09 de fevereiro

o fim da saga do apartamento

por luíza diener

pois é, companheiros, minha jornada de busca pelo apartamento perfeito chegou ao fim.

depois de exaustivas semanas indo sozinha a imobiliárias bizarras, comprando classificados nos fins de semana, visitando os apartamentos mais esquisitos, batendo perna por conta própria atrás de imóveis e de começar a acreditar que iríamos ser despejados sem ter pra onde ir, ele surgiu no lugar mais óbvio.

e finalmente achamos um novo apê. longe de ser perfeito, obviamente, pois isso só vai acontecer quando tivermos um salário perfeito. mas bem próximo da nossa realidade de vida.

claro que antes disso pensamos em morar em curitiba, são paulo, canadá, israel, em gramado, acampados num gramado, de favor, num escritório abandonado, num acampamento de sem terra, numa tribo indígena, numa ecovila ou em comunidades ribeirinhas.

mas como nenhum desses planos deu certo, achei que seria mais tangível continuar dentro da realidade de sempre.

o lado ruim é que eu não consegui me mudar pra um lugar maior, como era meu plano. até cheguei a ver lugares maiores e dentro do preço que estabelecemos, mas eram muito longe do trabalho do hilan, o que resultaria em menos tempo em família.

muito menos consegui apartamento naquele lugar maravilhoso que eu tinha mencionado antes. não foi por falta de olhar, mas é que todos os bons apartamentos eram alugados num piscar de olhos.

o lado bom é que os planos do filho andando de bicicleta embaixo do bloco, de ir a pé pra futura escola, de passear com o futuro irmão/irmã, de chegar em casa fantasiado de herói e de comemorar a festinha de 2 anos com os amiguinhos da quadra, continuam de pé.

não, nosso seu barriga não desistiu. ele vai mesmo pegar o ap pra demolir reformar.

a nossa nova moradia estava o tempo todo ali, debaixo de nossos narizes. ou melhor, um pouco acima.

encontramos um apartamento pra alugar aqui, no mesmo prédio que o nosso, alguns andares acima.
mais bem conservado e com uma vista bem melhor.

pensei que não conseguiríamos alugar pois, durante a vistoria do apartamento, o benjamin ficava mexendo em tudo, chegou a derrubar uma prateleira, mexia em todas as persianas e se escondia o tempo todo atrás da cortina da sala, puxando-a freneticamente.  achei que ele ia quebrar alguma coisa e duvido que o nosso futuro seu barriga não tenha imaginado o mesmo.
mas correu tudo bem. apesar disso, ele estava a simpatia em pessoa e foi muito carismático com nosso senhorio.

olhando da varanda lá de cima, nossos vizinhos maravilhosos parecem pessoas normais como você e eu.

claro que vou continuar sofrendo com as babás esquisitas daqui, mas os parquinhos também continuam os mesmos.

aliás, pensamos muito nisso, no fato de que a adaptação do benjamin vai ser muito pequena.
a planta é idêntica à daqui, com a mesma posição.
mas decidimos trocar de quartos. ou seja, o quarto que era do benjoca passará a ser o nosso e vice versa.
talvez ele também saia do berço e vá para o chão, mas ainda preciso pensar (rápido) nisso.

a mudança vai ser mais barata, mas um pouco trabalhosa. nossas mudanças anteriores foram sempre empacotadas por terceiros.
desta vez teremos que botar a mão na massa pra valer.
muita tranqueira vai subir e descer dentro de carrinhos de compras e malas. só não sei ainda como fazer com os móveis e grandes eletrodomésticos.

o jeito é fazer a mudança gradualmente e torcer pra dar tudo certo.

mas mesmo assim estou contente, sentindo que tirei dois elefantes das minhas costas.

só sei que meu coração está muito gradicido, tanto a deus, por ter me ajudado, dado paciência e força, quanto a cada um de vocês que comentou, mandou palavras e pensamentos de apoio.
foi tudo muito válido e recebido com muito carinho!

ainda não sei quando será a mudança, mas devo dar mais uma sumida quando for transferir a linha telefôncia (quem acompanhou a saga da gvt no ano passado sabe do que eu estou falando). queira deus que não demore muito.

mais uma vez obrigada pelo suporte, minhas linda!

aguardem mais novidades!

Related Posts with Thumbnails

categorias: desperate housewife

assine nosso feed ou receba por email


18 Comments »

  1. Que bom!!!! E haja pernas e braços agora…

    Comentário by Leticia — fevereiro 9, 2012 @ 8:47 am

  2. Ahhhh melhor coisa 🙂
    Menos gastos e você poderá fazer a mudança adaptando ao horário do Benjoquinha rs
    Tudo de bom pra vcs!
    Em breve eu quero mudar também. Não vejo a hora de ir pra minha casinha!
    SUper beijo!

    Comentário by falandodevoce — fevereiro 9, 2012 @ 8:49 am

  3. Parabéns a vocês 3! E tomara que logo se tornem 4! Boa sorte com a mudança!!!

    Comentário by Aline — fevereiro 9, 2012 @ 9:11 am

  4. Vixi eu já mudei tanto na vida,que só em pensar já me dá um desespero.
    Aqui no prédio desse moro já morei em 7 apartamentos,kkkk….pensa só,conheço a visão de todos os lados desse condomínio…Até o meio do ano vou ter que me mudar de novo,mas essa mudança estou contando os dias que faltam,porque irrei pra minha tão sonhada e planejada casinha….se Deus quiser vai dar certo,não vejo a hora.

