guri chegou bem perto e ficou olhando por cima do meu peito. ele não se aguentou e falou bem alto, quase gritando: “seu peito tá vermelho! ele mordeu seu peito!”. eu falei que ele não mordia meu peito (na ocasião ele nunca tinha mordido) e que era assim mesmo.
“mas tá rosa! tá machucado” e eu tive que explicar pra ele (e, consequentemente, pra quem mais quisesse ouvir) que aquela era a cor do meu peito mesmo.
aí ele falou que lembrava de quando ele mamava, que ele gostava muito e tal. eu fiz aquela cara de “aham, cláudia, senta lá” e a mãe completou dizendo que não tinha um mês que ele tinha parado de mamar.

desde então eu venho pensando que tudo isso deveria ser tratado com a mesma naturalidade daquele menino e não como se fosse quase um tabu.
gente, é amamentação, não é séquisso selvagem, não!

tô até vendo. daqui a pouco vão começar a prender mulheres aqui no brasil também por amamentar em público.
vai ser proibido amamentar na frente de outras pessoas que não médicos ou o marido.
você vai ter que fazer que nem eu fazia: trancar-se num quartinho escondido pra que ninguém mais seja obrigado a ver seus mamilos polêmicos (e suas tetas de vaca leiteira).

o assunto vai ser tão, mas tão polêmico, que vão começar a inventar lendas de como os bebês se alimentam: “é assim, filho. tem uma plantinha que dá uma fruta que tem um liquído que a mamãe vai lá e dá pro bebê tomar” ou “ah, foi a vaquinha que trouxe pro neném”.
vai virar algo tão velado que vão querer tirar os humanos da classe dos mamíferos para enquadrá-los em uma classe à parte.
aí o menino vai pra escola, descobre que o leite sai do peito da mãe, fica espantado com isso tudo e os pais vão ficar envergonhados por seu filho finalmente saber a verdade.

ok, exagerei.

mas sério. pra mim gente, que acha amamentar em público esse absurdo todo com certeza tem algum problema sexual. #prontofalei


[imagem da campanha contra o cancer de mama do breast cancer foundation. ver mais aqui]

Related Posts with Thumbnails

categorias: amamentação

assine nosso feed ou receba por email


68 Comentários »

  1. mamilo com cara de botão rs

    Comentário by carolina — abril 28, 2011 @ 9:21 am

  2. Oi Luiza, seguinte, eu sempre amamentei meus filhos em público, mas sempre usei a fraldinha. Por mim e pelos que ficavam desconfortáveis com a situação. Sempre vi amingas amamentando e não me senti constrangida. Mas vou te contar… minha cunhada amamentava de uma forma que me deixava (eu+meu marido+todos que estivessem no recinto) muito constrangida. A maluca usava tomara que caia e o neném acabava puxando a roupa dela enquanto mamava e ela ficava ali… dando um peito e apontando o outro em nossa direção!!!! hahahahha Tipo, falta de cuidado… e quem teria coragem de chegar e falar, ô fulana, teu OUTRO peito tá aparecendo…. beijo!

    Comentário by Roberta — abril 28, 2011 @ 9:28 am

  3. Ah… uma fraldinha vai bem! =)

    Nada mais…

    Comentário by Jane — abril 28, 2011 @ 9:52 am

  4. Oi Luiza! Muito interessante seu post…
    Tem muita coisa em que ainda não tinha pensado… O caso da amamentação em público era uma delas…
    Acho que quando a Clarinha nascer, não vou me encanar muito com isso não, afinal a fome da minha filhota é muito mais importante que o constrangimento de qualquer um… (Lógico que, tomando cuidado pra não expor o desnecessário neh… rsrsrsr)

    Tem um assunto que gostaria de sugerir para um futuro post: Também é sobre mamilos, mas dessa vez sobre como cuidar deles durante a amamentação. Não sei se já tem o post, se tiver manda o link pra nós…
    É que como mãe de primeira viagem, escuto muita coisa coisa sobre isso, mas muitas são controversas…
    Então seria bom esclarecer: Pomada ou Buxinha natural? Ou nenhum dos dois? Fatores que causam a rachadura dos mamilos e dicas para prevenção.
    Abração!

    Comentário by @silvinhadutra — abril 28, 2011 @ 10:00 am

  5. Bom, eu sabia que havia reclames em relação as mulheres que não usam sutiã – segundo uma amiguinha machistinha, hoje em dia, mulher que usa roupa sem sutiã, é safada, piranha, "quer dar" e afins. Tudo tem que estar protegido pelo escudo do bojo, beijos! Mas eu não sabia que a turma implicava com isso do amamentar…

    Bom, passada a era da bunda, a gente vive a era do peito, ou melhor, do peitão. A procura por cirurgia plástica nas mamas tem aumentado substancialmente (viva o Doctor Robert Rey!) e isso, claro, por conta da erotização extrema destas partes, ó que beleza! Peito é pra mamar? Ih, rapaz, achei que era só pra… Não é a toa que aquela coleguinha fora-da-casinha diz que vai imitar a outra coleguinha fora-da-casinha-gringa e colocar um terceiro peito.

    "Minha mulher vai amamentar de burca", disse um amigo. Sigismund Schlomo Freud explica um pouco. E arrisco dizer que o tal do Jacques-Marie Émile Lacan também…Peitos…Ahhhh, a cabeça da galheire, ahhh, esse poço quase infinito de maldades pueris.

    Comentário by Janu Schwab — abril 28, 2011 @ 10:02 am

  6. Eu tb sou adepta da livre demanda…nao consigo me ver negando o peito p Lucas pq ainda faltam 35min p hora de manar por exemplo.
    E pouco amamento em publico pq minhas saídas são rápidas já q o Lucas nao curte barulho na hora de mamar…se converso na hora ele para.
    Mas comprei uma capa p amamentar em publico q adorei…acho falta de educação os outros raiando as tetas da gente kkkkkk

    Comentário by Vanessa — abril 28, 2011 @ 10:12 am

  7. Corretor do iPhone só faz besteira!
    *hora de mamar*
    *espiando as tetas*
    kkkkkkkkkk

    Comentário by Vanessa — abril 28, 2011 @ 10:15 am

  8. Eu acho que ele tah de mordendo e que está sangrando, hihihi!
    Eu estava presente nesse dia e o menino foi o mais comédia de todos!
    Eu não tenho problemas com os mamilos, pode amamentar na minha frente, até pq eu prefiro ver os mamilos do que ouvir a criança chorando de fome!

    Comentário by Luiza Guimaraes — abril 28, 2011 @ 10:33 am

  9. Eu li esse post. Li, me revoltei e falei no twitter que pior que ver tetas de fora alimentando um bebê é esse mesmo bebê morrendo de fome e a mãe não poder fazer nada para resolver.
    Outro dia eu sentei linda e formosa na poltrona da Hering, tirei minha peitola transbordante para fora e o Diogo mamou feliz da vida por ter uma mãe "sem vergonha!.
    Sabe o que eu acho de quem não curte ver uma mãe amamentando? Os incomodados que se mudem! Ah, vá plantar batatas, né? Tem cabimento uma coisa dessas?
    Se eu estivesse fazendo top less na praia, onde um monte de baranga bota a bunda cheia de celulite de fora naqueles biquinis mínimos e ngm fala nada, vá lá. Mas tô alimentando meu mamíferozinho…
    Danem-se os outros… importante é cuidar da saúde dos pequenos.

    Quanto às prisões no "país mais desenvolvido do mundo", agora eu entendo pq a gente vê tanto a mulherada usar mamadeira naquela terra. Aff

    Beijos, Lu.

    Comentário by Raquel Gomes — abril 28, 2011 @ 10:49 am

  10. Guria! Nem sabia que amamentar em público era crime nos Eua. Vou até pesquisar em que estados pra não pisar lá até os 2 anos do Lorenzo ou serei, certamente, presa.

    Eu achava feio peitolas amamentantes de fora até ter o Lorenzo… Tiro o peito pra fora no meio de loja, shopping e o escambau. E se não tiver ninguém auxiliando o seio fica a mostra mesmo por alguns minutos. E f%$#@-se quem não gosta! Eu estou preocupada é com meu filho. E só.

    Beijos

    Comentário by Daniela — abril 28, 2011 @ 11:02 am

  11. Nossa, tão fácil resolver isso: http://loja.babymoment.com.br/
    Confirma minha tese de que a maioria das pessoas gosta mesmo de complicar tudo…

    Comentário by Mari — abril 28, 2011 @ 11:28 am

  12. eu li o post desa louca q vc mencionou ela chamou a criança q queria mamar em publico de pervertido, pior q essa porra nem vai presa pq passam atestado de louca, pq é uma louca mesmo
    louca p aparecer
    louca p chamar a atenção
    louca p ser alguem…eu heim

    Comentário by vanessa — abril 28, 2011 @ 11:31 am

  13. Ainda não pude sair por ai e ter a chance de amamentar em público, meu bebê está com apenas 17 dias, mas com toda certeza se ela me pedir peito vai ter. Não me interessa o que as pessoas acham, o que importa é minha linda alimentada, fliz e com o sorriso banguela.
    Como vc mesma comentou, quem se incomoda tanto com a amamentação em público, ou é frustrado pq não o pode fazer, ou tem pro sexual sim!!
    Abraços Luiza

    Comentário by Liz Wallace — abril 28, 2011 @ 11:33 am

  14. Tenho acompanhado seu blog desde que a Anita nasceu há quase 2 meses e há muito mais tempo me pergunto porque existe roupa para gestante e não para lactante. Além de sutiein só encontrei camisolas para amamentação. Entendo de amamentar em publico até porque ela mama a cada uma hora e meia e fica impossível sair sem amamentar, o que me deixa feliz ja que sofremos bastante no começo. Acabo usando a fralda mas percebo os olhares em nossa direção. Mega preconceito! Tanta campanha pró aleitamento e quando vamos amamentar ficamos inibidas…..Não podemos deixar!
    Bjao

    Comentário by Tatiana — abril 28, 2011 @ 11:35 am

  15. Adorei teu post,
    Aki somos adeptos da livre demanda, e assim como vc perdi a conta dos lugares onde amamentei.
    Davi n aceita fraldinha nem nada que tampe sua visão do mundo..rs…então ja viu né..
    Penso, n gostou, retire-se…meu bb n vai berrar de fome.

    Comentário by taísa — abril 28, 2011 @ 11:36 am

  16. Bom, perdi essa vergonha dos mamilos na maternidade mesmo! Meu leite demorou 4 dias pra descer, e a minha bebê (hj com 1 mês), não conseguia pegar o peito. Isso bastou pra eu perder a vergonha, vinham várias enfermeiras e até médicos apertarem meu peito, que doi pra caraca… Saindo da maternidade a vergonha quis voltar, mas depois de tantas visitas na hora que ela chorava de fome, ia pro quarto dela e sempre vinham atrás de mim… então eu pensei quer saber? Já que todo mundo quer ver eu amamentando, então liberei geral, meus irmãos todos já viram e até tiraram foto, nem eles ficaram constrangidos, nem eu. Agora em lugares públicos é diferente, como aconteceu a algumas semanas no hospital, ela chorou e eu virei de lado na sala de espera e dei o peito pra ela na maior tranquilidade, e até veio um mulher com seu filho de uns 8 anos pra ver ela mamando e dizer: Oh, que coisa linda!!!
    E eu paro penso, com essa mulher que falou um monte aí… AGORA, MULHER DE PEITO, BUNDA, TUDO DE FORA NO CARNAVAL, PODE? E PARA AMAMENTAR UMA CRIANÇA É FEIO? HÁ… por favor, né? Falta do que fazer do caramba!!!

    Comentário by CAROL MEOLI — abril 28, 2011 @ 11:38 am

  17. Eu sou bastante timida, mas depois que tive a Giovanna, tive que deixar a timidez de lado e colocar o peito pra fora e amamentar, não tem como o bebe chora com fome e voce nao dai mamar pq esta fora de casa ou pq tem gente por perto? É assim mesmo, o que não fazemos por nossos filhos, perdemos até a vergonha!
    Beijos e parabéns pelo post.
    Ana

    Comentário by Roupas de Bebe — abril 28, 2011 @ 12:42 pm

  18. Eu também li esse texto. Ontem, inclusive.
    Mas concordo com vc, Luíza. Totalmente!!!
    Faça-me o favor… Achei um absurdo as coisas que ela escreveu. Tá, opinião é dela e o problema é dela. Mas que eu achei ridículo, isso eu achei.
    Aliás, concordo com você e com a Carol Meoli: “MULHER DE PEITO, BUNDA, TUDO DE FORA NO CARNAVAL, PODE? E PARA AMAMENTAR UMA CRIANÇA É FEIO?”
    O pior, Carol, é que não é só no carnaval… A gente tem que aturar o povo praticamente pelado em dias “normais”, também. Estão andando cada dia com menos roupa por aí. Mas ai de nós, mães, se formos amamentar em público… Quer saber? Os incomodados que se mudem! Não quer ver? Fecha o olho. Agora vou dxar minha filha berrando de fome só pra não agredir um ou outro? Vá procurar o que fazer, né?
    Bjo

    Comentário by Jemima — abril 28, 2011 @ 12:48 pm

  19. Q medo dos Estados Unidos e da Inglaterra. São países meio doentes com a questão tão mal resolvida da sexualidade x puritanismo. Só espero que quando o Brasil copiar essa doença (pq sempre copia tudo que vem dos EEUU), todos meus filhos já estejam desmamados (será q demora pelo menos uns 10 anos?) É óbvio que quem acha absurdo amamentar em público tem seríssimos problemas sexuais, por achar q peito = sexo, exclusivamente.

    Comentário by Rafael Gazzola — abril 28, 2011 @ 1:14 pm

  20. Oi Luíza. Quando fui buscar minha filha na creche essa semana, tinham umas moças fazendo toppless na casa que fica no caminho. O verão nem chegou definitivamente na Suécia e os mamilos já estão numa boa, desfilando nas varandas :D
    Coerente é pensar que quando uma pessoa vai fumar, é educado e sensato sair de perto para fazer isso em outro ambiente. Mas amamentar? Não faz o mínimo sentido. Ah, hoje vi uma mãe amamentando gêmeos, pela primeira vez! No mercado, assim… normal!

    Comentário by Cintia — abril 28, 2011 @ 1:40 pm

  21. Ai, concordo! Tipo peito amostra que esta sendo utilizado, tranquilo, mas peito ocioso a mostra… , tapa ai, vai.

    Comentário by Julia Bittencourt — abril 28, 2011 @ 2:19 pm

  22. Clap, clap, clap! Concordo: quem se incomoda a este nível tem mais problemas sexuais do que imagina a sua vã filosofia.
    E, olha, vc não está exagerando. O que eu vejo de criança grande olhando espantada quando vê a Clarice mamando. Elas certamente não costumam ver outras mães amamentando. E eu acho que a nossa postura, de quem amamenta na rua, é, além de tudo, educativa. Que mais e mais crianças cresçam sabendo que amamentar é bom, que é natural, que pode – e deve – ser feito em diversos ambientes, pois a criança que está no peito está sendo alimentada e amada. E amar um filho em público não deveria ser crime nem na mais podre das ditaduras de fundamentalistas religiosos.
    Beijos

    Comentário by Paloma — abril 28, 2011 @ 2:21 pm

  23. É isso aí. Quem tem problema em ver uma criança ser alimentada pelo seio da mãe tem algum problema sexual. É o mesmo que um pai não querer colocar sua filha no colo com medo de ficar com tesão. É isso mesmo, tesão. Já ouvi isso em meu consultório.

    Comentário by Charbelle — abril 28, 2011 @ 2:30 pm

  24. “ah, foi a vaquinha que trouxe pro neném” kkkkkkkkkkkkkk
    Chorei de rir!!! Eu vi esse post, aliás escrevi sobre ele também.
    Só que eu faço uma leitura como sendo humor negro… como tantos textos que a gente lê por aí.
    Por isso, mesmo sendo uma pessoa que sempre botou as peitcholas pra fora (só o marido reclamava!rsrs) sem o menor pudor, não me senti ofendida… as pessoas tem opiniões diversas. Dá pra se divertir com o diferente. Às vezes é duro, mas é possível. Tentei escrever nesse sentido.
    Sempre digo que enquanto meus filhos mamam meus peitos viram mamadeira… e aí vai da necessidade de quem mama, certo?!! E quem quiser espiar, espia… quem quiser enojar, enoja… tô nem aí! :-P
    Agora pro Brasil ficar como os EUA… tem que ter uma reviravolta cultural MUITO grande. Lá a frieza tá na educação deles. Falta do toque, contato físico. É bem diferente pra gente que é povo quente! E num país que vc não vê casal beijando na boca na rua… botar as "mamadeiras" pra fora deve ser uma afronta de marca maior realmente.
    Beijos
    Fabiana http://2-ao-quadrado.blogspot.com

    Comentário by Fabiana — abril 28, 2011 @ 3:21 pm

  25. por 14, quase 15 meses Alice foi mamífera radical pra valer… mamava onde estivesse e, dado o calor de 40 graus quando ela nasceu, nunca conseguiu aceitar o que quer que fosse cobrindo a cabeça dela na hora de mamar… era peitola pra fora onde eu estivesse. Já no 4o dia dela anunciei aos avós e tios que era bom se habituarem a ver o meu peito porque quem se incomodasse ia ser obrigado a virar pro outro lado.
    Amamentei na rua, no rio, no avião, na feira de antiguidade de Portobello Road, de cara para um Picasso no Tate, nos Jardins de Lady Di em Kensington, na praia de Ipanema, copacabana, leblon, no shopping iguatemi, e onde mais eu estivesse.
    Nunca me chamaram a atenção, nem nunca senti olhares censuradores… talvez porque eu nunca tivesse procurado esses olhares. Possivelmente até existiam, mas, na boa, e falando grosseiramente, CAGUEI!
    E aplaudi quando outro dia, na novela das 8, pela primeira vez vi um mamilo (da Camila Pitanga, no caso) na TV sem ser numa cena de sexo!
    Abaixo esse falso moralismo contra o peito feminino. No carnaval somos assolados com imagens grotescas de bundas e peitos e todos os ângulos possíveis e impossíveis do corpo humano… mas peito pra fora para alimentar um bebê é feio e imoral??kkkk
    Zero saco para esse tipo de "moral e bom costume"

    Comentário by Mariana Perri — abril 28, 2011 @ 3:47 pm

  26. THANK YOU!! Gente, é só um peitinho!!Fiquei muito puta com aquele post, iria comentar lá, mas não quis me expor, expor o blog e a minha filha. (Porque eu ia escrever algo do tipo sua paulista estéril, kkkkkkkkkkkk, nada contra os paulistas, kkkkkkkkk). Que imbecil, se ela fuma na cara da minha filha num churrasco eu apago o cigarro na língua dela.

    Comentário by Lorenna — abril 28, 2011 @ 3:52 pm

  27. Concordo plenamente com você, escrevi sobre isso no meu blog tb. Fiquei chocada com o que aquela (vaca) menina escreveu! Um horror, não é mesmo? Afeee!!!
    Eu tiro os peitos onde for pra alimentar a pequena.
    Tamô junto.
    Beijo!

    Comentário by Patrícia Boudakian — abril 28, 2011 @ 5:12 pm

  28. Como é que alguém pode sentir tesão ao ver uma mulher amamentando? Achava tão medonho o meu mamilo quando era uma lactante. Depois ele voltou ao normal, thanks god.

    Comentário by Tathy — abril 28, 2011 @ 5:18 pm

  29. Ótimo post, realmente é uma distorção doentia demais. Bunda, peito e etc em banca de jornal pode, na praia pode, na tv pode mas na boca do bebê é nojento, pervertido? Falou e disse- galera com problemas sexuais sim e muita repressão sobre as mulheres!
    Vc viu a noticia da moça que foi expulsa de um pub por estar amamentando na Inglaterra? Ridículo.

    Comentário by Debora — abril 28, 2011 @ 6:42 pm

  30. Luiza, o mais engraçado do seu post é ler dos Estados Unidos que prende mulheres que estão amamentando em público!! Fala sério, olha os filmes que eles fazem, tudo que eles produzem, e vai prender a mãe que está fazendo a coisa mais natural do mundo!!!
    Vocês está certissima!! É uma palhaçada gente que acha isso errado, errado é deixar seu bebê passar fome.
    Meu leite acabou, mas, se eu tivesse leite ainda, e a Manu quisesse mamar, obviamente eu não ia deixar minha menininha passar fome porque os outros acham errado!!! Ahhh vah se dana esse povo hahaha!!!

    Beeijos !!

    Comentário by Isabella Felicio — abril 28, 2011 @ 7:14 pm

  31. Oi Tatiana… tudo bom?
    Então, existe hoje em dia, roupas que facilitam a amamentação, mas são caríssimas… uma pena, mas é bem legal!!! http://criandogente.blogspot.com/ http://www.cialactea.com.br/

    e tem também, uns acessórios lindíssimos, mas ainda acho que a boa e velha fralda seja melhor em relação ao custo x benefício…

    Um grande beijo

    Comentário by Bárbara Luduvice — abril 28, 2011 @ 7:35 pm

  32. fala serio! queria ver o texto da vaca rsrsrsrs amiga olha, eu ñ tenho um pingo d vergonha, ta bom q o teatro ajudou muito e antes da Clarice nascer minha personagem vivia com as peitcholas d fora…. faço como vc disse, coloco uma fralda p pessoas q ñ se sentem bem com isso, ja botei o peito p fora e grudei a Clarice, sem fralda mesmo q eu tava sem paciencia, enfim, axo super natural, na minha casa todo mundo q vai lá, se estiver na hr d dar d mamar, pode ver q ñ to nem ai, normalmente as amigas tiram os namorados na hr rsrsrsrs mas ai, elas né, ñ eu! bjss

    Comentário by Carol Liôa — abril 28, 2011 @ 8:50 pm

  33. Luiza, concordo plenamente com vc. Tb perdi a vergonha e arranco o peitão em qq lugar. HOje em dia, com a Clara com mais de 1 ano, tento amamentar só em casa, mas mais por minha vontade mesmo, e nem sempre consigo. Tenho mais vergonha de mostrar o barrigão que tb aparece na hora de levantar a blusa. hehehe
    Beijos

    Comentário by Kelly — abril 28, 2011 @ 9:55 pm

  34. Lu!!!!!!!!

    então que me prendammmmmmmmm

    desde que iniciei a amamentação, jogava as big tetas pra fora e o Gui se deliciava.

    sou totalmente no sense amamentando, confesso.

    não importa quem esteja presente, se é hora de amamentar o meu filho eu amamento e pronto.

    amigos homens cansaram de ver as peitolas jorrando leite!!! eles hoje acham super normal. ensinei muitas pessoas próximas a entenderem que isso é da natureza de uma mamífera. E que tinham que respeitar esse momento.

    Claro que não sou depravada. Mas sempre rola do bicow ficar aparecendo na hora que eu ponho pra ele mamicar.

    Em casa, esqueço de guardá-las, fato hahahaah

    ótimo post!!

    Comentário by Rebeca Bricio — abril 29, 2011 @ 2:51 am

  35. silvia, vc já leu o pequeno guia prático para mães sem prática?
    a mari fez uma série de posts sobre assunto:
    http://pequenoguiapratico.blogspot.com/2010/08/dohttp://pequenoguiapratico.blogspot.com/2010/08/dohttp://pequenoguiapratico.blogspot.com/2010/09/dohttp://pequenoguiapratico.blogspot.com/2010/10/do

    lá ela fala tudo e mais um pouco.
    se quiser, ainda pode procurar pela categoria "amamentação", que lá tem uma pá de coisas:
    http://pequenoguiapratico.blogspot.com/search/lab

    beijossss

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2011 @ 10:05 am

  36. e fróid

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2011 @ 10:06 am

  37. fala sério.. ô racinha que vê maldade onde não tem.

    mas esses programas toscos tipo pânico (que, confesso, vejo todo domingo) ninguém manda prender quando fica dando close na bunda da mulherada, filmando um bando de p*** bêbada de peito de fora.
    ah, vá!

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2011 @ 10:08 am

  38. não é que seja crime o ato de amamentar em si, mas muitas são presas por atentado ao pudor. onde já se viu?

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2011 @ 10:09 am

  39. eu até acho uma boa ideia a capa de amamentação. nao usaria, mas acho uma boa ideia. só que é mais um trambolho pra gente levar na bolsa nada pequena dos nossos pequenos, né?

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2011 @ 10:11 am

  40. na verdade até existem blusas para amamentar, mas eu confesso que acho bem cafoninhas

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2011 @ 10:12 am

  41. Oi Luiza! O Pietro está com 3 anos e 4 meses e ainda mama! Mas temos um combinado: ele só mama em casa. Mas antes desse combinado as pessoas quase infartavam quando eu tirava o peito pra fora e para ele mamar hehehe. Ainda em casa, quando tem gente e ele pede, as pessoas olham meio estranho! Acho que ainda tenho uns anos de amamentação e peito de fora pela frente, já que o Francisco está com 1 ano…
    bjs

    Comentário by Larissa Hernandes — abril 29, 2011 @ 10:17 am

  42. CONCORDO! Sociedade hipócrita e retrógrada. bjus

    Comentário by Thais — abril 29, 2011 @ 10:27 am

  43. Adorei, ja estou escolhendo o modelito!
    valeu a dica!
    bjao

    Comentário by Tatiana — abril 29, 2011 @ 4:52 pm

  44. Ai gente, pelamor né? Se começarem a prender mulheres que amamentam em público, vão ter que prender também as vaquinhas, porquinhas, cachorrinhas e por aí vai.

    Como a Luíza mesma disse: é NATURAL! E outra, se alguém se incomoda, por quê DIABOS fica olhando? Alguém obriga a ficar encarando o peitão?

    Eu, hein! Esse povo não tem mais é o que inventar…

    Comentário by Regina — abril 29, 2011 @ 5:31 pm

  45. Queria tanto ter visto o post mencionado… Fiquei tão curiosa. Me manda por mail… Please!!!!!!

    Comentário by Roteiro Baby — abril 29, 2011 @ 10:56 pm

  46. 'pra mim gente, que acha amamentar em público esse absurdo todo com certeza tem algum problema sexual'. É exatamente isso que sempre me vem em mente quando leio alguém criticando o ato de amamentar. Coisa chata pra caramba. Esses dias assistindo um programa local, uma pscicóloga falava da adultização de criança, quando a filha dela de uns 2 meses começou a chorar nos 'bastidores', pois ela pediu licença, colocou os peitos pra fora e começou a dar de mamar pra menina e continuou a entrvista. Achei o MÁXIMO. Peito foi feito pra amamentar depois que fizeram dele 'órgão sexual'.

    Comentário by Anna Cruz — abril 30, 2011 @ 2:32 pm

  47. Luíza, eu acho a amamentação um momento íntimo. Além da secreção e toda a babação, o seio da mulher é, sim, erótico! A gente não põe silicone e usa os peitos pra seduzir os nossos homens?
    Mas ao mesmo tempo, não dá pra negar comida ao pobre e indefeso baby. Acho que vale o BOM-SENSO.
    Outro dia minha prima, que faz o estilo "a gostosa", no meio de uma roda de amigos, estava com a filha de 2 anos por perto, a menina deu uma choradinha ela não teve dúvidas, abaixou o decote, pôs o peito inteiro pra fora e ficou esperando a menina vir mamar, enquanto terminava de contar uma história. Fiquei constrangida pelos homens que estavam junto!
    Acho que uma fraldinha e um pouco de discrição não fazem mal a ninguém :-)

    Comentário by joanawps — maio 2, 2011 @ 4:36 pm

  48. kkkkkkk Luíza ……………. morri de rir da historinha do menininho te fazendo mil perguntas. Te acho muito mara na forma de descrever as coisas. Vc tá certa sim, temos q amamentar nossos filhotes sem precisar ficar nos escondendo de tudo e todos. MENINAS VAMOS DAR MAMAZINHO PARA OS NOSSO BEBÊS!!!

    Comentário by Leidiane — maio 3, 2011 @ 7:24 pm

  49. AMEI o post! concordo com tudo! quem disse que com x meses bebe tem que parar de mamar? meu marido mamou até os 6 anos, e se minha filha de 7 meses pode mamar até quando quiser, do jeito que quiser e aonde quiser! Eu não sou nada envergonhada, nada! se tivesse que ficar nua em qualquer lugar eu nao to nem ai, meu marido é o oposto morre de vergonha por mim, por isso comprei isso aqui: http://www.amazon.com/gp/product/B003D89AAC meio caro (tem versões brasileiras, e dá até para fazer você mesma, é só achar o ferrinho), mas foi a melhor aquisição que fiz, antes da minha filha nascer! assim sempre dei de mamar em qualquer lugar, na frente de qualquer um! mas em casa ou na casa dos meus pais e entre familiares (seja do meu marido ou meus) é ao natural mesmo, ai nesse caso os incomodados que se mudem e vão pro quarto do lado! rs bjs

    Comentário by luana Ferreira — maio 3, 2011 @ 9:43 pm

  50. Confesso que jamais pensaria duas vezes antes de amamentar em público. E olha que nem filho eu tenho. Mas atendo crianças todos os dias e vejo muitas mães com seus bebês por aí amamentando felizes da vida. Coisa maluca ver algum problema nisso… eu hein! E tô com você nessa: tem problema sexual no meio! oooxiii….

    Comentário by amanda — maio 4, 2011 @ 12:32 am

  51. Adoro amamentar minha filha, não importo se tem que ser em público, tiro o seio de fora e dou a minha filha, meu esposo adora ficar junto apreciando este momento lindo.

    Comentário by Maria — junho 17, 2011 @ 12:00 am

  52. We’re glad to become visitor on this pure web site, regards in this rare information!

    Comentário by Air conditioning North Hollywood — outubro 5, 2011 @ 2:07 am

  53. Já escrevi diversas vezes sobre esse tema, simplesmente porque ME IRRITA essa falsidade de achar "feio" mulher amamentando em público! Botar biquini fio dental com top de meio centímetro, pra mostrar o corpitcho na praia, pode, amamentar NÃO PODE! Botar as peitolas siliconadas pra fora no carnaval pro deleite da macharada pode, amamentar em público, não pode! TOMATECRU,né?Rs
    http://maeterna.blogspot.com/2011/06/e-ainda-amamhttp://maeterna.blogspot.com/2011/05/carta-aberta

    Comentário by Mariana Perri — dezembro 8, 2011 @ 4:57 pm

  54. nossa, adorei isso! eu nao tenho problema algum e dou o mamá pro meu filhote qdo e ondeele quizer! ainda escuto da bisavó q sou desinibida!!! mas meu filho nao gosta nada nada da fraldinha , fica irritado e grita! rs.. com 2 meses e jah sabe bem o q quer e o q nao quer!
    viva o mamá e a livre demanda :)

    Comentário by paula — dezembro 10, 2011 @ 10:18 am

  55. Bom eu sempre amementei onde foi necessário, se vc está fora de casa é impossível não amamentar, afinal criança não é relógio, mas sempre tentei usar uma fraldinha, até q meu filho aprendeu a puxar e ficava incomodado qdu eu colocava, ai não tinha mais jeito, mas o fato é q eu sempre tive um cuidadinho. Mas acontece q uma cunhada minha teve bebê…qdu fomos visitá la, ficamos chocados (minha mãe, meu marido e eu)…o bb fazia uma pausas (pausas loongas) na mamada e nesse período ela deixava o peito de fora sem nenhuma proteção, estivesse quem estivesse, homem, mulher….afffff, eu ficava com vergnha por ela, mas vai saber qual era a intenção?!…

    Comentário by Raquel — dezembro 28, 2011 @ 10:11 pm

  56. Uma vez sai sem nenhuma fraldinha e fui ao supermercado, chegando lá já era hora de almoço e tal, meu filho começou a qurerer mamar, e ai eu dei numa boa pra mim, mas as outras mulheres…. me olhavam como se eu estivesse desrespeitando a todos..

    Comentário by clazieli — fevereiro 24, 2012 @ 12:12 pm

  57. Pois é imagina isso acontecer no metro de São paulo. Credoooooo!!!

    Comentário by Lucy — fevereiro 27, 2012 @ 10:52 pm

  58. Não vejo problema de amamentar em público. Estou grávida e ainda não passei pela experiência, mas não deixaria meu filho esperando para se alimentar por causa de constrangimento meu ou de qualquer outra pessoa. Acho que no início vou me esconder como você (rsrsrs), mas depois, quando a necessidade apertar, perderei a vergonha mesmo…(rsrs).

    Comentário by Danielle — junho 10, 2012 @ 9:29 pm

  59. Amamento minha filha de 1 ano e 7 meses em qualquer lugar e sem vergonha nenhuma, pois lindo é produzir um alimento tão precioso e poder oferecê-lo a qualquer hora. mas infelizmente conheço caso em que a mulher parou de amamentar pq o marido não permitia que ela mostrasse o peito a outras pessoas!!!!!!!!! Fiquei chocada com tamanha ignorância.

    Comentário by Thaise — setembro 7, 2012 @ 11:38 pm

  60. Amamentar em público muitas vezes é necessário mesmo, mas os seios não deixou de ser seio porque sai leite. Acho muito sem graça, não por minha causa mas por causa dos homens que estão vendo aquela cena. Não sei o que você pensa sobre o seu marido ficar contemplado os seios de outra mulher amamentando. Mas acho que é falta de respeito com as esposas e namoradas dos próximos. Isto serve para que os amigos de seu marido saibam como são os seus seios e quem sabe sonharem em quando eles voltarem a ser um parque se diversão e deixar de ser o refeitório da criança. Mas opinião é opinião, pudor é pudor etc.

    Comentário by Renata — novembro 26, 2012 @ 10:43 am

  61. eu sinceramente não me importo se o meu marido vê ou não vê o seio de outras mulheres amamentando. inclusive ele já viu e já comentamos sobre o assunto. ele mesmo não encara isso como um ato sexual.

    agora, se um homem vai ou não vai fantasiar sobre o seio de outras amigas ou mulheres da esposa, ele provavelmente vai fazer isso de qualquer maneira. vendo ou não. até porque tem muita mulher por aí que usa certos decotes que, peloamordedeus, mostram TUDO, menos o mamilo. e aí a intenção de uma mulher que opta por vestir tal roupa é bastante diferente de uma que coloca os seios para fora somente para alimentar o seu bebê, concorda?

    Comentário by luíza diener — novembro 26, 2012 @ 2:01 pm

  62. Concordo com vc Lu, além de ser mais uma forma de negação.
    A gente tem que se cubrir pra fazer o que há de mais natural… E isso é também passado para os filhos desde pequeninos, afetando posteriormente sua relação com o meio.
    É extremamente importante conhecer seu corpo com naturalidade, até mesmo para se proteger ou reconhecer doenças… Crianças que crescem achando que é anormal ter peito, certamente terão mais dificuldades em se aceitar.

    Comentário by Patrícia — agosto 23, 2013 @ 11:29 am

  63. Uma fraldinha eu acho bom, as pessoas olham mesmo com discriminação, acho que toda mãe tem direito de amamentar o seu filho mas é um momento tão íntimo que não acho legal expor para todo mundo e já vi homens com olhar malicioso ao ver uma teta grandona cheia de leite, tem mulheres que só faltam ficar nuas tiram o peito e o resto do corpo para fora.
    Acho feio peiro para fora, fraldinha sim, sou a favor.

    Comentário by Tatiane — agosto 23, 2013 @ 11:35 am

  64. entra nesse grupo https://www.facebook.com/groups/266812223435061/ elas são muito bem informadas , vão te ajudar muito bjs

    Comentário by Débora Silva — agosto 23, 2013 @ 12:39 pm

  65. esses dias estava amamentando meu filho uma ''véia''…(não sei pq mas são sempre as ''véias'' a implicar) , olhou com uma cara de nojo e perguntou ,você nao quer dar chupeta ? respondi seca (mais tão seca que deu sede na ''véia'') um NÃO bem colocado aff

    Comentário by Débora Silva — agosto 23, 2013 @ 12:48 pm

  66. Luíza, eu particularmente não gosto de amamentar em público… Meu filho fará um mês segunda-feira então posso dizer que amamentar não é a coisa mais fácil do mundo pra nós. Ganhei o Felipe de cesária pelo sus, ou seja, todas as minhas vergonhas voaram porta a fora – hospital universitários, quinhentos mil estudantes te fazendo exame do toque… colocar o peito pra fora e amamentar na frente de estranhos deveria ser normal. Mas eu não me sinto bem, me escondo sempre que possível! Porém já dei de mamar na seção de calçados de uma loja de departamento (sem a fraldinha), nada que a experiencia não nos faça ver que está tudo bem. Apoio a tua "campanha", amamentar é normal, não deve ser motivo de vergonha, tão pouco proibido. Vergonha e viver esse machismo, onde qualquer homem pode mijar em qualquer esquina e a mulher não pode dar de mamar!!!

    Comentário by Natália Hax — agosto 23, 2013 @ 1:16 pm

  67. Tão, fácil, né?! Só gastar DINHEIRO com uma BURCA florida e pronto, pode se esconder do mundo e deixar tudo mais simples para… para quem não é a mãe nem o bebê. #tutadebrincationwithmecara

    Comentário by Paulo Rená — agosto 23, 2013 @ 11:47 pm

  68. Não acho salutar enfiar o nenê debaixo da capa só pra tirar as tetas das vistas alheias. Quem se incomodar que não olhe!

    Comentário by Renata — agosto 24, 2013 @ 3:43 pm

Feed RSS para comentários sobre este post.
TrackBack URL

Deixe um comentário

*