15 de agosto

relembrando a gravidez

por luíza diener

em homenagem ao dia da gestante, resgato o post de quando descobri minha gravidez do benjamin.

postado originalmente aqui, em  04 de fevereiro de 2010

* * *

era essa a notícia que eu mais esperava dar!
fui promovida de potencial para gestante!

o neném já está com 8 semanas e 5 dias, segundo o ultrassom.

é no mínimo irônico que eu não saiba a data da minha última menstruação para poder calcular a data do parto, visto que passei o último ano inteiro anotando cada dia que eu menstruava, quanto durava, quais eram os sintomas pré menstruais ou qualquer coisa diferente. anotava a temperatura basal todo dia, antes de me levantar ou sequer respirar fundo e sabia exatamente o dia em que estava ovulando.

tentamos em outubro e novembro e decidimos não tentar em dezembro, dadas as festividades. aí passado dezembro decidimos não tentar mais por agora. deixar pra depois, curtir um pouco, viajar. essas coisas que todo mundo aconselha, sabe? aí aconteceu.

pelo visto foi mesmo dezembro.

semana passada fui ao homeopata/acupunturista e relatei que estava me sentindo extremamente nervosa, agressiva e depressiva. oscilando muito de humor e que as espinhas voltaram (do tempo do ovário policístico). aí ele perguntou:  você está grávida? e eu: sei lá. e então ele resolveu me passar um exame beta hcg só pra tirar a teima.
fiz à tarde e à noite, enquanto o marido tomava banho, resolvi ver o resultado na internet, escondida. jurava que ia dar negativo.

aí, qual a minha surpresa, eu vi um 81682.0 mUI/Ml que, segundo o exame, indicava pelo menos 5 semanas de gestação.
não acreditei, tremi e fui lá, de roupa e tudo, interromper o marido no banho. entrei correndo no box e, chorando, abracei ele – que não entendeu nada e pensou que eu tinha me machucado ou coisa parecida.
então eu dei a notícia: acho que você vai ser pai!
ficaram os dois meio atônitos e perplexos, sem saber direito qual era o peso daquela notícia.

depois eu o levei para ver o exame no computador e tentar enteder aquilo direito pra mim, que já estava embaçando a vista e tremendo que nem uma vara verde.
decidimos não nos empolgar muito até a ecografia. enfiei na cabeça: só acredito quando ver e ouvir o coração bater.

no dia seguinte, fui a uma ginecologista/obstetra que eu nunca tinha visto (já que a minha está de férias) e eu apresentei o beta, já impresso, a ela: acho que estou grávida. vê aí. e ela, lendo o exame: você tem dúvida? GRAVIDÍSSIMA!
ela me passou o pedido do ultrassom mas falou para eu só fazer a partir de terça ou quarta porque, se estivesse de 5 semanas ainda não daria para ouvir o coração bater.

fui para o trabalho desnorteada e, toda vez que ficava sozinha, aquela palavra ecoava: GRAVIDÍSSIMA e me dava vontade de chorar.
passei o dia ouvindo a música da yael naim, chamada new soul e morrendo de chorar. sempre disse q cantaria essa música pelo meu filho(a).

pois terça agora fiz a bendita ecografia e, quando vi aquele coraçãozinho pulsando nem consegui chorar. fiquei meio paralisada e meu olho encheu de lágrimas. só consegui soltar um que lindo! e fim.

e agora a ficha ainda tá caindo.
não sinto enjôos, mas sinto tonturas.
sinto muito sono e agora tenho que comer e dormir de verdade.
oscilações de humor e desejos comilões.
de resto, tudo igual. eu nunca desconfiaria que estava grávida. acharia que era só uma tpm que não passava (porque até aí, já atrasei 4 meses e não era nada).

mas, gente, ainda não caiu minha ficha:

EU ESTOU GRÁVIDAAA!

grávida de hilan diener!

o bebê deve nascer a partir do finzinho de agosto até setembro, segundo meus cálculos.

* * *

e depois a barriga ficou grandona e deu uma saudade…

 

outros posts de grávida:

preparativos para engravidar – natação

enxoval da gestante

teste caseiro de gravidez

dicionário da gestante

nunca te vi, sempre te amei

chá de bebê

fotos da minha gravidez

os 12 trabalhos de herculana

10 dicas para apimentar o sexo na gravidez

vestir-se durante a gravidez

pra não esquecer nunca na vida

10 coisas que você não pode falar para uma grávida

como saber o sexo do bebê

como identificar a posição do bebê na barriga

categorias: Tags:, , , , , , , , , , , , , estou grávida, eu gestante, para gestantes

assine nosso feed ou receba por email
06 de outubro

saudades da barriga

por luíza diener

quando ainda estava grávida, li que após o parto algumas mulheres passam por um luto da barriga. a princípio pensei que iria passar uma semana enlutada, mas foi só ter esse toquinho de benjamin no colo que eu praticamente esqueci que ela existia.

o bebê imaginário deu lugar ao bebê de verdade e aí a maternidade apenas começou.
na semana retrasada eu estava com o benjamin dentro do sling e quando fui passar a mão na barriga, tinha um bebê dentro dela, ou melhor, dentro do pano.
lembrei-me de imediato da barriga mas nem sofri, porque consegui ver a carinha dele (ou dela, da barriga), sem precisar fazer ecografia.

mas esta semana deu aquela saudadinha que apertou o coração.
pela primeira vez, vi na tv a tal propaganda do ministério da saúde. senti um frio na barriga e meus olhos encheram-se de lágrimas.

aí eu vejo nos blogs as gravidinhas, vejo algumas amigas e conhecidas que ainda estão grávidas com aquela barriga linda de fazer inveja, vejo fotos de artistas grávidas e… suspiro!

claro que foi horrível ter dores na costela e não conseguir sentar por muito tempo (o que me deixou um trauminha), mas foi uma época bonita.
eu me senti linda e não precisava encolher a barriga quando achava que ela estava grande (rá!) . às vezes eu sentia vontade de estar grávida pra sempre.

a sorte é que essa não será minha única gestação (se deus quiser) e um dia vou poder voltar a curtir a pança.

(a foto acima foi 2 semanas antes do benji nascer. a foto abaixo foi no dia da gravação do vídeo).

Related Posts with Thumbnails

categorias: Tags:, , , eu gestante

assine nosso feed ou receba por email