09 de novembro

política de transparência

por luíza diener

 

lembra-se de quando você era criança e sua mãe sempre vinha com um cuidadinho todo especial?  você se arrumava de qualquer jeito pra sair e logo chegava ela limpando sua cara, ajeitando seu cabelo e te deixando – como diria a minha mãe – nos trinques.
lembro que eu tinha um reebok branco que era meu predileto. mas, claro, tênis de criança nunca fica limpo. mas mamãe me orientou a esfregar um paninho com veja toda vez que fosse usar e, volta e meia, a passar uma daquelas tintas brancas pra sapatos de couro.
foi ela que me ensinou a zelar pelas minhas coisas e hoje em dia eu faço o mesmo com o benjamin: a todo o momento estou com um algodãozinho molhado ou um lenço umedecido atrás dele pra limpar um restinho de comida no rosto. o tempo todo eu ajeito seu cabelo, levo na pia pra lavar a mão. isso quando ele não está gripado e fica aquele nariz escorrendo que chega dá aflição. uma vez eu limpei tanto que fez uma feridinha, tadinho.

porque mãe é mãe e sempre quer o bem do seu filho.

do russo, matryoshka é o diminutivo de matryona, que basicamente significa “mãe”.
matrioska também é o nome dado àquelas bonequinhas russas que são guardadas umas dentro das outras, simbolizando a família.
a mãe cuidadosa guarda seus filhos dentro de si e os protege.

alguma vez você descobriu que alguém que você ama muito mentiu pra você?
como foi que você se sentiu?
enganado, traído?
e se fosse sua mãe? não seria pior ainda?

foi por causa disso que o potencial gestante criou o selo matrioska, para representar o zelo materno que temos por nossos leitores. dá uma olhada:

o selo matrioska simboliza que, por trás do post, houve uma empresa que acreditou em nosso potencial e resolveu investir neste blog. mas também é a garantia de que o conteúdo apresentado é limpo, honesto, livre de mentiras ou meias verdades.
é sinal de que, antes mesmo de fecharmos com qualquer empresa ou agência, foram observados os seguintes critérios, pilares básicos para que uma publicidade aconteça:

  1. coerência: o produto ou serviço a ser apresentado precisa, antes de tudo, estar de acordo com a linha editorial do blog. eu só publico algo que antes entraria na minha casa.
    e o que seria isso?
    por exemplo, se eu fosse vegetariana, faria propaganda de algum tipo de carne? se meu filho não assiste dvds, vou ajudar a divulgar um produto do gênero? sugeriria para alguém comprar roupas em uma loja que eu acho horrorosa?
    não, não e não!
  2. transparência: qualquer tipo de publicidade é identificada.
    ou seja, se não tiver selo, pode ter certeza absoluta que ninguém me pagou para isso, nem mesmo um brindezinho fuleiro.
  3. cuidado: temos a preocupação de criar conteúdos de qualidade e crescer sempre.
    quer o post tenha sido pago ou não, o esmero em trazer algo interessante é o mesmo. ele não é um ctrl+c ctrl+v do release que nos foi enviado.
  4. sustento: é a publicidade que ajuda o potencial gestante a continuar.

a partir de agora, todo e qualquer conteúdo financiado por uma empresa passa a receber o nome de “selo matrioska”. primeiro, porque estamos trabalhando para mudar o formato da publicidade aqui dentro, tornando-a mais amistosa e relevante. segundo, para não gerar confusões de interpretação que alguns títulos como post pago, patrocinado, publieditorial (que são distintos entre si) podem gerar.

aí alguém me pergunta: mas o seu blog precisa mesmo ter publicidade?
precisar não precisa.
mas é que eu fico com as cria 24 horas, minha gente. sento pra escrever nas horas vagas, entre uma soneca e outra dele (e na maioria das vezes em momentos que eu é que deveria estar dormindo).
quando aparece alguma proposta legal e que eu acho que tem a ver com o blog, não vejo por que não topar. e são desses pequenos trabalhos que eu tiro alguma graninha.

agora, já pensou se não aparecessem esses extras? como eu iria me virar?
marido tá longe de ganhar um super salário. basicamente vivemos na pontinha do lápis.
o jeito, então, seria voltar pra labuta. passar o dia inteiro trabalhando de manhã até tarde. o que eu faria com o tempinho que me sobra? ficaria com o filhote e com o maridón, claro.
e o blog? iria pras cucuias, meu povo, porque ficaria entre os últimos itens na lista de prioridades.
sacou?

eu vendo meu espaço, não a minha opinião.
não é porque você viu a matrioska no fim do post que tudo que foi dito é pura e simples propaganda.
eu apenas torno pública uma opinião que eu tenho sobre um serviço ou produto.
meus textos não são editados pelas empresas que me contratam. o máximo que acontece é revisão ortográfica básica.
se a empresa não gostar do que eu disse, paciência. a gente cancela tudo, ué.

as propostas sempre são peneiradas.
quando recebo uma sugestão de trabalho, vejo se está de acordo com os princípios do blog. nessa brincadeira um monte vai pra lixeira (muito mais do que vocês imaginam).

pra ganhar espaço no blog, tem que antes conquistar meu coração (que meigo!).
no começo do blog eu divulguei vários produtos por livre e espontânea vontade. aposto que nenhuma dessas empresas viu o que eu escrevi. e por que eu fiz isso? porque achei legal, oras.

falo isso para ajuda-lo a compreender um pouco o outro lado da moeda.
olhando aí, da sua tela, você vê um site simpático e aparentemente simples.
você senta e lê posts que contam as histórias de um pai, um bebezuco e desta mãe atravessada e contraditória que aqui vos fala.

só que aqui está uma simples garota de 26 com cara de 16, que demorou quase uma semana pra escrever um pouco mais de mil palavras na intenção de mostrar o que é trabalhar em um blog.
tem um marido publicitário que se esmera diariamente em buscar novas referências, caçar novidades pro blog, criar logomarca fofinha pra esposa exigente (e este selinho lindo que ficou profi, né?) e ficar por dentro dessa chatice que se chama mídia social.
tem programadora que ajuda a realizar sorteios e a reformular essa barrinha aí em cima, que é o menu do blog (aliás, quem reparou levanta a mão \o_ ).
tem provedor a ser pago, hospedagem, domínio, conta de internet e de luz (afinal, eu devo gastar umas 8 horas por dia na frente da telinha).
tem até um óculos novo que eu tive que fazer, porque minha vista já estava um bagaço e a dor de cabeça era constante (obrigada, dr. oftalmo, por resolver meu problema!).

isso sem falar nos comentários e e-mails.
nem sempre consigo responder todos os comentários ou entrar no blog de quem me visita. mas sempre faço um esforço. já perdi a conta de quantos blogs eu entro por dia, leio e ainda comento.
já os e-mails eu respondo praticamente todos, mesmo que demore um pouquinho (quem já mandou sabe disso).

pergunta-me se eu recebo algum centavo pra ler e responder tais e-mails?
pergunta-me se eu quero ganhar por isso?
claro que não!
eu faço simplesmente porque AMO.
eu amo mães, amo grávidas, amo tentantes e amo todo mundo que ama crianças!
acho que uma experiência é esquecida se guardada somente para si. mas, se compartilhada com outros, pode tornar-se uma ferramenta de crescimento.
seria egoísmo da minha parte reter tudo que eu passo e passei (por mais que seja pouquíssimo). por que segurar se eu posso compartilhar?
por que dividir se eu posso somar?

eu poderia citar alguns dos vários e-mails que eu já recebi de pessoas dizendo que um post, que pra mim foi bobo (daqueles que saem do rascunho por acaso), fez toda a diferença para alguém. mas não vou fazer isso porque sempre são casos muito pessoais.
mas quando eu recebo textos assim, carregados de carinho e gratidão, é como um combustível que me dá forças para continuar todos os dias.

é saber que, mais do que dinheiro, esse blog tem me ajudado a atingir pessoas, mudar vidas, a começar pela minha.

por que, então, não conseguir incentivo financeiro pra dar continuidade a algo que eu creio valer a pena?

é por isso que conto com a compreensão de vocês para entenderem que a publicidade pode deixar de ser inimiga para tornar-se aliada.

então, quando você ver o selo matrioska, lembre-se dos nossos quatro pilares e aproveite o conteúdo!

***atualização em fevereiro de 2017:***

a partir deste ano, além do selo matrioska ao final do post, toda publicidade postada aqui no blog contará com o selo de publipost na imagem ao início do post.

além disso, as publicações e chamadas nas redes sociais sempre iniciarão com [AD] (abreviação de advertising, palavra que vem do inglês e está relacionada à propaganda e publicidade) e contarão com a hashtag #selomatrioska.

tudo isso para trazer ainda mais transparência às nossas leitoras e leitores que são tão queridos por nós e com quem nós temos um compromisso real 😉

Related Posts with Thumbnails

categorias: Tags:, , , , , , , publicidade

assine nosso feed ou receba por email


19 Comments »

  1. Adorei a ideia Lu!!! Uma ótima forma dos leitores saberem que não é simplesmente propaganda e que vc não faz propaganda sem acreditar no produto! 🙂
    Beijos
    MaH

    Comentário by Vida de Gestante — 9 de novembro de 2011 @ 8:42 am

  2. BOA LU!
    Muito boa!
    Concordo, assino embaixo, e parabéns pela transparência e dedicação!
    Um beijo
    Angi

    Comentário by Angi — 9 de novembro de 2011 @ 8:52 am

  3. Muito boa a ideia! Tb acho que você, na condição de mãe em tempo integral, tem mesmo é que tirar proveito do que pode, para dar uma situação melhor para sua família! Adoro seu blog e acho que vc tá certíssima!!!!
    Bjok
    Carol

    Comentário by Carol — 9 de novembro de 2011 @ 8:57 am

  4. Vcs são ótimos!!! Quero contratá-los!!! Bjssssssssssss

    Comentário by Doceria da Tathy — 9 de novembro de 2011 @ 9:26 am

  5. Por isso que cada vez mais gosto ti e do teu Blog, sempre honestos e transparentes. Obrigada por dividir conosco teu tempo, tua família, teu esforço e teu conhecimento.

    Sempre em frente!!!

    Beijão

    Comentário by Dani Dytz — 9 de novembro de 2011 @ 10:08 am

  6. Amei, Lu!

    Comentário by CRIS — 9 de novembro de 2011 @ 10:59 am

  7. eu quero uma matrioska com gelo e limão!, obrigado.

    Comentário by iulo — 9 de novembro de 2011 @ 12:04 pm

  8. tem matrioska de morango, pode ser?

    Comentário by luíza diener — 9 de novembro de 2011 @ 12:09 pm

  9. Adorei a iniciativa da política de transparência! Concordo em gênero número e grau com tudo que falou.
    bj
    Rê Senlle http://umavidamaisordinaria.blogspot.com

    Comentário by Renata Senlle — 9 de novembro de 2011 @ 12:51 pm

  10. ARRASOU, LU.
    Valeu à pena criar uma pessoa especial como você.
    Tenho um santo orgulho disso.
    Beijinhos

    Comentário by Daisy — 9 de novembro de 2011 @ 5:19 pm

  11. Oi Lu, concordo plenamente com vc!!!
    Tem que fazer propaganda do que conhece realmente e que quer que as pessoas saibam que o produto é realmente bom e merece ser publicado no blog e porque não ganhar uma graninha por isso? Eu AMOOOOO o blog dessa família linda e feliz….
    Na verdade criei o meu por ler muito o de vcs durante minha gravidez praticamente inteira…

    Beijinhos e obrigada por comentar pela 2ª vez no meu humilde blog… =)

    Comentário by Carol Meoli — 9 de novembro de 2011 @ 5:52 pm

  12. Selinho ficou lindo! E a ideia é ótima, parabéns 😉

    Beijos, Ananda.

    Comentário by nandaetges — 9 de novembro de 2011 @ 7:26 pm

  13. muito melhor assim, Lu! bom pra vc que pode se dedicar mais a nós e bom para nós que teremos clareza sobre sua opinião.

    vou ser sincera, me aborreço um pouco quando tem muita publicidade num blog e me aborreço muito com esta onda de empresas/agências querendo espaço e opinião grátis de blogueiras inocentes. muito importante esse posicionamento das maiores para dar exemplo para quem está começando e tem este objetivo.

    o selo ficou lindo!

    Comentário by mari - viciados — 10 de novembro de 2011 @ 11:02 am

  14. Olá Luiza, fico bastante feliz que vocês tenham tido a idéia de nos esclarecer e tornar os seus motivos mais públicos.

    Claro que vou continuar me aborrecendo quando ver que tem lá o selinho da propaganda, mas como vc disse, pode ser uma idéia legal na divulgação, e se vcs aprovam a gente pode dar uma espiadinha.

    O selinho ficou lindinho, um beijo enorme nesse fofucho do Benjoca e outro pra vcs!

    Comentário by Sonia — 10 de novembro de 2011 @ 3:17 pm

  15. oi sonia! obrigada!
    obrigada pelos comentários que me ajudam a crescer!

    beijos

    Comentário by luíza diener — 10 de novembro de 2011 @ 6:36 pm

  16. Super justo!
    O blog tá cada dia mais "profissa" sem perder a essência linda!

    Parabéns

    Comentário by Casal Único — 11 de novembro de 2011 @ 10:44 am

  17. […] de também levarem o nosso selo matrioska, que faz parte da política de transparência do nosso […]

    Pingback by potencial gestante – natura e nós — 6 de novembro de 2012 @ 8:26 pm

  18. Adorei!!! Com certeza temos que ser transparência e mostrar somente aquilo que acreditamos e que com certeza usaria ou compraria para o filho. Amei sua transparência aprendi muito, já que estou no começo deste mundo da blogosfera. Bjs
    Vivi e Isaac

    Comentário by Viviane Petri — 8 de novembro de 2012 @ 8:56 am

  19. Adorei, vim aqui porque a Angi, mencionou esse post no blog dela!!
    Também criarei um selo, quem sabe assim e não me motive a aceitar novas parcerias, pois é o que você falou transparência é fundamental!! E por fim, destaco a frase mais marcante, pra mim :" esse blog tem me ajudado a atingir pessoas, mudar vidas, a começar pela minha." PERFEITO!

    Beijão.

    Comentário by Rose Misceno — 8 de novembro de 2012 @ 9:26 am

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment