27 de setembro

nossa segunda viagem

por luíza diener

benjamin fez sua segunda viagem interestadual, desta vez com direito a mais tempo fora de casa que quando fomos ao rio de janeiro (por apenas 3 dias).

desta vez fomos à são paulo e ficamos duas semanas.

algumas coisas foram mais fáceis, outras não.

desta vez, no avião, já sabíamos mais ou menos o que esperar, então foi mais sossegado.
repetimos os truques de levar brinquedinhos e livros novos (que ele ganhou no seu aniversário mas ainda estavam guardados). foi tão ok quanto andar de ônibus, táxi ou metrô, visto que o trajeto brasília-sampa costuma durar menos de uma hora e meia.

fomos de avianca e voltamos de gol, mas nenhuma se compara à tam.
a vantagem da avianca foi o preço e o espaço. o espaço entre as poltronas é maior que o padrão e elas são bastante confortáveis, mas o serviço de bordo deixou a desejar.
a gol é aquela coisa, né? poltronas apertadas, amostra grátis de biscoito e nenhum travesseirinho pra apoiar o bebê, o braço, a cabeça ou a bunda (pior que ela só a webjet).
na ida despachamos o carrinho junto com a mala e ele foi no colo até o avião. na volta eu levei o carrinho até a porta da nave e foi uma confusão.
saudades do carrinho de bebê da tam, dos mil travesseirinhos, da televisãozinha e dos fones de ouvido.

ficamos hospedados na casa da minha irmã, então não precisei me preocupar  nem com a estrutura e nem com a comida, visto que ela tem um bebê 3 meses mais novo que o benjamin e uma filhota com quase 4 anos a mais.

ele curtiu absurdamente os primos, especialmente a mais velha, que às vezes o fazia de boneco, às vezes o desprezava.
mas no fim ela tava até perguntando “tia lu, quando eu crescer eu posso casar com o benjamin?”. expliquei que primo não casa, mas achei a coisa mais fofa do planeta ever.
e o amor foi correspondido. todo santo dia ele acordava chamando por ela: “alelolelo” ou “lolololo”, que significa aurora ou loló, respectivamente. o problema é que até hoje ele chama por ela todo santo dia, procura e não a encontra.
também aprendeu o nome de todo mundo na casa: o primo, martin, era mamá, o tio caio era ou titi e a tia marta era má.

benjamin e loló na toca da aurora

duplinha de fofuras

andou de metrô pra cima e pra baixo (porque os aqui de brasília não prestam pra quase nada) e todas as estações têm elevadores de acesso (que funcionam) para cadeirantes e uma quantidade razoável de assentos preferenciais tanto na espera quanto nos vagões.
pegamos desde os vazios até aqueles entupidos com gente saindo pela janela, mas mesmo assim sempre conseguimos lugar graças a uma ou outra alma caridosa que aparecia.

a mamãe aqui ganhou pontos de habilidade na arte de conduzir carrinhos de bebê nas calçadas loucas (ou inexistentes) da cidade. uma coisa de louco essas ruas íngremes onde a calçada do nada vira escada ou simplesmente some como num passe de mágica e você se vê obrigada a andar no meio da rua.
mas também andamos em lugares pheenos e rhykos como higienópolis e perto do ibirapuera onde, além de ter calçada, tinha rampa de acesso para todo lado.

descobri que brasília é também a capital nacional do parquinho, porque enquanto aqui eu acordo e decido em qual vou leva-lo pela manhã e ainda tenho opções diferentes para a tarde (por aqui devem ter uns 6 num raio de 200 metros), lá em sampa a gente tinha que pegar um carro pra chegar a um.

por outro lado, não faltou opção cultural para fazer com os pequenos.
teve show gratuito do palavra cantada e só não fomos porque soubemos muito em cima da hora e os ingressos já haviam esgotado.
mas conheci o grupo brasileirinhos, que musicou as poesias de lalau e laurabeatriz e posso dizer que as músicas são ótimas!
pra completar, o show foi dentro de uma escolinha, vejam só vocês! onde que isso aconteceria por aqui, né?

a caipira saiu da roça, visitou a cidade grande e ficou toda abestalhada (como sempre).

além disso, conhecemos pessoalmente vários amigos até então virtuais, como a lúcia, filha do renato (diário grávido), o fred, filho da eleonora (cegonha trends), o beny, que agora já nasceu, mas ainda estava na barriga da fernanda franken (mamma mini) e a camila (mamãe tá ocupada).

os paizões hilan e renato com benjoca e lucia

eleonora, eu e os bebês que não paravam quietos

benji, eu, a mamma fê e o mini beny (atentem que a fê foi a única com cara de pessoa um pouco normal)

sil e nuno. dois amores!

na primeira semana o hilan esteve conosco, mas depois teve que voltar pra trabalhar e eu fiquei mais uns dias com minha irmã.

passei pela maravilhosa (e breve) experiência de cuidar sozinha de dois bebês e uma criança. mas deu pra sentir o peso, literalmente, de subir e descer escadas com dois no colo e ainda torcer pra mais velha não inventar de aprontar nada enquanto isso. a minha sorte é que eles não puxaram o primo de cá e são super comportados.

ele deu um salto de desenvolvimento por lá, desatou a falar (palavras soltas), a andar com desenvoltura (e pés tortos), a empurrar milhões de objetos, a subir escadas inteiras e descer pequenos degraus.
ganhou mais alguns roxos, sangrou a boca mais algumas vezes
comeu muita terra e areia.

aproveitou o frio e usou todos os seus casacos, calças e sapatos que estavam no fundo da gaveta lá na quente brasília.

só a volta é que foi um pouco mais complicada.

voltamos sozinhos  benjoca e eu e ele resolveu dar chilique no meio do aeroporto. ameaçou fazer escândalo dentro do avião também, mas acabou dormindo, o que me aliviou bastante.
sem contar que é bem mais complicado arrastar malas e carrinho de bebê tudo ao mesmo tempo. na próxima vou de sling, sem dúvidas.
mas nada apavorante não.

capotadão na volta. mamãe agradece

mesmo dormindo e comendo praticamente no mesmo horário lá e cá, os dias que sucederam nossa volta foram mais trabalhosos, especialmente porque ele habituou-se a dormir comigo quando estávamos somente os dois.

os primeiros dias foram de completa gritaria dentro de casa, escândalo, jogando-se no chão toda vez que era contrariado, falando não pra tudo e todos e chorando o tempo inteiro.
a solução foi muita (MUITA) paciência, respirar fundo, contar 1, 2, 3, 4567984709485, dizer não, fazer cara de paisagem, fazer cara de louca pras pessoas na rua e dar muito, muito colo,  amor, carinho e buquê de flor.

agora ele está voltando ao normal, dormindo às vezes no berço e às vezes com a gente, passeando o tempo inteiro pra desestressar do apartamento pequeno (lá era casa. só a escada já era um exercício por si só).

hoje acordou o prínpice do bom humor, dormiu e comeu bem e tá sorrindo para as paredes.
claro que o humor e estado de espírito de um bebê são sempre uma montanha russa, mas sempre fico na torcida pra que ele só melhore.

o saldo, como sempre, foi hiperpositivo.
e a saudade (tanto de quem vai como de quem fica) aperta.

não fosse pelo dinheiro (e pelo marido que acaba por ficar, né?) eu viajaria mês que vem outra vez pra um lugar diferente.
viciei!

dupla de dois

amáveis amores

lucia, fofurinha master

os brasileirinhos tocando e a princesa branca de neve não parou um só segundo

lê e fred no dia do aniversário do pequeno

areia laranja, ué

uma das priminhas de loló. todas lindas de morrer!

depois me conta a marca do berço que esse aguenta!

comadres de olho nas crias

bichinho do papai

hora do lanchinho, bebezada!

cliford, o cão-abajur

dentinho dos coelhos

 

 

Related Posts with Thumbnails

categorias: benjamin, mês 12-18, quer uma dica?, viagens

assine nosso feed ou receba por email


28 Comments »

  1. Que tudooooo!!!
    Mas, só para constar, primo pode casar sim, viu!hahahahaha O único risco é exacerbar algum traço genético negativo, mas, nada que um aconselhamento genético não resolva. Legalmente, não existe nenhum tipo de impedimento para o casamento de primos… se existisse, muita cidade do interior já tinha ido para as cucuias!rs

    Comentário by mariana Perri — setembro 27, 2011 @ 9:18 am

  2. ahahahha! aqui em casa não pode, porque primo é tudo como se fosse irmão. e incesto não pode. ahahhahahah

    Comentário by luíza diener — setembro 27, 2011 @ 11:30 am

  3. que delícia de post e de viagem! tô doida pra ir pra sampa com os meninos, me animei!
    e primo assim pertinho, quase da mesma idade, é tudo de bom… nuno também terá a luna, 2 meses mais nova que ele, delícia!
    (e adorei conhecer mais um bebê nuno, na foto! rá! porque todo mundo por aqui acha o nome mais estranho ever! afe!)
    beijo!

    Comentário by thais rosa — setembro 27, 2011 @ 9:31 am

  4. Lindas fotos! Benjoca cresceu, Martin esta lindo (só vi bebezinho, quase RN, como muda!) e a metrópole é tudo de bom mesmo, morro de saudade todos os dias, principalmente porque onde eu morava tinha calçadas planas e parquinho perto de casa.
    Beijos

    Comentário by Paloma — setembro 27, 2011 @ 9:34 am

  5. o hilan tirou foto com o wolwerine, mágico!

    Comentário by iulo — setembro 27, 2011 @ 9:40 am

  6. o póprio

    Comentário by luíza diener — setembro 27, 2011 @ 11:29 am

  7. Eu achei que fosse o Nazi do Ira! aUHAHUhuaHUUAHuhuahuHAUHAUH pensei: " QUE TUDOOOO!!!"

    Comentário by Moema — setembro 28, 2011 @ 9:31 am

  8. ah, sim! tirar foto com o nazi do ira realmente seria a coisa mais formidável a acontecer na vida de uma pessoa. ora, como não?

    Comentário by iulo — setembro 28, 2011 @ 10:07 am

  9. ¬¬

    Comentário by Moema — setembro 29, 2011 @ 9:32 am

  10. Vocês são lindos. A forma amorosa como exerce a maternidade é nobre e contagiante.
    Parabéns!!

    Comentário by Luciane — setembro 27, 2011 @ 9:50 am

  11. Oi Luíza, tudo bem? Leio sempre seu blog, apesar de comentar pouco. Te acompanho ainda dos tempos de gestante, assim como outras mamães de Brasília Lia e Paloma… E já ri muito com seus vídeos no MMqD!
    Adorei esse post por vários motivos. Moro em SP, adorei a descrição de uma mãe que vem visitar a cidade, com seus defeitos e vantagens. Jura que vc andou no metrô lotado? E realmente, parquinhos fazem falta por aqui.
    Outro motivo é ter visto a Lucia nesse post. Só a conheço pelo blog do Renato, desde os primórdios do Diário Grávido, mas ano passado meu filhote tirou a Lucia no amigo-secreto virtual, por isso ela é meu xodozinho, rs…
    Por fim, queria comentar sobre sua sobrinha Aurora (linda, aliás)! A-do-ro esse nome, era o nome de minha avó (com o correspondente apelido Lola). Já pensei diversas vezes nesse nome caso um dia eu tenha uma menina. E vendo uma princesinha dessa aqui, acho que o nome combina bastante! 😛
    um beijo
    Sarah http://maedobento.blogspot.com/

    Comentário by Sarah — setembro 27, 2011 @ 10:39 am

  12. Deve ter sido muito legal!! São Paulo realmente não tem comparação no quesito atividades legais! E você ainda encontrou muitas mães e amigas com filhos da mesma idade. Achei muito engraçado ver a fotos de vocês prestandoa tenção nos filhos que estavam por perto, eu e mimnhas amigas sempre nos pegamos nesta situação, conversando entre si, mas de olho na gurizada!

    E as fotos estão fofas como sempre!

    beijos

    Pati

    Comentário by patipapp — setembro 27, 2011 @ 10:43 am

  13. Ahhh que TUDOOO! Você veio aqui onde eu moro! Ahhh… já pensou se te visse no metrô? Eu agarrava o Benji! hahha

    Seus sobrinhos são lindos demais!

    Só desejo que vocês tenham muito mais viagens para nos contar a experiência!

    Comentário by Jane — setembro 27, 2011 @ 11:12 am

  14. Que xuxu, viajar é e sempre fi a nossa praia, e alivia muitoooo saber que em pouco tempo dá certo ir com o pitoco!
    Que familia linda tu tem hein menina! hahaha

    bjus

    Comentário by augusta — setembro 27, 2011 @ 12:18 pm

  15. A próxima sou eu!
    Lorz vai viajar na semana que vem pela primeira vez.
    Estou acumulando experiência!
    Beijos

    Comentário by Daniela — setembro 27, 2011 @ 12:22 pm

  16. menina, vou p praia em janeiro, veja bem, hehhe. e já estou td preocupada pq se o berço dele ficar no mesmo quarto q nós por um mes nunca mais na vida q esse guri vai querer dormir no quarto dele e agora?

    Comentário by tchella — setembro 27, 2011 @ 12:26 pm

  17. puxa, que viagem legal! mas é um "trampo", né? rs.

    bjbjbj
    http://maeporacaso.spaceblog.com.br/

    Comentário by gabriela — setembro 27, 2011 @ 1:27 pm

  18. Ai, que delícia de viagem!! Mas, ó, vou te contar uma coisa: escola é uma porcaria, sabe? É que tem horário para ir buscar os filhos, daí a gente tem que sair correndo no trânsito louco de São Paulo e perde a hora da foto… Mas adorei conhecer vcs!
    Bjos, Camila http://www.mamaetaocupada.com.br

    Comentário by Camila — setembro 27, 2011 @ 2:41 pm

  19. Ahhhh!!! Que fotos lindas!!! A nossa retratou muito o bem o momento "bebês que não param quietos nunca mais"! rsrs
    Bjos, Le (com vergoinha de aparecer…hihihi)

    Comentário by Cegonha Trends — setembro 27, 2011 @ 8:24 pm

  20. Que viagem legal! Ainda mais com direito à companhia dos priminhos. Já tinha visto foto do Martin aqui, como cresceu! Ele e a Aurora têm olhos lindos!
    Benjoca continua fofolento (parabéns pelos primeiros passos dele, do outro post!). Sempre o achei parecido com vc, mas não é que de uns tempos pra cá , desde um post do Hilan dizendo que as pessoas falam que o Benjamin é a cara dele, comecei a achar isso tb? rs
    Os traços são seus, mas parece que o jeito dele é do pai. Não sei explicar.
    Bjs.
    PS: sobre a Avianca: eu gosto e acho o atendimento o melhor de todos (por enquanto não tive do que reclamar). A GOL é a GOL, pelos preços das passagens nem reclamo, e a TAM acho que tem preços abusivos, pelo menos pra mim que moro no miolo do centro-oeste. Uma viagem pra SP, por exemplo, (1h50m) tem um preço impraticável. E acho as aeromoças de lá as mais falsas que existem! #prontofalei

    Comentário by Jussara — setembro 27, 2011 @ 9:45 pm

  21. Ainnn, que linda viagem!!! E adorei as fotos. Benjoca está cada dia mais lindo e muito esperto!!!

    Bjinhos pra vcs

    Comentário by Carol Meoli — setembro 28, 2011 @ 7:48 am

  22. bebes amam escadas né, eu me mudei domingo de um ap. de 40m2 pra uma casa com escada, em um dia, o menino, de 11 meses aprendeu a subir a escada, acredita e eu fico louca atrás, lógico, vai que ele cai?!

    Comentário by carolina — setembro 28, 2011 @ 4:42 pm

  23. eu adoro o Benjamin, queria ele pra mim! rarara
    fofooooo d+ que lindo nas fotos!
    mesmo sendo mais velho ele parece bem mas bebê do que o Martin… acho que é o cabelo.
    beijosss

    Comentário by Mamãe do Otávio — setembro 30, 2011 @ 3:55 pm

  24. Curiosidade: e o Tov? Não participou do
    Passeio? Bjs

    Comentário by Millena — setembro 30, 2011 @ 10:44 pm

  25. Luiza, realmente, nenhuma se compara a TAM. Já estou acostumada a distrair Bia qd os comissários vem oferecer bala ou amendoim ou qq outra porcaria q ela não come. Qual não foi minha surpresa qd no sábado, voltando de Recife, o comissário, antes de colocar as balinhas na frente dela, nos perguntou se poderia oferecer na frente dela. Delicadeza e sensibilidade nota mil. O mesmo comissário depois, vendo que meu sobrinho chorava, veio dar dicas pra diminuir o incômodo no ouvido e trouxe um copinho pra ele brincar e se destrair.
    A Tam é excelente mesmo!

    Vejo que Benjoca se divertiu pra caramba! Que delícia o berçoi lotado! hahahahah
    Beijos,
    Marina

    Comentário by Marina — outubro 3, 2011 @ 5:17 pm

  26. Uia, delícia de viagem, hein?
    Se bem que sou suspeita pra falar de São Paulo – e também da escolinha que vocês foram ver o show do Brasileirinhos (pq o Theo estuda lá). Aliás, ele até aparece um das fotos. De calça vermelha, do lado da Branca de Neve, olhando pra algo que não é a banca 😉
    bjins

    Comentário by Mariana Della Barba — outubro 10, 2011 @ 4:31 pm

  27. ah, então era vc, né? ehehehhe!

    Comentário by luíza diener — outubro 11, 2011 @ 12:00 am

  28. If you don’t have a clue what siloing is, don’t worry. XSitePro is designed so that these incredibly powerful features hide behind the scenes until you need them.

    Comentário by xsitepro — outubro 13, 2011 @ 3:58 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment