25 de setembro

minha casa é uma bagunça. e eu não ligo mais (tanto) pra isso.

por luíza diener

muitas pessoas que acompanham o blog me perguntam: “luíza, como você consegue manter uma casa, um filho e um blog?”
já adianto-lhes a resposta: eu não consigo.

cresci em uma casa arrumada.
tudo estava sempre muito limpo. louça nunca parava suja na pia por mais de um dia.
cresci numa casa com empregada, mas minha mãe sempre insistia em falar que ela nos criou sozinha.
ouvia sempre minha mãe criticando a desordem e a sujeira, sempre acompanhado de um “que horror”.
cresci achando que casa feliz era casa limpinha e arrumada.
afinal, se às vezes ela chorava porque nosso quarto estava uma bagunça, então desordem deveria ser sinônimo de infelicidade.

casei. por 2 anos consegui manter viva a utopia da casa impecável.
todos os dias eu a limpava. limpava, não. faxinava de cima abaixo. tomei gosto pela coisa.
então virei dona de casa full time.
quando meu marido chegava do trabalho a sala exalava um agradável aroma floral e a cozinha cheirava a bolo ou pão assado recentemente.
as roupas sempre limpas e passadas. desde o pijama até as toalhas e roupas de cama.
eu me achava a dona de casa perfeita.

mas passou o gosto da novidade. eu quis voltar a trabalhar. e, quando voltei, senti saudades de ser dona de casa outra vez. mas não o fiz. continuei trabalhando e minha casa começou a virar um pequeno caos.
engravidei e ainda assim trabalhei até 2 dias antes do meu pequeno nascer.
e foi aí que decidi parar tudo para ficar com meu filho.

mal sabia eu que o pesadelo apenas iria começar.
não o de ser mãe, mas o de estar condenada a viver eternamente em meio à desordem.
sempre havia um motivo para eu não arrumar a casa: recém nascido que só mama e quer ficar no colo, menino que acorda o tempo inteiro, cansaço, falta de hábito com a nova rotina e por aí ia.
contratei uma faxineira semanal pra me ajudar.
mas todo dia, antes dela chegar em casa, eu arrumava tudo, lavava a louça, a roupa, deixava tudo já no esquema só pra ela finalizar o serviço. “é pra não sobrecarregá-la. senão ela nunca mais volta aqui em casa”, dizia eu.

mas me acostumei à nova rotina com bebê. ele cresceu um pouco, parou de me solicitar tanto, passou a dormir por mais tempo, começou a me permitir fazer pequenas tarefas. mas eu sempre deixava elas para depois. “agora é hora de um pouquinho de lazer”.

e a casa foi ficando cada vez mais desordenada.
comecei a me sentir péssima. “a casa é a dramatização da minha vida. se minha casa está arrumada, é porque minha vida está boa. se minha casa está bagunçada, é porque minha vida está um completo caos”.
não faço ideia de onde eu tirei isso, mas era um pensamento que pululava na minha mente dia e noite.
não procurei ajuda profissional, mas creio que comecei a entrar em um processo de depressão por causa disso.

então resolvi ceder e arrumei uma diarista que vinha 3 vezes por semana e me ajudava com tudo na casa, inclusive com o filho.
surtei. era como se aquele fosse o meu atestado de incompetência.
ela permaneceu nesse esquema comigo por alguns meses e depois voltou a trabalhar apenas 1 vez por semana.
fiquei muuito mais aliviada (e meu bolso também, porque foi um sacrifício no meu orçamento mantê-la conosco).

pensam que passei a me organizar melhor?
não. aprendi a conviver com algumas coisas.
claro que tento manter a ordem e a higiene dentro de condições aceitáveis, mas aprendi a deixar os pratos sujos na pia, alguns brinquedos espalhados pela casa ao longo do dia e talvez recolhê-los apenas quando o pequeno já está a dormir.

já invejei algumas mães que trabalham.
já me invejei no passado.
já tentei criar não uma, mas várias rotinas diferentes para conseguir conciliar tudo.
mas é uma questão de lógica, física e um pouco de matemática.
há muito mais fatores bagunçadeiros para tirar a ordem da casa que apenas essa uma pessoa para reordenar todo o resto.
empregada é algo fora de cogitação. e agora falo em termos financeiros mesmo.

e minha mente parece que funciona de um jeito estranho. os pensamentos nunca são alinhados. parece uma enorme teia de aranha, onde uma coisa puxa a outra e daqui a pouco eu já estou completamente emaranhada nas minhas próprias ideias, o que não me permite parar por muito tempo e me concentrar em uma única tarefa.

se cresci ouvindo e achando que o único e melhor jeito de se viver era numa casa perfeitamente limpa e arrumada, hoje aprendi a encontrar paz – e até uma certa beleza – no meio do caos.

mas confesso que, no fundo, no fundo, eu ainda me sinto um tanto incomodada.

Related Posts with Thumbnails

categorias: decoração, desperate housewife, erros comuns

assine nosso feed ou receba por email


100 Comments »

  1. Já tinha lido esse post, voltei hoje para reler, pois ando vivendo esse dilema…tanta coisa pra fazer! Será que precisamos fazer tudo? Acho que não, atualmente, minha prioridade é amamentar a bebê, sem ouvir conversa fiada tipo 'ela fica o dia inteiro no peito', 'assim, você não faz nada!' Chega disso! Quero e vou amamentá-la sim e ponto. A casa, as coisas fora do lugar…depois!

    Comentário by Raquel Simões De Medeiros — outubro 15, 2013 @ 12:05 am

  2. Nossa, parece o meu dia a dia…

    Comentário by Celina — novembro 7, 2013 @ 4:56 pm

  3. Conheci o blog por acaso.achei que era a unica com esses problemas, mas estou tentano organizar melhor a casa e a minha historia e igual a narraçao parece eu, com exceção que aqui os meninos sao grandes e bagunçam um pouco parei de sofrer por isso,e agora meu maridinho me ajuda!!!!

    Comentário by morena — novembro 23, 2013 @ 10:13 pm

  4. Olha amiga é bem isso mesmo, eu tenho um filho de 2 anos e 6 meses, ele esparrama tudo derruba tudo no sofá, e eu sempre fui muito organizada limpa com tudo e mais um pouco, imagina com esta minha cabeça. As vezes tenho a impressão que algumas pessoas pensam que sou preguiçosa mas infelizmente não tem como manter uma casa limpa cheirosa arrumada.Cheguei no meu limite ja estou tomando até calmante, então resolvi vou lavar a louça e manter as roupas limpas o resto é resto não estou vendo, se não fizer isso vou enlouquecer, vou brincar com meu filho essa fase vai passar.Algumas diaristas só ensebam mais ainda experiência que não quero repetir.

    Comentário by Juliana — dezembro 4, 2013 @ 9:15 am

  5. Eu sou assim sofro tanto porque sou criticada todo estante meu sogro fala mal de mim ,as pessoas do lado do meu marido fala mal de mim gostaria de mudar não para mostrar para as pessoas e sim para eu me sentir melhor. Minha mãe me ajuda bastante em conversas mas fico com dó de levar tantas problemas para ela, hoje meu marido me compreende mais, mas poucos dias eu surtei.

    Comentário by mia — janeiro 20, 2014 @ 3:58 pm

  6. Bando de preguiçosas, tenho dois filhos, moro em uma casa de dois andares e a mantenho impecavel. Nao tenho nem empregada e nem faxineira. Mulheres frouxas.

    Comentário by Lucia — janeiro 22, 2014 @ 1:13 pm

  7. Nunca fui mto organizada, mas desde que casei melhorei mto nesse sentido, depois de pesquisar dicas nas internet. Mas tive neném, meu marido continua bagunceiro, então o mais difícil é manter a casa limpa. Me esforço mto, e qdo acho que fiz um bom trabalho vem a pentelha da mãe, que infelizmente mora no mesmo quintal, todo dia e sempre sem avisar, dizer que alguma coisa está suja. Hoje eu me enchi e falei um monte, pq ela não me ajuda mas adora vir me infernizar, e ficou ofendida e disse que não vem mais aqui. Eu acho ótimo, já aturei essa chata a vida toda, agora chega!

    Comentário by Daniele — fevereiro 11, 2014 @ 5:56 pm

  8. Primeiro essa Lúcia ou melhor lucia fernanda q juntas vira lucifer !!!! Não deve nem trabalhar deve perder o dia todo tods os dias faxinando casa…. minha casa também fica uma bagunça …não to nem ai c o q as pessoas falam ou deixam d falar… moro c três homens bagunceiros !!! E muito bagunceiros…mas as coisas vão se ajeitando pq afinal os filhos vão crescer um dia, devemos curtir eles enquanto estão pequenos !!!! Entao essa bagunça um dia acaba…mas não as pessoas dizerem q somos preguiçosas…

    Comentário by Priscila — fevereiro 25, 2014 @ 5:13 pm

  9. Sinceramente vcs não sabem como foi um alivio ver cada depoimento de vcs e o texto alem de engraçado é um grande reflexo…Obsss enquanto estou lendo o blog dobro roupa….kkkKK.Pessoal não sou muito de ficar na internet e quando fico é sempre para verificar coisas sobre organizaçao.ou coisas de pesquisas para as crianças..+ é dificil as vezes chooooro..ultimamente tdos os dias me sinto um tanto fracassada ,perai que meu bebezão de 2 anos acordou ….ja falando assim, mãe acordei ,quero mamar….ai é dificil…as vezes a bagunça das roupa ta tão grande q da vontade de jogar td fora, é aquele ciclo de lavar,dobrar, e organizar e depois ver a bagunça denovo se formando….Banheiro LIMPO ai que me dera é só aquela alegria momentanea, sempre tenho algum susto em torno do dia….Tenho 3 filhos ,um rapaz de 14 ,uma mocinha de 12 e um bebe de 2 anos e 9 meses…ai ta dificil não ser chata e ter que ficar pedindo ajuda só para não bagunçar o q pode ficar organizado…ufa…desculpe-me mais eu desabafei e foi bom ….AMO muito eles e só queria ser um espelho bom+++Meu marido falo que onde mora 5 só 2 trabalha não da….SINCERAMENTE acho que seu soubesse organiza-los não estaria assimmm.MUITO OBRIGADO…

    Comentário by ALINE — abril 10, 2014 @ 8:33 am

  10. ai estou ate chorando agora ,tenho dois filhos e arrumo e arrumo e continua uma bagunca e tanda coisa ,hoje feio uma menina aqui em casa e falo,que na minha casa tem o espirido da bagunca e que e para min rezar para manter a casa limpa nem que mas amizade com ela ,mal ela sabe que tds os dias e uma loucura triste ta

    Comentário by camila — abril 29, 2014 @ 5:38 pm

  11. repreende o espírito de julgamento e intromissão na sua vida, camila. ahahahaha!

    Comentário by luíza diener — abril 29, 2014 @ 9:24 pm

  12. Na minha opiniao, vc nao consegue colocar ordem e limpeza em sua casa porque é preguiçosa….

    nao requer tanto esforço assim, filho nao é desculpa!!!

    Se toca antes que leva um pé na bunda do seu esposo, homem nao gosta de sujeira….

    o tempo que fica ai criando blog que. nao é prioridade vai botar tua vida em ordem ao inves de criar desculpas…

    beijo…

    Comentário by mimis — maio 10, 2014 @ 1:38 pm

  13. Fico frustrada ao perceber a não inclusão masculina nesses papéis… afinal, não acredito que todos esses depoimentos sejam de mulheres separadas ou de mães solteiras que moram sozinhas! A sensação de infelicidade que sinto é por me sentir tratada como empregada, quando na realidade eu sonhava com o casamento!

    Comentário by Fabiana — maio 16, 2014 @ 9:57 pm

  14. Era o que eu precisava ler no momento…as lagrimas estavam correndo no rosto, passo o dia todo arrumando e 3 bagunçando, frustração é pouco ! Obrigada gente

    Comentário by Viviane — maio 19, 2014 @ 1:50 am

  15. aqui na minha casa tb e asim mas eu controlo mas as bagunças ate por que aondem eu moro nao tem agua suficiente pra as coisas da casa afffffffff que droga nao mais em fim a vida e asim mas nao devemos so ser preucupar com isso que tds os dias isso e chato por de mas

    Comentário by marcia pley — maio 20, 2014 @ 12:44 pm

  16. Bom meninas eu sou casada e gravida de oito meses cuido da casa lavo passo cozinho e arrumo e trabalho fora minha casa vive limpa e cheirosa mais as vezes da uma sensação de infelicidade imensa é muito ruim pq não tenho companheirismo nestas situações mesmo tendo uma gravidez complicada do meu único e primeiro filho não vejo meu marido participando dessas tarefas comigo mas tenho me virar pq não consigo viver na imundície e sim na limpeza e organização.

    Comentário by Natalia — maio 20, 2014 @ 9:43 pm

  17. Parecida comigo,antes com um filho só a casa se mantinha um brinco,só chegavamos em casa à noite do trabalho.Agora meu filho tem 20 e os outros 7,10,11!!! A casa vive uma zona só.Ainda bem que meu marido é tranquilo,não liga e ainda ajuda a limpar,queria arrumar uma casa maior,mais tenho até medo.Pra completar a bagunça arrumei um cachorro.Só deus mesmo.

    Comentário by rosa maria — maio 29, 2014 @ 12:35 pm

  18. Tambem sofro,moro em uma cidade só,com uma fílha d 5anos e um bebe d 3meses,nao consigo nem limpar a casa nem me cuidar,relaxei,meu bebe ê chorao,toma mto meu tempo,e meu namorado me chama d porca,estou depressiva,estou d licenca.

    Sou só,so me sinto bem qdo a casa esta limpa,o q é raro,o bebe cochila eu lavo a louça,acorda eu paro,demora um ano p mamar,ai cochila e acorda berrando,ai paro d varrer e assim o dia todo,anoite ele acorda mtas veses,ando moida

    sofro mto,

    Comentário by graziela — junho 3, 2014 @ 8:06 pm

  19. Até meu banho é corrido

    meu namoro ta em crise,eu tinha qualidades agora,tenho só defeitos,diz ele,sou porcag.engordei e estou um jegue,nem tenho mais auto estima,engordei,e passo o dia todo c o bebe,e minha filha tb esta largada fora meu extres,me ajudem

    Comentário by graziela — junho 3, 2014 @ 8:18 pm

  20. Ola…

    Estou gravida do meu segundo filho e

    Ultimamente n sinto vontade de fazer nada…ñ sei se e pq esses primeiros meses eu to passando mto mal….meu marido vive me criticando e isso acaba me deixando mais pra baixo alem das brigas tdos os dia…por favor mim ajudem estou entrando em depressao por causa disso…obgd

    Comentário by Rose — junho 21, 2014 @ 10:46 am

  21. Nossa gente…eu tmbm sou assim!!! Tenho duas filhas uma de 3 anos e outra de 4 anos e meio. Agora pensem numa criança q so inventa brincadeira q suja desarruma completamente e etc…são minhas filhas…a familia do meu marido fala que sou preguiçosa mais eu acho q minhas filhas tem q fazer algo da vida, afinal quintal elas nao tem pq meu cunhado mora conosco com a mulher e uma filha de 1 ano…e o quintal é grande mais os cachorros dele sao uma praga!!! Intaum nao posso dexar minhas filhas brincarem no quintal…e qualquer coisa no quintal fora do lugar vem meu cunhado reclamar q eu nao olho e tal…mais ele tem uma filha de 1 ano…ele vai passar por desordem um dia!!! Quem fala dos outros nao ve seu proprio “U” neh…mais enfim…como disseram nos coments anteriores…elas vao crescer e um dia a casa fica limpa!!!

    Bjsss

    Comentário by Prih Santos — julho 17, 2014 @ 2:00 pm

  22. Oi! Você conhece o Blog Vida Organizada? É um guia excelente. Inclusive, tem dicas para você destralhar a casa em apenas 15 minutos por dia, te ensina por onde começar. A autora vai até lançar um livro. Beijos

    Comentário by Lila — julho 23, 2014 @ 11:35 am

  23. Me identifico em quase tds os seus posts, mas hj vc escreveu para mim, assim exatamente para mim.

    Comentário by Nalygia — julho 23, 2014 @ 4:53 pm

  24. Estou me reconhecendo neste texto exceto corpos dois filhos. Eu tenho apenas uma gatinha, e mesmo antes dela nascer, quando voltei a trabalhar já não estava dando conta da casa, e quando ela nasceu ai então que não consegui mais. O pior de tudo é que quase entrei em depressão por não dar conta. Mas o que me mantinha em pé era saber que eu tenho meus grandes amores junto comigo. Adoro os teus posta Luiza.

    Comentário by ru — julho 24, 2014 @ 10:59 pm

  25. aqui em casa é assim. moramos, eu vicente e minha mãe. ela trabalha a semana inteira, eu estudo e faço monitoria na faculdade, vicente fica na creche (ele tem um ano). a casa? só no final de semana, e quando ele dorme! hahaha durante a semana, só passo uma vassoura pra tirar excesso de poeira (e migalhas de biscoito) porque aqui acumula demais. louça e roupas só lavamos à noite. confesso que, muitas vezes, tenho vergonha de trazer amigos em casa porque, como nos mudamos há pouco tempo, não temos muitas coisas em casa e porque está tudo sempre um caos. mas estou lidando com isso. pelo menos, aproveito mais tempo com o vicente <3

    ah, e quem comenta nos chamando de frouxas e preguiçosas certamente não tem mais tarefas além de ser mãe e dona de casa!

    Comentário by beatriz brito — julho 27, 2014 @ 11:39 am

  26. Sou casada, tenho um filho de 5 anos e uma filha de 1 ano. Gosto de ser dona de casa, mãe em tempo integral. Meu esposo é a moda antiga, kkk…como ele trabalha, é provedor, acabo cuidando dos filhos(levo para a natação o mais velho, aula de violão e pequena a tira colo), tem o colegio, tudo sozinha, aí tem a casa, os cachorros…cada casal tem uma dinâmica, talvez alguns homens até dividam as tarefas, eu ainda não consegui isso do meu esposo, se eu peço ajuda ele torce p nariz. Contudo, deixe ele pensar que é o machão, porque vou retomar meus estudos, concluir a minha faculdade através do EAD, quero conseguir um emprego de meio turno. Não me arrependo de estar cuidando dos filhos, as vezes me cobro pq não consigo me organizar com a casa, tem vezes q até consigo, mas não dura muito, o jeito é relaxar. A blogueira tá certa. Talvez se nós mulheres passarmos a noite limpando…claro q não, ser escrava da casa não dá. E depois, quem achar ruim que ajude.

    Comentário by Cris — agosto 13, 2014 @ 9:44 pm

  27. muito bom,ter encontrado seu blog me ajudou muuuito.

    Comentário by lucia — setembro 3, 2014 @ 7:30 am

  28. Se minha cozinha ficasse como a da foto acho que surrava kkkkkkkk

    Comentário by Laura — setembro 12, 2014 @ 11:09 am

  29. Eu sou muito organizada e tudo limpinho, mais ja não estou aguentado mais estou muito interessada!
    Estou sentindo falta de um marido, a minha mãe mora comigo, mim ajuda

    Comentário by celia — outubro 30, 2014 @ 3:21 pm

  30. Estou vivendo esse dilema de não conseguir me organizar com as tarefas domésticas, desde que voltei a trabalhar depois do nascimento do Otávio que agora já está com 2 anos, me cobro demais neste assunto, não consigo olhar para a bagunça e deixá-la lá quietinha e também não estou encontrando tempo para arrumar, e agora estou grávida do meu segundo bebê e já sofrendo imaginando como vou fazer para organizar o quarto deles…….não tenho condições financeiras para pagar uma ajudante, e não sei o que fazer.!

    Comentário by Marcia Cortez Dias — novembro 22, 2014 @ 10:50 am

  31. Não podemos ser escravas do lar. Devemos viver intensamente. Limpar casa todo dia está por fora…
    Temos q nos preocupar em viver, ler, assistir filmes e deixar que a limpeza seja feita em um Cronograma que não faça-nos sentir culpadas.
    Organização deve ser feita na medida do possível sem estress. É bom ter uma casa diariamente limpa, cheirosa, tudo no lugar mas pense assim algo está errado.. casa assim não tem gente feliz… não tem vida, tem tudo morto – vida é movimento, é´´sentar, jogar, brincar, tirar do lugar,,, mostra sentimento, alegrias, mostra vida….. Ser escrava de casa é algo assim assustador, pois deixa-se de viver para viver em função de uma casa que suja a cada momento e ninguém valoriza e vc acaba realizando as atividades de limpeza que nem LOUCA por culpa de seu subconsciente. Mas relaxa.. deixa a casa a gente morre e larga tudo ai portanto, curta a vida e pense : ZONA TB NÃO, MAS REFEM TB NAO. MEIO TERMO seria o ideal.

    Comentário by Vilma Rodrigues — novembro 27, 2014 @ 12:23 am

  32. DEUS ARRUME UM BOM MARIDO PARA MIM E UMA FILHA LINDA EM NOME DE JESUS!

    Comentário by CINTIA — dezembro 1, 2014 @ 5:21 pm

  33. Muito bom demais

    Comentário by leila — dezembro 4, 2014 @ 11:51 pm

  34. Graziela, fiquei ate preocupada com vc. Pq passei por isso, têm gente q postou dizendo: tenho filho e minha casa é um brinco! Que pena q tem filhos sonsos… As minhas filhas são vivas, bagunceiras e lindas. Minha casa é assim: eu limpando, 3 sujando. Eu não vou fazer da vida da minha família um inferno em prol de uma limpeza incabível. Só não pode abandonar. Limpa o q da, quando da. Agora, quando seu namorado te chamar de porca, chame ele de sanguessuga, isso é coisa de abusador. Homem q gosta de limpeza e organização, limpa e organiza, não fica esperando a esposa fazer. Na sociedade de hoje, esse machismo descabivel é inaceitável. Meu marido foi Assim. Quase me separei. Uma hora párei de limpar. Quando ele reclamou eu disse: limpa vc. Hoje ele tenta me ajudar e se alguma coisa está suja, ou ele limpa ou finge q não vê. Me amolar por causa da casa: nunca mais!

    Comentário by Yone — janeiro 24, 2015 @ 9:21 pm

  35. Que horror! Tem muita preguiça nessas pessoas. A casa suja e desorganizada, Reflete o caráter da pessoa. Com sujeirinhas escondidas na alma.

    Comentário by Veronica — fevereiro 23, 2015 @ 7:50 pm

  36. Sou casada, tenho uma filha de uma ano, sou dona de casa, universitaria e tenho um trabalho de meio periodo, tres dias na seman. E aos sabado vendo maquiageSounum salao de beleza..adoro. Minha casa antes era bagunçada, mas hj ela vive arrumada. Segredo: meu marido divide os afazeres domesticos comigo!! Apesar de ele trabalhar fora bem mais do que eu ( e fazer mestrado) ele veio de uma familia onde a mae era concursada e o pai era o dono de casa…ADoREI!!!! Sinceramente, mesmo q os nossos parceiros trabalhen fora, o horario de trabalho deles tem fim, mas o nosso nao… Como somos professores, conseguimos adaptar nossos horarios para revesarmos os cuidados com a baby… Ta dando certo. Bjs garotas

    Comentário by mayara — março 8, 2015 @ 5:05 am

  37. Nossa eu me vi neste post achava q isso só acontecia comigo,eu gosto de casa arrumada e bem organizada,mas tenho uma bb de 1 ano e 6 meses ela tira td do lugar,passo o dia td correndo atrás dela só consigo fazer alguma coisa caprichada qd ela dorme,é incrível como nos sentimos culpadas por não conseguir deixar td em ordem dá um sentimento de frustração,seu port me mostrou q sou normal,já cheguei a me perguntar se virei uma relaxada nunca gostei de bagunça mas tem dia q a casa fica um caos rs,hoje faço o q dá e priorizo minha pequena pois ela é mais importante do q uma casa impecável ela me faz feliz.

    Comentário by Solange — maio 11, 2015 @ 12:11 am

  38. A minha situação e praticamente igual a sua mas no meu caso estou fadado a não conseguir pois meu bebê ainda e recém nascido minha jornada de trabalho chega até 16 horas por dia minha mulher consegue apenas cozinhar o almoço nos mudamos para uma chácara pois não temos condições de comprar uma casa foi ai que meu pesadelo começou já cheguei ao ponto de pedir um par de meias limpo de manha e a noite ter que chegar e lavar ate apredi também a aceitar certas desordens mas acho que não vai dar mais vou ter que me render ao aluguel pois aqui onde ate daria uma renda extra eu não conseguirei eu preciso de ajuda para continuar tentando

    Comentário by Rogério — maio 14, 2015 @ 1:00 pm

  39. Fico tão nervosa que chega doer o corpo todo. ..Agora mesmo tive que deitar pq não consegui terminar a cozinha até 2h…Estou chorando e com o rosto repuxando de nervoso. ..a casa está de ponta cabeça. …fico com muita raiva deles que não me ajudam. .. :(

    Comentário by Rita — junho 11, 2015 @ 2:40 pm

  40. Para mim eu tenho que seguir uma rotina e tem dado certo!

    SEG Faço um faxinao caprichado mesmo, e lavo roupas

    TERC lavo roupa

    QUART passo as roupas e faço uma limpeza simples

    QUINT Reformas (lavar sapatos, costurar algo, cuidar de algo da casa, consertar ou levar para arrumar

    SEXT uma faxina caprichada!

    SÁB E DOMINGO finjo que a bagunça mais existe!!

    No domingo ou na terça faço o cardápio da semana e ajuda a organizar ai já compro tudo pra semana

    Comentário by Mariana — agosto 11, 2015 @ 1:37 pm

  41. Sou assim tbm. Mais queria uma dica de organização.

    Comentário by neuza pires — outubro 14, 2015 @ 10:23 am

  42. E o seu marido nessa história não faz a parte dela? Li diversos comentários de mulheres aqui se sentindo super mal por estarem com a casa dessarurrumada, e correndo pra arrumar a casa pro MARIDo mas é esse marido, está tb assumindo responsabilidade e se sentindo culpado por isso tambem? Pois ele deveria! Se ele fizesse a parte dele, (ou toda a parte, afinal geralmente a mulher faz tudo pq o homem não pode fazer?) a casa não estaria assim. Não cobrem de vcs mesmas cobrem de seus maridos também, ele também mora na casa!

    Comentário by Nanny — novembro 6, 2015 @ 7:52 pm

Feed RSS dos comentários deste post
TrackBack URL

Deixe um comentário

*