28 de setembro

o vício do toque

por luíza diener

viciada nos meus filhos
(foto feita por dupla exposição fotografia

preciso contar um segredo pra vocês: sou viciada nos meus filhos. na pele deles. no cheirinho deles.

não posso ver um dando sopa que já agarro mesmo, encho de beijo. beijo o rosto, o braço, o sovaco, a barriga, o pé. vou botar o cinto deles na cadeirinha do carro e beijo. pego na escola e beijo. vem passando muito perto de mim pra ver? agarro, me jogo no chão com eles, e fungo cada milímetro de pescoço que existir.

essa maciez, essa suavidade.. ah, não! é irresistível demais!

não tem nada melhor, mais delicioso e viciante do que sentir a pele dos meus filhos. cheirá-los até parecer que eles voltaram pra dentro de mim. cada vez mais eu acredito nessa ligação mágica do toque da mãe com o filho. nesse vínculo meio visceral, meio como quem busca se religar àquele que um dia foi um com você e agora passeia todo serelepe e independente por aí.

em geral o que eles fazem é sair correndo, como quem diz “oxe, por que que essa louca fica me pegando?”, mas tem horas que eles aceitam e ficam igualmente derretidos. ah, pra mim é a glória!

antes, achava que necessariamente eu precisava fazer shantala pra me conectar aos meus bebês e acabava me sentindo super culpada por não conseguir. mas com o tempo percebi que às vezes são umas coisas bestas e despretensiosas – como limpar um ouvido, cortar as unhas ou mesmo cuidar de um machucado – que fortalecem ainda mais nosso vínculo. gestos suaves que chegam pra ambas as partes em forma de um carinho. Em vez de óleo de massagem, um sabonete hidratante já cumpre bem a função durante um banho morninho e acolhedor (o sabonete em barra Baby Dove exerce esse papel muito bem, obrigada).
nessa hora – por mais que dure um tempo mínimo comparado ao valor real que tem – é como se puf!, o mundo sumisse e existisse só a gente. como se nos reconectássemos instantaneamente.

ainda que existam momentos de tensão, brigas, arranca rabos, pegas pra capar (e olha que não são poucos), tudo se dissipa quando nos momentos de cuidado. parece que são eles que recarregam a nossa bateria de afeto, para que permaneçamos ligados pelo amor.

***

este post foi oferecido pelo novo sabonete em barra Baby Dove, que cuida para que a pele do seu bebê mantenha-se sempre nutrida, suave e hidratada.
Baby Dove te dá mais cuidado para você fazer as coisas do seu jeito e aproveitar cada precioso momento com o seu bebê. #ConfieNoSeuJeito

selo matrioska

Related Posts with Thumbnails

categorias: Tags:, , amor, publicidade

assine nosso feed ou receba por email


3 Comments »

  1. Adoro baby dove! Ele hidrata muito a pele do bebe! sempre tive problema com sabonete pois meu filho tem dermatite atópica.. a pele resseca facil e começa a dar feridas… entao um dia me cadastrei no site e recebi a amostra do sabonete liquido! ameeeei! não precisava ficar passando hidratante a cada banho pois a pele dele não ficava ressecada! quando o liquido acabou decidi comprar o baby dove em barra … e fiquei impressionada! tão bom quanto! com certeza vou continuar comprando pois é muito hodratante e não agride a pele dele!

    Comentário by Natasha — setembro 29, 2015 @ 11:00 am

  2. Legal, só uso Granado e gosto muito, mas depois do seu relato fiquei com vontade de testar o dove…

    Comentário by Laura — setembro 29, 2015 @ 9:29 pm

  3. Hahahahhaahahaha sinto a mesma necessidade de agarrar e cheirar, mas acho que o que mais gosto é cheirar ele quando tá fedido, suado >.<

    Comentário by Noris — outubro 9, 2015 @ 9:48 am

RSS feed for comments on this post.

Leave a comment