    Desejo Boa sorte a vcs,que nada quebre na mudança,porque né,sempre acontece algo errado…
    Bjs

    Comentário by Fabiana — fevereiro 9, 2012 @ 9:18 am

  5. Coisa boa Lu!!! Eu sou meio nômade, em 10 anos já perdi as contas de quantos lugares e cidades morei, então sei bem o que você passou de procurar e o que vai passar com a mudança. Mas no fim da tudo certo! hehehe
    Beijoss
    MaH

    Comentário by MaH — fevereiro 9, 2012 @ 9:40 am

  6. boa sorte mulher!

    Comentário by Lorraine — fevereiro 9, 2012 @ 9:48 am

  7. Oi Luíza, tudo bem? Nunca comentei, mas sigo seu blog, gosto muito dos seus textos.
    Só para dar uma ideia para a mudança: eu também mudei dentro do mesmo condomínio. Liguei para a empresa de mudança que é de confiança da família e pedi apenas os "homens fortes", sem caminhão, por um dia. Foi bem legal, foi barato, eles levaram tudo, até penduraram a secadora! Eu "só" tive que encaixotar antes e vigiar no dia, depois levar as miudezas que tinham sobrado.
    Abraço e boa sorte!

    Comentário by Daniela — fevereiro 9, 2012 @ 10:23 am

  8. Q bom q deu certo! Boa sorte nessa mudança improvisada. A minha tb foi assim, mas não era no mesmo prédio, só na mesma rua. Idas e vindas de carro, mais um aluguel de um frete.

    Paga um porteiro mais safo pra levar seus móveis maiores e eletrodomésticos! Sai muito mais barato.

    bjim

    Comentário by Liza — fevereiro 9, 2012 @ 10:30 am

  9. Oi Luíza!
    Menina eu agora estou passando pela angustia da mudança heheh… temos pouco tempo para sair aqui do apt e arrumar outro canto… o pior é que precisa ser um lugar maior, de 3 quartos (atualmente moramos em um de 2 quartos mas um é escritório do meu marido) só que tem que ser mais barato!!! #comofas?
    😛

    Comentário by Maylu — fevereiro 9, 2012 @ 10:37 am

  10. oba, que bom! faz umas fotos da vista nova 🙂
    beijooos

    Comentário by Mamãe do Otávio — fevereiro 9, 2012 @ 10:37 am

  11. Que bom, Luíza! Tira mesmo um peso das costas…aqui a saga continua, mais difícil por que estamos procurando apê pra comprar. Mas fiquei feliz por você, que conseguiram o apê e não precisar mudar os planos que fizeram…Beijos!

    Comentário by Casal Único — fevereiro 9, 2012 @ 10:49 am

  12. Luíza, super coincidência. Qd quis engravidar da Bia, quisemos trocar de ape tb, por um maior, com 3 quartos. Queríamos na mesma região,, mas tudo que achávamos me desagradava. Numa tarde, perguntei ao porteiro se havia ape de 3 qts no meu prédio pra vender e eis que a resposta foi "sim, no quinto andar"! Resultado, fui do 14º para o 5º! Mts coisas colocadas em carrinho, mala, caixas e tal e coisa, realmente é muito mais cansativo, mas acho que pra arrumar é melhor, sabia?
    Só paguei 50 pilas pra dois faz-tudo lá do prédio (cada) e eles desceram os móveis pra mim em coisa de 2 horas! Foi bem prático.

    Beijocas e boa sorte na mudança!
    Marina

    Comentário by Marina — fevereiro 9, 2012 @ 10:56 am

  13. Que bom que deu certo!!! Vc não terá que mudar nada da sua rotina, existe coisa melhor?
    Deus sabe o que faz, né?
    Boa sorte com a mudança…
    Bjs

    Comentário by Ingrid — fevereiro 9, 2012 @ 12:52 pm

  14. Lu, que coisa boa! Estou muito feliz por vocês!
    Quanto a tirar o Benjamin do berço, sugiro que vocês já o coloquem num lugar "definitivo" (onde ele dormirá pelos próximos 4 ou 5 anos). O problema de colchão no chão é a higiene. Junta muita poeira.
    Emília foi pra caminha com 18 meses, uma beeem baixinha da TokStok (você já veio aqui e já conhece) e deu super certo. Beijos e boa mudança.

    Comentário by lia — fevereiro 10, 2012 @ 8:25 pm

  15. Que legal!Nós queríamos muito mudar para outro apartamento no mesmo predinho e que morávamos até dia 05 deste mês,mas…acabamos nos mudando para um outro a duas quadras de distância.Afff,,,dá até arrepio quando lembro que assim que chego do trabalho tenho caixas e mais caixas para percorrer atrás de algum objeto…Faz apenas quatro dias que meu marido e eu mudamos para cá,mas esperamos com muita fé,que exista apenas mais uma mudança a ser feita:para nossa casinha própria!Amém!!!
    Boa sorte!Fico no aguardo das dicas de como mudar de apê usando apenas o elevador…Estou na torcida!

    Comentário by Sandra Gambs — fevereiro 10, 2012 @ 11:38 pm

  16. Excelente relato!
    Parabéns!
    bjs Sandra http://projetandopessoas.blogspot.com//

    Comentário by sandra — fevereiro 11, 2012 @ 2:41 pm

  17. […] meses depois nos mudamos. fiquei de decorar seu quarto e isso  nunca aconteceu. um ano depois, mudamos novamente. e finalmente eu criei coragem de personalizar seu […]

    Pingback by potencial gestante – um quarto educativo — junho 26, 2012 @ 8:59 am

  18. Essas pendencias pessoais que vamos acumulando acaba com a gente não por cansaço mas porque vai virando rotina empurrar as coisas pra depois é +/- assim hoje é o Apartamento amanhã e outra coisa e assim a diante vamos indo. é osso mesmo… ótimo post parabéns !!!!

    Comentário by regidias2006 — março 28, 2016 @ 8:53 am

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment