não há pressa

não há pressa.
pode ficar no meu colo mais um pouco, pode mamar mais um tempo, pode se demorar no banho.
leve seu tempo para comer e aproveite enquanto os deveres de casa são simples e eu estou por perto pra te ajudar.
não há pressa.
você pode usar casaco com saia com calça e tênis e casaco e chapéu e capa e luvas.
você está vivendo essa fase maravilhosa de descobertas e autenticidade que são somente suas.
ninguém pode tirar isso de você.
não há pressa.
você terá a vida inteira para pensar no que quer ser.
por agora é tempo de somente ser quem você já é.
não corra, a não ser que seja descalço na grama.
não meta os pés pelas mãos, a não ser que seja pra plantar bananeira.
não há pressa.
demore-se nos abraços, nos beijos babados, nas histórias inventadas.
cante todas as suas músicas preferidas e inventadas.
não silencie seus sentimentos nem permita que outros os silenciem por você.
chore, grite, se expresse, mas não se cale.
chegará o dia em que sentirei falta da sua voz tão barulhenta.
não há pressa.
no tempo certo você vai aprender a falar, a andar, a correr, a voar.
e quando esse dia chegar, acenarei daqui, saudosa,
lembrando dos dias em que não tínhamos pressa alguma.

Related Posts with Thumbnails

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *