28 de janeiro

carregadores de bebê – sling, canguru ou o quê?

por luíza diener

baby carrier9

aproveitando o último post do hilan sobre papais que slingam, decidi repostar algo que escrevi em maio do ano passado.

na época a lia tinha acabado de descobrir que estava grávida e escrevi isso para sanar uma dúvida que tinha (sua filha, emília, nasceu este mês e ela já tem dois slings que tanto o papai quanto a mamãe podem usar).

mas hoje dedico esse post a todos os pais (potenciais ou não) que também simpatizam com esse delicioso método de carregar seus filhotes tão pertinho do coração.

primeiramente, gostaria de dizer que sling é todo carregador para bebês feito de pano de forma não estruturada. ou seja, se você amarrar uma canga no ombro e conseguir fazer com que ela sustente seu bebê, você já tem um sling!

agora gostaria de apresentá-los alguns carregadores de bebês alternativos:

canguru

cangurucanguru2

o bacana do canguru é que é mais fácil de ser encontrado nas lojas de artigos de bebês, além de sua praticidade no uso, visto que assemelha-se muito a uma mochila (exceto pelo conteúdo!).

mas o que eu não gosto do canguru é que – até onde sei – ele só adquire uma posição (sentado), que pode variar entre: encaixado nas costas do adulto (como uma mochila) e na barriga, de frente para o adulto ou de costas, virado para o mundo.
se observarmos um bebê em um canguru, podemos constatar que a postura da cadeira (onde o bebê senta) não é correta.
habitualmente observamos que as pernas do bebê ficam penduradas em relação ao resto do corpo, e não dobradas no estilo (postura que favorece o desenvolvimento das articulações dos quadris).
com as perninhas penduradas, o peso do bebê fica apoiado diretamente na zona genital ao invés do seu bumbum, e sua coluna adquire uma postura não-fisiológica (texto extraído daqui).

slings

sling mamando

pra mim uma das coisas mais fantásticas dos slings é que a maioria favorece a amamentação. você pode amamentar discretamente seus filhotes sem perder o vínculo antes e depois da mamada.

e, ao contrário do que alguns podem pensar, o sling não é prejudicial à coluna (da mãe ou do bebê), se corretamente posicionado. isso porque ele mesmo ajuda a distribuir o peso.

alguns modelos de slings pegam somente em um ombro, mas devemos lembrar que a faixa de tecido também se apóia nas costas.

como já disse, o sling não chega a ser algo estruturado. ele é feito de tecidos variados e tem vários modelos diferentes:

ring sling

sling ringsling ring2sling ring3

resumindo de forma bastante simples: é um grande tecido com argolas, para facilitar a união do tecido, sem ter que dar nós e ficar com aquele embolado todo. além disso, ele cresce junto com o bebê, até que se torne uma criança maior.

veja um vídeo sobre o ring sling

pouch sling

sling pouch3sling pouch2sling pouch

digamos que é uma faixa de tecido contínua, geralmente dupla face, sem amarrações nem fechos. alguns usam um pouch só, outros usam dois.
o que eu acho legal de usar dois é que (pra garantir) dá pra distribuir bem o peso, nos dois ombros.

veja um vídeo sobre o pouch sling

wrap sling

sling wrap3

sling wrap2sling wrap

conseguiram inventar um nome pro sling que, pra mim, é o mais intuitivo.
uma grande (enorme) faixa de pano e você pode amarrar o seu bebê em n combinações diferentes.
aí sim, realmente, o seu bebê fica bem atado ao corpo, com o peso beeem distribuído e pertinho da mamãe ou do papai.
o único problema, pra mim, é que num geral o brasil é um país quente. e pela impressão que dá de ser bem quentinho, eu mesmo nao sei se aguentaria um desses no verão 😀

veja vídeos sobre o wrap sling aqui e aqui.

carregador estruturado

estruturadoestruturado2

começou a fazer sucesso depois que cláudia leite apareceu com seu filho davi dentro de um desses.
não sei exatamente o nome disso, mas o nomeei de carregador estruturado.
parece uma bolsa aberta e você coloca seu bebê lá dentro.
ainda não tenho opinião formada a respeito, visto que nunca tinha ouvido falar em um até começar a pesquisar.
parece ser mais confortável que a mochila canguru, mas sua opção de posição é bastante limitada e não “cresce” junto com o bebê.

outros carregadores de bebê ao redor do mundo


baby carrier10baby carrier7baby carrier11baby carrier3baby carrier2

baby carrier1baby carrier5baby carrier4baby carrier6

http://www.flickr.com/groups/ethnicbabycarriers/
links relacionados:

http://chadecamomila.com/baby-slings/galeria

http://maecanguru.blogspot.com/
http://otecidoeaestampa.com.br/index.php/category/sling/
http://www.slingando.com/
http://www.babyslings.com.br/
http://slinguru.wordpress.com/

Related Posts with Thumbnails

categorias: Tags:, , , , , , , , , por definir

assine nosso feed ou receba por email


13 Comments »

  1. Ola! Primeira vez q eu comento aqui!

    A-M-E-I o texto! Conheci o sling qdo estava gravida mas tinha um pouco de receio de usa-lo. Soh tomei coragem de testa-lo qdo minha nene estava com qse 4 meses. Nunca mais quis outra coisa! Comprei outro e mais outro (rs!) e depois me aventurei com o wrap. Esse deu um pouco mais de trabalho na adaptaçao mas estamos aqui firmes e fortes. Soh falta aprender a amarrar nas costas! rs

    O wrap eh vendido em varios tipos de tecidos. O meu, por exemplo, eh bem fresquinho entao dah sim pra usa-lo no calorzao do Brasil. A Isabela dorme ate altas horas no wrap faça chuva ou faça sol. Recomendadissimo!

    Adoro o blog de vcs!

    Bjs

    Comentário by Elisa — 28 de janeiro de 2010 @ 2:16 pm

  2. Olha eu aqui batendo ponto!!!!! Post muito fofo… é isso ai precisamos divulgar cada vez mais a praticidade, a sensação de bem estar e o carinho que o sling proporciona.
    Slingar não é modismo!!! slingar é uma filosofia.
    Bjkas

    Comentário by Karla - Mãe Canguru — 28 de janeiro de 2010 @ 6:18 pm

  3. Só usei com filhos dos outros, mas acho o pouch sling a melhor oção. O de argola, além de feio, me dá agonia (aquele pano sobrando, aquela argola no ombro, não dá). E amei as fotos étnicas!
    Beijos

    Comentário by Paloma — 28 de janeiro de 2010 @ 6:53 pm

  4. Amei os dois posts sobre slings! Acho tudo de bom, confortável, gostoso de usar e, o melhor de tudo, dá para ficar com o bebê no colo, grudadinho o tempo todo!!!!! Dei muito colo para o Pietro por causa disso e é viciante. Para a mãe hehehe já que o Pietro, com seus dois aninho, não está muito afim de colo mais!!!! Colo vicia mesmo, mas vicia os pais!!! Eu tenho 2 slings de argola, dos slings modelo petit (de argola, mas sem o pano sobrando), um amarradinho (tipo tipóia) e um wrap! Tudo é uma delíca de usar! Eu prefiro o sling de argola, pois é maior, o pano que sobra é ótimo para cobrir o bebê quando precisa e quando está mamando… Mas usava todos! Agora o barrigão não deixa usar mais!
    ah! E o papai usava muito com o Pietro tbm!!!!
    Beijos!

    Comentário by Larissa — 28 de janeiro de 2010 @ 4:59 pm

  5. Pois é, Lu. Achei meio difícil começar a usar o sling. Nas primeiras tentativas a Emília chorava (e olha que ela é calminha), acho que é porque a cabeça caía muito. Pesquisei no utube e descobri uma técnica de colocar um paninho dentro do sling pra levantar a cabeça dos bebês – o que funcionou. Ainda estou pegando o jeito; acho que ela ainda está com o queixo muito esmagado contra o peito, o que faz ela golfar mais que o normal. Mas um dia eu chego lá!

    Comentário by lia — 28 de janeiro de 2010 @ 9:00 pm

  6. Parabéns pela pesquisa e divulgação do sling! Você havia comentado sobre slings para pais, mas tem muito mais coisa aqui no blog, que tá muito interessante. Vou visitar sempre!
    abraços,
    Andréa

    Comentário by Andréa Vasconcellos — 12 de fevereiro de 2010 @ 5:34 pm

  7. Queria dar um baby sling para minha esposa. Vai nasce nosso primeiro filho. Temos um ano de casado. Recentemente perdi meu emprego e não posso compra nada.
    Será que existe alguém para fazer uma doação de um sling?

    Comentário by marcos — 1 de outubro de 2010 @ 7:01 pm

  8. lin-das imagens!!
    chiarinha, minha caçula, vive slingada desde 1 diazinho de vida… amamos!
    ela já foi de ring sling, pouch, wrap, amarradinho, mei tai…
    delícia!!

    Comentário by renata — 18 de janeiro de 2011 @ 9:24 pm

  9. Geile amateur in chat

    Comentário by visitx girls — 10 de agosto de 2011 @ 5:14 pm

  10. The view on the article is rather clear. The vibrant words make an entire article remarkable and easy to read. Looking forward with your new functions. Come at.

    Comentário by cheap abercrombie fitch online — 20 de setembro de 2011 @ 2:03 am

  11. ola tenho sling wap pra vender caso alguem queira meu contato sinaizinn@gmail.com ou 51-94016484
    usoa adoro e recomendo sempreeee!vem com dvd explicativo das poses pra ajudar as mamaes.

    Comentário by sinai — 4 de maio de 2012 @ 3:39 pm

  12. Minha dúvida é qual usar para que idades e pesos.

    Comentário by Joana Gabe — 15 de agosto de 2013 @ 9:59 am

  13. […] Pediatria em Foco, Vida de Gestante e Mãe, Potencial Gestante, […]

    Pingback by Você sabia que pode estar usando seu “canguru” de modo errado? | Babysec — 13 de novembro de 2014 @ 9:16 am

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment