04 de maio

namoradinhos do brasil

por luíza diener

bem, pra começo de história, gostaria de ponderar que em alguns pontos eu me considero uma grávida até razoável. não me incomodo que as pessoas venham pegar na minha barriga (alguns até abaixam pra falar com ela), ou de sempre ter que responder às mesmas perguntas como “tá de quantos meses?” (sendo que nem eu sei direito), “é menino ou menina?”, “já escolheu o nome?”, “é pra quando?”, etc etc, até porque considero uma curiosidade natural e uma forma das pessoas demonstrarem interesse.

mas se tem algo que passou a quase me irritar desde que descobri que esperava um menino é aquela história de “ai, um namoradinho pra minha futura filha” ou “com o tanto de menina que tá nascendo por aí, ele vai escolher a dedo a namorada dele” e ainda tem o típico “ih, esse menino vai dar trabalho”. mais uma vez, eu não me irrito com a pessoa em si, mas com o tipo de comentário, que eu acho um tanto quanto inapropriado.
sério, por mais inocente que seja, eu quero ver se daqui a uns anos a professora da escola te chamar em um canto e falar “então, nós pegamos sua filha beijando dois meninos no recreio”. aí a mãe se pergunta “oh, céus, por que isso foi acontecer?”. ué, mas você não sabia que ela ia dar trabalho? qual é o problema de ter trocentos namorados quando bebê e arrumar só dois de uma vez na infância?
essa história de namoradinho, ao meu ver, é quase uma pré erotização infantil.

é natural que, como pais, queiramos sempre que nossos filhos namorem alguém de boa índole, que não os faça sofrer e que, de preferência, conheçamos a família. seria realmente ótimo se meu filho viesse (no tempo certo) a namorar a filha de algum amigo. a gente sabe quem são os pais, a criação que receberam e por aí vai.
mas minha certeza quase plena é que eu só vou conhecer a namoradinha do benjamin quando ele me apresentar a ela. e fim.

 

Related Posts with Thumbnails

categorias: erros comuns, para mães, questões

assine nosso feed ou receba por email


10 Comments »

  1. Teste! tá funcionando isso?

    Comentário by HilanDiener — maio 4, 2010 @ 2:47 pm

  2. ah…
    isso é realmente muito desagradável
    CRIANÇA NÃO NAMORA!!!
    oie! adultos! CRIANÇA NÃO NAMORA!!!
    e não é nada engraçadinho um menino 5 anos dizer q tem 5 namoradas ou coisa do tipo. pq isso acontece mesmo e muita gente acha engraçadinho. e muitas vezes isso vem por estimulo do adultos.
    além do mais depois q a criança cresce um pouquinho é muito chato pra ela essa historia de vc vai namorar tal pessoa. a criança passa até a ter certa raiva o suposto namorado. eu lembro muito bem dessa sensação. eu não quero nenhuma jóia!!!

    Comentário by marina guimaraez — maio 4, 2010 @ 2:47 pm

  3. Também não gosto desse tom de namoradinho nas brincadeiras. Acho que a maioria dos adultos não tem a intenção de erotizar quando brinca, mas, acaba fazendo isso, sim. Falamos algumas coisas por impulso, repetimos sem pensar, quando deveríamos prestar mais atenção. Repetir por aí essas frases infelizes é um desrespeito com a infância. Quando vou ao parque com o meu filho, sempre aparece uma mãe oferecendo a filha para namorar. São muitas as mães que falam coisas como "um corinthiano desses pode namorar com ela", apontando a criança. Dou uma risadinha para não ser desagradável. É chato, muito chato! E essa coisa de namoradinho na escola é um absurdo. Tem criança de cinco anos levando a história de namoro a sério. Lamentável!

    Comentário by Thelma Torrecilha — maio 4, 2010 @ 3:16 pm

  4. se tá assim antes de nascer, imagina quando ele já for maiorzinho e tiver que ouvir essas piadas com seus próprios ouvidos. ai, coitado!

    Comentário by luíza diener — maio 4, 2010 @ 3:24 pm

  5. essa coisa de ensinar a criança a "paquerar" os outros, dando piscadinha, mandando beijinho e tal.. até isso acho absurdo!
    se quer ensinar a fazer fofura, que use o nome certo, do tipo "manda beijinho pra tia" ou "pisca pra ele" e não "paquera a amiguinha" ou "namora fulaninho". trágico!

    eu nao vejo nada de bonitinho nisso.

    Comentário by luíza diener — maio 4, 2010 @ 2:58 pm

  6. nossa, concordo plenamente cm isso! eu sou mãe de menina e morro de raiva c esse tipo de comentario, ja arrumaram tantos namorados pra minha filha, eu faço cara feia mesmo!
    axo mto cedo esse tpo de brincadeira, q querendo ou nao depois pode criar algo mais na cabeça deles, pq enfim eles tão aprendendo e crescendo c os adultos e esse tipo de comentario um dia vai faer algum efeito na cabecinha deles.
    qnd alguem vem c esse papop minha filha eu corto na hora! pq acreditoq meninos e meninas podem ser amigos e pq nao influenciar amizade desde novos?
    pq sempre tem q ser namoro?
    ai ai

    bijos

    Comentário by @Teh_Takahashi — maio 4, 2010 @ 3:07 pm

  7. Hehehe é assim mesmo. Achei lindo o nome q vc escolheu pro se bebê! Saúde p vcs!

    Por favor passa no meu blog mamaedealice.blogspot.com estamos fazendo uma campanha para ajudar uma mamãe blogueira q está com o filho muito doente!

    obrigada

    Comentário by Ana — maio 4, 2010 @ 6:12 pm

  8. oi, ana!
    acabei de ver e já estou fazendo um post para ajudar a divulgar.
    obrigada!

    beijinhos
    :)***

    Comentário by luíza diener — maio 4, 2010 @ 7:39 pm

  9. Ah, não, Lu! Já ia dizer que o Ben ia namorar a Emília! Hahaha! Tô zoando. Eu às vezes falo pro Rafael que fulaninho ou fulaninho vai ser namorado dela, mas é só pra irritar o pai machista e possessivo. 😉 Segundo o Rafael, Emília vai ser freira.

    Comentário by lia — maio 5, 2010 @ 1:34 pm

  10. My husband and i have been so ecstatic that Emmanuel could do his basic research using the precious recommendations he made from your own web page. It’s not at all simplistic just to choose to be giving out concepts which usually other people have been making money from. And we all realize we need the blog owner to give thanks to for this. All the explanations you have made, the easy web site menu, the relationships you help instill – it is all powerful, and it is facilitating our son in addition to our family feel that that concept is amusing, and that’s extraordinarily essential. Thanks for the whole thing!

    Comentário by Cheapest Insanity Workout DVD — agosto 9, 2011 @ 10:25 am

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment