me ensina a voar?

super joke

já tem mais de uma semana que ele me pede: “mãe, me ensina a voar?”

coincidência ou não, na primeira vez que ele me pediu isso, viajaríamos de avião no mesmo dia. logo, pudemos voar, passar entre as nuvens, ver tudo lá embaixo, pequenininho, e ter a sensação de que estávamos voando por conta própria.

toda vez que ele me pede isso uma luz acende dentro do meu coração. uma luz quente, como de uma vela, que me aquece e me enche de alegria. parte da luíza criança revive e parte da luíza adulta se enche de esperança e de alegria por ter esse privilégio enorme que é ter uma criança dentro de casa, constantemente por perto.

sua inocência, seu brilho, sua vontade de ganhar o mundo. um mundo tão fantástico!
ele realmente acredita que pode aprender a voar. e quem sou eu para ensinar o contrário?

vem cá, meu filho, que eu vou te ensinar como se faz. fecha os olhos, assim. agora abre os braços e imagina que você está voando, lá em cima, no meio daquelas nuvens que a gente viu. voa, sente o vento bagunçando o seu cabelo. olha pro alto, pequeno. vamos lá. ao infinito e além!”

mas mal sabe benjamin que ele já pratica isso há muito tempo e que sou eu que tenho aprendido diariamente com ele a voar cada vez mais longe.

Related Posts with Thumbnails

8 comments

  1. Meu post preferido!!
    Não pude conter as lágrimas …
    Uma poetisa dentro da ex-Woodstock, mãe da provável futura Woodstock.
    Essa crônica caberia tranquilamente num livro do Rubem Alves, sem tirar ou acrescentar nada.
    Invista nesse seu lado e fará muito bem ao coração de muitos.

    Te amo, Daddy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *