21 de janeiro

sonho de grávida

por luíza diener

boys

sempre fui daquele tipo de pessoa que tem sonhos malucos, que começam num lugar e terminam no outro, que as pessoas mudam de cara, daquele sonhos tão longos que parecem durar hooooras.
sonhos cinematográficos, com um roteiro quase lógico e cheios de efeitos especiais e grandes cenários.
sonhos realistas que você passa o dia inteiro pensando nele como se realmente tivesse acontecido.
na gravidez parece que tudo isso se potencializou ainda mais.

esta noite eu tive um sonho que era de tudo um pouco.
sonhei que estava de férias em um lugar paradisíaco, tipo um oásis. tinha uma lagoa linda, rodeada de uma areia bem clara e uma vegetação super tropical. eu estava com outras mães de crianças grandes. parecíamos nos conhecer e estarmos muito tranquilas de ficar naquele lugar.
tínhamos acabado de chegar. aí levantei pra chamar meus filhos:
– meninos, venham cá! façam uma roda aqui.

e vinham 4 belos rapazes, de idades entre 10 e 17 anos. todos tinham uma aparência semelhante: brancos mas levemente bronzeados, de claros cabelos castanhos, curtos. todos de bermuda, sem camisa, prontos para curtir o verão.
eles se reuniam ao meu redor e eu olhava para cima (porque todos eram do meu tamanho ou mais altos que eu) e começava:
– esse lugar é super legal! o que vocês querem fazer? vamos aproveitar bastante o dia aqui!
no que o mais velho, todo tagarela, dizia:
– eu quero fazer tudo! quero descer as dunas, quero nadar, quer jogar futebol, volei, basquete! se for pra fazer um esporte, quero praticar todos eles e tirar máximo proveito de tudo… mas combinei de encontrar com uma menina daqui a pouco, no final da tarde. eu já tenho um compromisso marcado com ela.
ele pareceu levar aquilo bastante a sério e sentir-se extremamente dividido. então eu respondia:
– por que você não aproveita alguma coisa agora, tipo nadar um pouco, e depois sai pro seu compromisso?
e os irmãos respondiam:
– é, cara, a gente vai ficar vários dias aqui. mas se você marcou com a menina, não pode faltar. tem que honrar sua palavra e os seus compromissos.
ele pareceu bastante comovido, abraçou a mim e aos irmãos e falou:
– é verdade. muito obrigado por me entenderem e me apoiarem. não sabem o quanto isso é importante para mim. esta menina é minha futura esposa, eu tenho certeza. hoje à noite vou pedi-la em casamento.
e todos eles começaram a chorar, comovidos.
eu ficava muito orgulhosa dos meus meninos, não resistia em chorar um pouquinho também e respondia:
– vai lá, filho. essa menina parece muito importante para você. essa história de casamento a gente deixa pra conversar depois.
e eu o abraçava, enchia de beijos (ele tinha que abaixar para eu beijar seu rosto, porque era mais de uma cabeça mais alto que eu) e eu chorava mais um pouquinho com ele.

fim do primeiro ato.
tudo parecia lindo. meus filhos eram rapazes bonitos, honrados, respeitosos, mas também divertidos e nutriam uma bela amizade entre eles.
aí na próxima cena estava eu com meus três mais novos. o mais velho já tinha saído pro compromisso.
os três pareciam indignados e enciumados. o mais novo dizia:
– é, mãe, você é super compreensiva com o benjamin. tudo que ele faz é lindo, tudo que ele faz é o certo. você sempre dá apoio pra ele e a gente sempre sente que você nem liga pra nós.
ele era bem branquelo, meio gorduchinho, com um cabelo preto de corte super esquisito. o menino era feinho, coitado, parecia um nerd saído de um desses filmes da sessão da tarde (tão diferente da primeira cena do sonho).
no que eu respondia:
– você estão exagerando. isso que você disse não é verdade. é claro que eu amo todos vocês e me importo igualmente com cada um, pedro… joão… como é mesmo o seu nome?

e era interrompida por um putrefato cheiro de peido. catava o boné de algum deles, começava a me abanar e dizia:
– quem peidou? gente, que cheiro horroroso!

acordei com o cheiro e e vi que na verdade tinha sido o marido.

fim do segundo ato.

o quanto será que freud explica disso tudo?

ele eu não sei, mas estou tentando analisar alguns pontos:

  1. meu deus! quatro meninos? de onde tirei essa ideia?
  2. lindos, altos, bronzeados e sem camisa. tem certeza absoluta que esse meninos eram meus filhos? édipo enquadra-se em situações assim?
  3.  isso é completamente sonho de mãe mesmo. ponto 1: meninos com um lado infantil ao quererem divertir-se ao extremo, mas responsáveis com seus compromissos e entendidos de assuntos do coração; ponto 2: eles amam a mãe (pelo menos no primeiro ato), a escutam e a abraçam; ponto 3: eles são lindos.
  4. eu nem narrei ali em cima, mas no sonho eu continuava sendo jovencita que nem hoje, tsá? nem um cabelinho branco, nenhuma ruga, nenhuma barriga flácida ou peitinho caído após gerar, parir e amamentar quatro marmanjinhos.
  5. cadê o pai desses meninos?
  6. um menino de 17 anos fala que vai pedir a namoradinha que mora em outra cidade em casamento e a mãe só responde “essa história de casamento a gente deixa pra conversar depois” e ainda abraça e beija o filho depois disso. aham! vai sonhando…
  7. a única parte realista é quando eu tenho um 4º filho de nome e aparência desconhecidos.
  8. mentira. a parte do peido fedegoso foi a mais realista de todos os tempos.
Related Posts with Thumbnails

categorias: estou grávida, irmãos, mães extraterrestres, para mães

assine nosso feed ou receba por email


9 Comments »

  1. sem comentários, tô rindo mto!
    a parte de você só dar bola pro Benjamin foi ótimo, Freud explica o seu medo em relação ao bebê que está vindo! =)
    enfim, 4, inteirinha, sem rugas, peitinho caído, pança flácida, só podia ser sonho amiga, devia ter voltado a dormir e ver se continuava lá, pq a realidade….rs
    beijos

    Comentário by Angi — janeiro 21, 2013 @ 6:17 pm

  2. freud explica muita coisa, né? mas as amigas ajudam a traduzir melhor 😉
    pois é. com certeza foi sonho, pq depois de 4, nem a shakira aguenta. ahahahha

    bj

    Comentário by luíza diener — janeiro 21, 2013 @ 9:23 pm

  3. que sonhão, hein? que tal um palpite na interpretação…aquela parte em que os 3 mais novos estão enciumados não seria sua preocupação natural "será que vou saber amar os próximos como ao Benjamim?" Eu amo tanto meu primeiro filho Benício, acho ele tão perfeito pra mim, que fico pensando nisso quanto ao bebê que está por vir agora!

    Comentário by Laís Dias — janeiro 21, 2013 @ 6:58 pm

  4. certeza absoluta que eu ando encucada com essa história.
    o benício tem quantos anos? vc está grávida de quantas semanas?
    bj

    Comentário by luíza diener — janeiro 21, 2013 @ 9:24 pm

  5. eu não posso rir desse jeito no trabalho!! =P

    Comentário by Jaquelline — janeiro 22, 2013 @ 10:03 am

  6. Luíza, nada a ver com o post, lindo por sinal, como sempre, mas quero fazer uma perguntinha: sou de Brasília também e, se não me engano, li num outro post que você levou o Benjoca num posto para checar os dentes, de graça… Onde você fica isso? Obrigadinha!

    Comentário by Thaís Aroca — janeiro 22, 2013 @ 10:50 am

  7. Luíza, li esse post ontem a noite, antes de dormir e acabei.. sonhando contigo!! hahah
    Maluquice isso!! hahah

    Você estava grávida e estavamos andando num shopping (oi?) e você já tinha 4 filhos rapazes (te dei mais um!!) e você estava procurando sua bolsa, que estava com seu marido. Você tentava ligar no celular dele, mas não conseguia falar com ele!
    E você estava igualzinha ao que você é hoje (pelas fotos, já que só te conheço por elas!)

    Me diz aí, acho que essa nem Freud consegue explicar! hahaha

    Beijos

    Comentário by Ivna Pinna — janeiro 22, 2013 @ 12:00 pm

  8. se faz algum sentido eu não sei…mas eu chorei de rir 🙂

    Comentário by Muriel — janeiro 22, 2013 @ 4:01 pm

  9. Você sempre foi a nossa "José do Egito". Toda manhã, na mesa do café, um longo e espetacular sonho era contado. Até aí, nem tem a ver com "maluquicesinhas" de grávida !
    4 meninos lindos não é muito difícil de sair desta forma ótima Lulu & Hilan, aqui entre nós.
    Benjoca com 17 anos, fazendo contas, Luiza com 42…
    Lembra nossas fotos em Tamandaré, quando você fez 18 aninhos? eu tinha 49 anos… Barriga? Peito caído? Que mais? Estrias? Celulite? Após gerar e amamentar 3 lindas moças? Só um pouquinho. Então, dependendo da genética da parte de cá e continuando a usar filtro solar sempre, e mais com o metabolismo com que Deus a presenteou? Vai tá muito linda com 42 minha filha.
    Sonho profético
    KKKKKKK
    Ri muito, como sempre.
    mas ciúme entre manos é sempre ciúme mesmo, né?
    Lembra que vc. queria era ser filha única?
    Continue a nos presentear com seus posts. Muito bom.
    Beijinhos

    Comentário by Daisy — fevereiro 4, 2013 @ 5:10 pm

RSS feed for comments on this post.
TrackBack URL

Leave a comment

*