peluquería

dia desses minha casa estava parecendo um salão de beleza, cheia de cabelos – e pelos – pelo chão.
isso porque deram para cair os cabelos da minha cabeça, os cabelos do benjamin e, de quebra, os pelos do tov.

nessa história, safou-se o hilan. e por fim, o benjamin.

mesmo assim, bastamos tov e eu para continuar a história e contar o que se passou (e continua passando).

benjamoc nasceu até que com bastante cabelo, longo e castanho. com o tempo foi clareando e ficando com tom acobreado.
aí, puf, desceu o espírito de josé serra e arrancou-lhe as madeixas do tampo da cabeça.
no banho, uns tufos no fundo da banheira.
no berço, a cena se repete.
os cabelos que restavam nas laterais foram ficando ralinhos, ralinhos.

tov também nasceu peludo.
ficou com os pelos intactos por um tempo. mas não se engane: ironicamente, cães de pelagem curta são os que mais soltam pelo!
foi só começar a época de chuva (aqui em brasília temos 4 e às vezes até 5 meses de seca total) que a peluquería armou-se por completa.
o pior de tudo é que é um pelo bem durinho, que entra nas fibras das roupas, do sofá e até na nossa pele.
volta e meia eu sinto um incômodo na sola do pé e, qual a minha surpresa, não é uma farpa, nem um espinho: é um pelo do tov.

já eu, não importa se nasci cabeluda ou não (importa sim! eu nasci loira e cabeludinha).
mas o fato é que antes de engravidar meus cabelos caíam aos montes. quando ia trabalhar, era sempre de rabo de cavalo, pois mexia com comida e morria de nojo e vergonha de um dia uma parte de mim aparecer no prato (ou xícara) de algum cliente.
foi eu virar gestante que a mágica aconteceu: meus cabelos pararam de cair quase que totalmente, enquanto que o resto dos pelos do corpo ficaram ralos e quase invisíveis. uma depilação durava quase dois meses e ainda assim dava pra arriscar usar uma saia vez ou outra sem problemas.
aí veio o bebê e pronto. tudo voltou ao seu lugar (leia-se que voltar ao seu lugar, é voltar ao chão).
é cabelo no sofá, na cama, no banco do carro, no banheiro (grande área de predominância).
pior é que não tem como disfarçar: os fios são enormes e loiros. não dá pra botar a culpa em mais ninguém da casa.

eu fico imaginando de onde saiu tanto pelo e tanto cabelo.
mais que isso: eu fico imaginando aonde eles vão parar.
qual será sua vida útil? em quanto tempo eles se decompõem?
porque a gente vê múmias com os ossos e cabelos intactos.
de que adianta não pegar sacolas plásticas no mercado se a gente tem em média 120 a 150 mil fios de cabelos na cabeça?

eu li que uma mulher adulta perde em média 100 a 120 fios de cabelos por dia.
sabe quantos uma pós-parida perde por dia? sabe quantos? 500 fios! isso quer dizer que em 10 meses eu vou ficar careca?
deus queira que não!
e sabe o que eu posso fazer para fazer isso? nada!
é uma compensação do corpo, visto que os folículos capilares estiveram “adormecidos” durante a gestação e agora resolveram acordar todos de uma só vez pra me assombrar.
posso no máximo tentar disfarçar, escovando muuuuuito o cabelo (pra ver se eles caem todos de uma vez) ou fazendo o famoso rabo de cavalo a fim de evitar o espalhamento do meu material genético por aí.

o jeito é passar aspirador de pó todo santo dia na casa toda.
mas se eu não quiser ver pelos caninos, só jogando o tov fora.
porque nos dias em que eu tenho mais tempo, eu varro/aspiro a casa umas 3 vezes em horas diferentes e mesmo assim eles sempre insistem em continuar aparecendo. e olha que eu gasto uma pequena fortuna em ração para o pequeno gremlin anão.

acho que um dia eu ainda vou acordar e dar de cara com um ser todo peludo e vou perguntar “quem é você?” e ele: “sou fruto da aglomeração de cabelos e pelos dos quatro seres viventes deste lar”.
e tov e benjamin terão mais um amiguinho para brincar.

Related Posts with Thumbnails

24 comments

  1. já pensei em usar os pêlos caídos pra fazer almofadas, travesseiros… gatos são um terror pra isso e o jeito é se conformar. Sempre achei que com cachorros o problema era menor mas pelo jeito vc sofre do mesmo mal peludo que eu 🙂
    Já meu cabelo… caía depois do parto na mesma quantidade que caía antes, ou seja, não mudou nada. Bem queria que mudasse, porque tenho cabelo demais. Vamos ver agora na segunda vez, rs. pelo menos agora, com cabelo curtinho, não percebo tanto (e ainda posso culpar o marido!)
    Bjs!

  2. Eu tenho muito cabelo, mas muito mesmo! Não é que seja comprido, mas a quantidade é enorme. Os cabeleireiros fogem quando eu vou lá fazer escova. Só consegui continuar com um cabeleireiro que se vangloria toda vez que vai fazer uma escova em mim. É sério! Ele chama todo mundo que está no salão pra ver a quantidade de cabelo, e começa a fazer a escova. Depois de uma hora (sim, um profissional não demora menos que isso pra terminar o meu cabelo) ele põe as mãos e os braços no gelo. É impossível tentar fazer uma escova sozinha com tanto cabelo. Então, depois que o Arthur nasceu… Nooooossa! Assim como rolava bolas de feno nos cenários do velho oeste americano, rola bolas de cabelo aqui no apartamento. E são só meus (bolas de cabelos longos e vermelhos), E já tentei de tudo pra tentar impedir que os meus cabelos se joguem da minha cabeça. Mas resolve muito pouco, o que ajudou bastante foi cortar as pontas todo o mês, diminuiu 1/3 da queda, mas ainda sim continua caindo.
    Bjus!

  3. Menina, pois eu morria de medo dessa mega ultra queda de cabelo pós-parto quando eu tava grávida, mas…NADA. Fiquei até assustada, nem no banho cai muito, só alguns fios pra não dizerem que eu sou um ET. Perguntei pra minha mãe (que, ao contrário de mim, fez cesárea…sei lá se isso interfere) e ela disse que também não foi acometida da calvice puerperial. Bjos!

  4. Luiza, todo começo de ano, não sei se é o clima, mas os meus cabelos caem horrores. ha anos. ainda nao fiquei careca.
    e não defenestre o tov. hahahahahha
    beijo pra familia!

  5. Nem me fale!
    Eu já estou entrando em estado de calamidade publica.
    E olha que estou no Pantogar e Minoxidil desde que GG parou de mamar e mesmo assim eles se atiram da minha cabeça.
    o chão da minha casa, a minha cama, o banheiro, tudo, tudo, tudo, vive cheio de cabelo.
    Não aguento maaaaaais!
    Bjos

  6. hahaha… o único efeito colateral bacana (fora o Joaquim, craro) que eu tive da gravidez foi cabelos maravilhosos: eles ficaram um arraso.
    depois que ele nasceu, não tive problema com quedas, mas sim com brancos! o negócio tá preto, quer dizer…. polar!
    bjo bjo

  7. Oi Luisa!!!!!!!!!

    Adoooori o teu site! Vc escreve de uma forma mt boa, engraçada, espontanea, criativa e de fácil leitura! Suas histórias são hilárias! Te acompanho ha algum tempo mas é a 1ª vez q escrevo. Sou de POA/RS, Mãe de uma linda menina de 3 meses, Luana.

    bom qt ao cabelo…sou mega cabeluda! Parece a leitora do comentário acima, os cabelereiros fogem de mim rsrsrsr Meu cabelereiro me chama de “minha ursa cabeluda”. Além de ter mt cabelo, ele é mega comprido (no bumbum), loiro. Faço luzes (um parto fazer nessa cabeleira).

    Meu cabelo não mudou quanto a queda. Tudo na mesma… na gravidez ele ficou mt bonito, brilhoso, mas agora…tá terrível, seco, opaco…acho que é do pós parto (fiz parto normal, foi lindo).

    Bom fica aqui meu comentário de como foi comigo a questão da queda: não tive!

    Grande bj querida! Adoro teu site! O Benji é lindo!

    bjbj

    JU

  8. ahahahaha
    Luiza, pior do que quando o cabelo cai, é quando ele volta a crescer, vai por mim…
    Meu flhote já tem um ano e meio e eu continuo parecendo o Cebolinha por aí (e aí nem rabo de cavalo presta pra segurar os fios crescentes rebeldes).
    Beijos
    Ilana

  9. No meu caso, a pergunta que não quer calar é "depois que isso passar, vai sobrar algum fio na minha cabeça?!"
    Já ouvi dizer que tem a ver com a anestesia… que cai muito 3 meses depois. No meu caso, foi bem 3 meses depois mesmo… e tá caindo muito.
    Vou consultar a obstetra depois de amanhã e se tiver mais alguma informação relevante, compartilho… mas, pelo jeito, é esperar normalizar "sozinho".

  10. Eu sempre leio seu blog e nunca comento nada, mas esse eu tenho que comentar, essa coisa da queda de cabelo tem sido uma questão! Parece que vou ficar careca, perco mais cabelo que a gata de pêlo longo que tenho aqui em casa, se manhã o travesseiro parece outra coisa, um tapete, talvez… me dá agonia, não preciso nem mexer no cabelo que ele cai… e eu nem tenho muito! E por quanto tempo será assim?! rs Ah, só pra constar, tenho um bebê de 4 meses 😀

  11. Eu e Ciça temos perdido cabelo, mas é por motivo diferente: Cali-Cali é a maior puxadora de cabelo da galáxia. Arranca tufos em segundos – acho até que ela está confeccionando uma peruca ou um amiguinho-bola-de-cabelo. E como dói!
    Beijos

  12. Nossa, estamos compartilhando tamanha queda!!!
    Durante a gravidez o meu cabelo ficou MA-RA-VI-LHO-SO!!!! Ficou seco, porque a minha cabeça e o meu rosto são verdadeiras refinarias, cheio e com um brilho de dar inveja.
    Aí o Bruno nasceu, começou a cair tudo (minha faxineira diz que eu jamais vou ficar careca porque eu já perdi tanntttooo cabelo na vida que isso seria praticamente impossível) e apareceram mmuuiiittooosss brancos!!!
    *MEDO TOTAL*
    E assim como você e o Benji o meu Bruno também deu de perder o cabelinho lindo que ele tem.
    Aqui em casa chega a dar nojo de tanto cabelo que se tem pelo chão. Tem hora que até na mão do bebê tem cabelo! Credo!
    Nessa sexta vou ao gineco e vamos ver o que ela vai falar!
    Bjos.

  13. Oi Luiza! Hahahaha, quase cômica sua situação, se não fosse também quase trágica! O meu cabelo é beeemmm fininho e não tenho muito e também está caindo um monte. Dizem que com a gravidez melhora… Não sei não! Antes de engravidar eu tomava um remédio que era um sonho, se chama PANTOGAR. O cabelo e a unha ficam fortissimos e para qualquer queda. A susbtância dele é Keratina e Cistina. Ma-ra-vi-lho-so! Mas gestantes não podem tomar parece. Não sei quem amamenta… Mas olha se não resolver acho que você tem que comprar aquele aspirador de pó PET LOVER da Eletrolux… Um luxo! Porque realmente, ninguém merece limpar tanto a casa. Isso é castigo!
    E olha, uma coisa tu tens razão, a Memel a minha cachorrinha shi-tzu, tem o pelo longo e não cai unzinho. Até agora… hehe! O do Tov mudou por causa da tua gravidez, ou por ele se estressar com iss?
    Beijo!

  14. I really like your blog.. very nice colors & theme. Did you make this website yourself or did you hire someone to do it for you? Plz respond as I’m looking to construct my own blog and would like to know where u got this from. cheers

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *