15 de agosto

meu primeiro show

por luíza diener

fernanda takai música de brinquedo pato fu show brasília parque da cidade

ontem foi o dia dos primeiros. o primeiro dia dos pais do hilan com o benjoca aqui, fora de mim.
e também foi a primeira vez em que benjamin foi a um show.

acho que não poderia ser outro, senão o show do único cd que ouve-se nesta casa (o primeiro e único que benji já ganhou): música de brinquedo, do pato fu. eu já contei anteriormente que nunca fui fã da banda. na verdade tinha até um certo preconceito.
depois começamos a ouvir o álbum online e o benji adorou.

aí ganhamos do pessoal da dermodex o álbum original e autografado e pronto. ele (o cd) passou a morar dentro do nosso som.
benjamin, sabendo disso, quando quer ouvir música já corre pro som e aperta o play, especialmente quando cantamos alguma música do cd – que ele já conhece de cor e salteado. tá duvidando? clica aqui!

é escutando música de brinquedo que volta e meia eu coloco ele pra dormir (e geralmente ele capota nas canções mais agitadas) e que ele se acalma instantaneamente se está a resmungar ou chorar.

como se já não bastasse todo esse histórico, semana passada ficamos sabendo que no dia dos pais haveria um show gratuito do pato fu aqui em brasília, no parque da cidade (aquele, que o renato russo já cantou). imperdível!

era um belo fim de tarde de um dia ensolarado. o local para o show era ao ar livre. um palco simples e não muito grande montado no parque. muitas famílias sentadas à grama, à sombra, esperavam o momento em que a banda começaria a tocar.
não estava muito cheio e logo conseguimos um local bem na frente.
subi em um palco armado ao lado do principal, que havia sido utilizado mais cedo.
logo nos acomodamos e o show começou no horário previsto, às 17h.

eis que surge a banda. benjamin ainda não sabia o que viria, mas eu sim. foi eles começarem a tocar, primavera, a primeira música – a mesma do cd (e a mesma do vídeo que o benjoca dança) – que meus olhos encheram-se de água.
juro, fiquei emocionadíssima. quem é mãe sabe que dá uma emoção inexplicável.
engoli o choro e fiquei na expectativa de que ele reconhecesse a canção.
não me desapontei. pelo contrário, ele reconheceu TODAS as músicas.

foi incrível ver os músicos, assim como no cd, fazerem todo o show somente utilizando brinquedos.
porque vai, no estúdio é bem mais fácil mas, como eles mesmos disseram, ao vivo é mais difícil porque o brinquedo quebra, acaba a pilha ou resolve não funcionar.
tudo isso de fato aconteceu e na verdade eles ganharam mais ainda meus créditos, porque eles encaravam tudo com muito bom humor e de um jeito muito lúdico.

de simples havia somente a aparência, porque eles botaram pra quebrar nos brinquedos (literalmente. a bateriazinha ficou detonada).

eu resgatei meu lado criança ao ouvir brinquedos virarem música e descobrir que objetos como um chaveiro, um joão bobo gigante ou um pula pula estilo pogobol podem dar um som maneiro.

a ordem das músicas no show era a mesma do cd. finalmente me serviu já ter ouvido ele tantas vezes de cabo a rabo, de trás pra frente. eu já sabia tudo que viria, todas as letras, todas as nuances.

nem sei dizer qual música foi a melhor, mas confesso que a minha predileta do álbum foi também uma das mais performáticas durante a apresentação: live and let die, do paul mccartney.
ela (a takai) já começou dizendo que o peso de tocar a música era grande, afinal ela precisava impressionar um beatle.
se vai impressionar o paul eu não sei, mas eu fiquei boba com aquele tanto de instrumeticos malucos somados à chuva de confetes, serpentinas e papéis coloridos explodindo na hora da parte live and let die. bastante diferente, claro, do performático (e ótimo) show do tal beatle, com fogos de artifício, chamas e muita fumaça, mas igualmente encantador.
adultos (ou eu) e crianças (ou eu) se alegraram, aplaudiram e tentaram pegar os papeizinhos voadores. mas eu é que consegui agarrar antes (talvez por ter mais de meio metro de altura, né?).

não poderia deixar de mencionar também os bonecos do giramundo, que fizeram o backing vocal no lugar das crianças (na gravação original). eles eram divertidos, engraçados e deixaram o benjamin vidradão.

por falar em benjamin, ele não desgrudou o olho um só minuto do palco. reconheceu todas as músicas, acenava, aplaudia, batucava na cabeça, na pança, se descabelava de emoção (leitura materna tá, gente?).

faltando uma música pra acabar (o cd) eles depediram-se, foram embora mas, obviamente, voltaram e cantaram love me tender embalada por uma caixinha de música. até que chegou a hora de tocarem bohemian rhapsody. sério. ô música complexa, ainda mais pra ser tocada somente utilizando brinquedos. mas os bonecos fizeram uma palhaçada engraçadinha e eles pularam direto pro lock ‘n loll.
foi tudo: animado, divertido, empolgante e, claro, muito bem tocado.

a pena foi que, quando a coisa pegou fogo, acabou.

bem antes disso o benjoca foi ficando com sono, olhos vermelhos, lacrimejando, mas não queria perder nada. até que pediu pra mamar e pronto, apagou.

só foi acordar no carro, na volta para casa. abriu os olhos e começou a brincar com toda a pilha.
chegamos em casa e ele continuava felicíssimo. a impressão que deu foi que ele sabia o que estava acontecendo e ficou tão alegre que não queria que acabasse.

e eu também, lembrando de um dos shows mais bonitos que eu já fui, dotado de uma simplicidade e despretensão tão lindos.
se antes eu não gostava da banda, agora já sou fã.
não fazia ideia de que o john fosse tão engraçado e crianção. até o baterista com cara de playboy bombado era super divertido.

foi contagiante e, principalmente, emocionante.

que venham mais eventos assim!

 

 

 

* * *

ah, não se esqueçam que hoje é o último dia para participar do sorteio da tip top.
você pode ganhar um look no valor de R$ 250,00.

corre lá que é só até as 23h59 de hoje!

 

Related Posts with Thumbnails

categorias: benjamin, brasília, música

assine nosso feed ou receba por email


20 Comments »

  1. Ahhh, deve ter sido ótimo mesmo.. dá pra ver pelas fotos e sentir pelo post.. peninha que não deu pra ir com a filhota.. Bjos

    Comentário by Carol — 15 de agosto de 2011 @ 9:55 am

  2. Lu, o Diogo AMA música de brinquedo, tenho umas 6 músicas no celular, e é minha arma contra o mau humor dele. Gente, como pode? O cara tá chato, choramingando, resmungando, começa Primavera, ele começa a rir, batucar na pança.
    É realmente mágico!
    Uma pontinha de inveja agora: que sooooorte que vocês de Brasília têm, meu Deus!!!
    Passou.
    Fico feliz de saber que o Benji adorou e não deu trabalho. Não vejo a hora de levar o Diogo num show tb! E tomara que tenha Pato Fu por aqui. To-ma-ra! Eu até pago! Sério mesmo!
    Beijos

    Comentário by Raquel Gomes — 15 de agosto de 2011 @ 10:20 am

  3. Meo Deosssss! Eu fiquei emocionada e cheia de vontade de ver o show só pela sua descrição, confesso que sou fã de Pato Fu das antigas, ainda não parei pra ouvir o CD 'infantil' deles, mas agora fiquei super curiosa, quero muito!

    O único show de Nicolas foi o do Metallica, mas na barriga, nem deu pra ele curtir rsrsrs. e aqui na cidade vai ser meio impossível ir a um show desses.

    Poxa mto feliz que ele curtiu muito, esse show vai ficar na sua memória pra sempre, e tenho certeza que um dia qdo ele ler isso, vai ficar na memória dele também 😀

    Comentário by Raquel — 15 de agosto de 2011 @ 10:26 am

  4. Me emocionei com suas palavras!!! ainda não sou mãe, perdi um bebê no começo do ano e agora estou no grupo das "tentantes"… mas adoro ler sobre mamães e seus bebês… acho muito linda toda a "corujisse"!!!! E deve ter sido emocionante mesmo, sobretudo pra você, ver o Benjamin tão vidrado nas músicas!!! bjk

    Comentário by karla dote — 15 de agosto de 2011 @ 11:54 am

  5. Luiza,
    Que show maravilhoso! Imagino como devem ter aproveitado. E as músicas então… adorei ouvir um pouquinho. Adorei os links que colocou no seu post.
    Um beijo.

    Comentário by Celi — 15 de agosto de 2011 @ 2:57 pm

  6. Eu não gosto de Pato Fu (tirando algumas músicas) mas a idéia desse CD foi muito boa. Já ouvi mas não dei muita atençao, preciso ouvir de novo.
    E que lindo seu bebê no show! Não vejo a hora de levar minha filha em algo assim, antes que ela cresça e já comece a ir sozinha rs.
    Bjs!

    Comentário by Renata — 15 de agosto de 2011 @ 3:45 pm

  7. Ahh, lendo seu relato deu até vontade de ir no show. Confesso também que não sou muito fã de Pato Fu, mas vou ouvir esse CD. Fiquei curiosa. Pena que a Alice ainda é muito bebezica, mas quem sabe eu não possa compartilhar um show desse tipo com ela daqui algum tempo?! Tomara!!! (:
    Beijoos

    Comentário by Yasmin Scaranare — 15 de agosto de 2011 @ 3:49 pm

  8. como o Benjamin ta lindo, cada dia mais lindo

    Comentário by Mamãe do Otávio — 15 de agosto de 2011 @ 5:12 pm

  9. Nossa fiquei super triste agora. Se eu soubesse teria levado meu Cael com certeza, ele gosta muitooooo. Muito lindas as fotinhossss=)

    Comentário by fernanda — 15 de agosto de 2011 @ 6:05 pm

  10. Eu não conhecia o música de briquedo, vou procurar para minhas filhotas!

    Beijos

    Comentário by Espere um pouquinho — 15 de agosto de 2011 @ 7:55 pm

  11. O Rafael estava doido pra ir nesse show, mas eu disse "nem morta que eu vou em show grátis no parque da cidade com essa pança!".

    Comentário by lia — 15 de agosto de 2011 @ 8:45 pm

  12. oi Luiza,
    acompanho o seu blog faz um tempinho, sou mãe de primeira viagem de um bebê de 1 mês e o blog tem me ajudado bastante!
    parabéns pelo blog e por Benjamin!

    Comentário by duda — 15 de agosto de 2011 @ 8:56 pm

  13. Deve ter sido um baita show mesmo! Eu estou louca para comprar esse CD, por enquanto a gente ouve online aqui em casa!

    Beijos, Ananda.
    http://projetodemae.wordpress.com/

    Comentário by nandaetges — 15 de agosto de 2011 @ 10:53 pm

  14. Oi Luiza, eu adoro Pato Fu e esse CD, queria muito ter ido no show, mas não deu, deve ter sido ótimo mesmo. Mas acredita que a Clara não curte muito ainda?
    Beijos

    Comentário by Kelly — 15 de agosto de 2011 @ 11:48 pm

  15. Gatam.. olha, lembro de você em outro post falando sobre as suas indecisões sobre profissão.. assim, quem sou eu nesse brasil?? mas.. eu sériamente acredito que você deveria considerar o caminho da literatura! Você escreve de uma forma colorida, transmite sentimento e é isso o que vc já faz aqui! Escreva um bom livro! Você terá tempo pra curtir seus amores e amar o que vc ama! Porque você certamente ama escrever, caso contrário esse blog não teria durado! Beijos

    Comentário by Moema — 17 de agosto de 2011 @ 12:58 pm

  16. PS: divulgo o blog toda vez q tenho oportunidade, tô na época de ver as colegas casando e tendo seus filhotes e talz.. e esse blog! Putz.. imagina o benji lendo essas paradaaaas1?? Eu queria que meus pais tivessem tido a oportunidade de fazer algo assim tão precioso!

    Comentário by Moema — 17 de agosto de 2011 @ 1:05 pm

  17. hello there and thank you for your info – I’ve definitely picked up anything new from right here. I did however expertise some technical points using this web site, as I experienced to reload the web site lots of times previous to I could get it to load correctly. I had been wondering if your hosting is OK? Not that I am complaining, but slow loading instances times will sometimes affect your placement in google and can damage your high-quality score if ads and marketing with Adwords. Well I’m adding this RSS to my e-mail and could look out for a lot more of your respective intriguing content. Ensure that you update this again very soon..

    Comentário by Stacia Lovallo — 22 de setembro de 2011 @ 4:36 pm

  18. aaaaaaaaaaah. eu fui! muito legal!

    Comentário by carolina sofia — 29 de setembro de 2011 @ 6:56 pm

  19. nossa fiquei super emocionada ate chorei imaginando sua emoção, que pena que aqui em salvador não teve música de brinquedo de graça, eu ia amar e chorar o show inteiro!!!! beijo

    Comentário by Sheila Ferreira — 1 de maio de 2012 @ 1:21 pm

  20. Que graça.

    Comentário by ketina — 18 de setembro de 2014 @ 12:42 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment