29 de agosto

enxoval da gestante

por luíza diener

quando eu estava grávida, tinha começado a escrever uma saga de posts sobre o enxoval da gestante, mas nunca passei da primeira parte. hoje eu resolvi resgatar e concluí-lo, dando algumas dicas para as gestantes e potenciais gestantes de primeira viagem.

o argumento é simples: muito se fala sobre enxoval do bebê. é bom você já ter algumas coisas à mão para, quando o bebê nascer, você não ter que sair como louca para comprar. “mas ninguém me disse que a unha dele crescia tão rápido! precisa de tesourinha?”
precisa.

antes eu achava besteira comprar roupa e acessórios para grávida, mas depois de virar gestante de fato, repensei que maternidade não é um estado, é uma condição quase perpétua. são 9 meses de gravidez + longos meses de amamentação. isso quando a pessoa não resolve engatar no segundo filho.
então não se engane: não são apenas nove meses. pode ser um, dois, quatro, seis anos de maternidade intensiva. é tempo suficiente para, caso não se cuide, as pessoas mais recentes na sua vida te encararem como uma baranguinha maternal.

por isso te dou 2 razões para montar o enxoval da gestante:

  1. disposição: quando se está grávida, muitas vezes bate aquele cansaço, enjoo, desânimo, preguiça, calor, impaciência ou qualquer outra coisa. claro que no último trimestre isso se intensifica por causa do peso da barriga, mas não se engane: no começo da gestação a gente se sente um bagaço e ninguém te leva a sério porque ainda não vê sua pança;
  2. grana: é consulta, enxoval, detalhes do quartinho, carrinho, berço e mais um monte de coisas pra você torrar a grana. para não-ricas como eu, não sobra muito dinheiro pra cuidar de si. por isso é bom já fazer um pé de meia barriguda, pra poder dar-se ao luxo de ter uma gravidez minimamente confortável.
baseado nisso, gostaria de apresentar alguns itens que foram magicamente miraculosos na minha gravidez.
não digo que todos sejam indispensáveis, mas todos valeram muito a pena.

enxoval da gestante

cosméticos

  •  hidratante, muito hidratante
    durante toda a gravidez eu devo ter usado de 8 a 9 potes de cremes hidratantes. é mais do que já usei em toda a minha vida! a pele estica muito durante a gravidez, coça demais, penica e pode ter estrias por conta disso.
    hidratar a pele nessas horas dá um alívio descomunal. de fora pra dentro, com os cremes, e de dentro para fora, ingerindo bastante líquido – especialmente água.
  • óleo corporal
    uma alternativa rápida ao hidratante, porque dá pra passar no final do banho, com o corpo ainda molhado. mas não sei por que, sempre preferi o cremão. então, durante toda a gravidez, usei apenas 2 óleos.
  • filtro solar use e abuse. usei 2 em toda a gravidez. filtro de rosto especial para gestante. não oleoso, mas extremamente hidratante e eficiente. e sem perfume.
    pele de grávida é muito sensível e mancha mesmo. se não passar filtro pelo menos no rosto, você pode adquirir manchas que te acompanharão para sempre. não vale a pena arriscar.
  • bucha vegetal, para preparar os mamilos
    é um assunto controverso. há quem diga que não precisa fazer nada, mas muitos dizem que é bom preparar os mamilos para a amamentação. muito li sobre pegar sol, mas de que jeito? fazendo topless na janela do apartamento? acho que não, ein? o jeito foi arrumar uma bucha vegetal (comprei uma pequenininha, redonda, para o rosto) e esfregá-la com vontade na hora do banho. no começo doia um pouco, ardia outro tanto. mas com o tempo foi melhorando. e vou dizer: isso não é nada comparado com um bebê faminto mordendo o seu peito. vai por mim.

vestuário

  • sutiã de boa sustentação (2 a 3 unidades)
    fuja a passo largo dos que têm bojo e voando dos com aro. hoje em dia já existem sutiãs específicos para gestantes e valem a pena. meu peito ficou 1 número maior que costumava ser nos meus intensos dias de tpm;
  • calcinhas confortáveis (umas 7 quebram o galho)
    pelo menos um tamanho maior que o habitual. esqueça as tangas ou modelo string. prefira as mais larguinhas e de algodão, que ventilam melhor e não dão alergia (vai por mim, a coisa fica esquisita durante a gravidez).
    eu não diria que é 100%  essencial comprar calcinhas específicas, mas uma coisa que eu notei é que, conforme a pança cresce, a calcinha fica cada vez mais baixa e parece que fica perdida lá embaixo. o forro não encaixa e vai parar lá atrás. dica: teste marcas diferentes pra ver qual se adapta melhor a você. não compre muitas. vai que você engorda mais que um número e precisa se livrar das antigas?
  • calça jeans para gestante (pelo menos 2)
    recomendo! recomendo! recomendo! minha melhor aquisição gestancial foi a calça para grávidas.
    no cabide elas são esquisitas, mas depois que você veste é um conforto sem fim e quem vê de fora vai achar que você está usando um jeans normal. separe com antecedência um (bom) dinheiro para comprar pelo menos duas (gastei R$ 160,00 na minha e não me arrependo). se conseguir controlar a ansiedade, deixe pra fazê-lo apenas quando já estiver quase perdendo suas calças antigas. se estiver na época do calor, vale a pena investir em uma bermuda ou shortinho também.
    as minhas eram jeans, mas no cós tinha uma malha bem macia e grandona, que cobria boa parte da barriga e não apertava. dica: para comprar essas calças antes da barrigona despontar, experimente colocar os dois braços dentro da calça. isso mesmo! um em cada perna, ao lado do quadril. se couberem com folga, fique tranquila! se você engordar dentro do recomendado, elas dão até o fim e ainda serão suas companheiras por alguns meses após o parto.
  • blusas (pelo menos 7)
    1 ou 2 tamanhos maiores. até uns 5 meses eu, magrela, usei minhas camisetas normalmente. mas foi chegar no sexto mês que.. bum! a pança explodiu! e foi aí que eu virei adepta às camisetas compridas. já existem muitas camisetas, camisas e toda sorte de blusas especializadas para gestantes, mas nem todo mundo pode bancá-las. também acredito que valha a pena investir em uma camisa mais social com modelagem específica para as barrigudas, de repente pra algum jantar ou para ir trabalhar. mas pro dia a dia, vale a pena comprar camisetinhas beeem compridas ou mesmo batinhas.
    dica: 
    não tenha medo do tamanho G ou GG. ele é seu amigo! lembre-se: você não está gorda; está grávida.
    dica nº 2: já vi algumas grávidas que encontram dificuldade em achar casaco. eu não passei muito frio porque fui uma grávida extremamente calorenta e o inverno de brasília não é lá muito rigoroso. mas você pode usar um casaco normal com abertura frontal e uma blusa comprida por baixo, ou então pode investir em um bom casaco para grávidas.
    afinal, gravidez não é sinônimo de baranguice.
  • vestidos (uns 3. ou mais. muito mais)
    ah, minhas caras leitoras! preciso confessar: bem antes de engravidar eu jurava que nunca usaria vestidos na gravidez. falava pra mim mesma que parecia um botijão com capinha. mas eu estava barrigaredondamente enganada. vestidos são frescos, são confortáveis, não apertam a perna nem a barriga. e podem ser lindos de viver.
    alguns até dão pra usar ad eternum, com ou sem bebê, com ou sem barriga.

dica para as não-ricas como eu: compre roupas que sirvam para a gravidez e pós parto/amamentação.
depois que o benjamin nasceu e passou a mamar como um bezerro faminto, eu precisei rever algumas roupas. por exemplo, não dava pra sair com um vestido inteirão, porque se o guri resolvesse mamar, não tinha como.
e nos primeiros meses pós parto eu estava com aquela pança grande, solta, molenga, pelancuda e não tinha coragem de usar camiseta e levantá-la para amamentar em público. então, para evitar a aparição do maracujá flácido albino, acabei comprando algumas camisas de botão.

acessórios

  • sapatos baixos (1 ou 2 pares)
    têm que ser confortáveis e daqueles coringas. pode ser rasteirinha, sapatinha, sleepers, oxfords, dentre outros.
    escolha um de couro macio (pelica é uma excelente opção para a sapatilha) e que seja aquele tipo de sapato que você passaria o dia inteiro batendo perna com ele.
    mas fuja dos sapatos de plástico, a não ser que goste de sofrer. pra que fazer sacrifícios bobos com seu pé se a gravidez já é cheia de pequenos incômodos? evite quantos puder!
    dica: a melhor época pra comprar sapato (gestante ou não) é quando você já andou um bocado, de preferência em um dia quente. isso porque o pé incha e você vê como ele vai ficar na realidade. só não esqueça de dar uma limpadinha nele antes de sair enfiando no sapato dos outros. eco!
    mas já vou avisando: tem grávida que o pé incha tanto que a impressão que dá é que ele aumentou de número. ou seja, mais uma vez deixe pra comprar conforme a necessidade.
  • almofada para a barriga é uma rampinha pequena que começa fininha e fica maior. quem vê acha que é mais um daqueles acessórios inúteis que inventam por aí. mas foi a melhor amiga nas noites desconfortáveis de uma barriga grande. é ótima pra quando a barriga começa a ficar redonda e pesada, a ponto de interferir na hora de dormir, quando você vira para um lado e para o outro e parece nunca achar uma posição adequada.
    comprei a minha num brechó, pela bagatela de 15 reais e virou minha companheira de terceiro trimestre. depois disso, já emprestei para várias amigas gestantes e todas elas usaram e abusaram (mas a bichinha continua inteirona).
  • outros acessórios
    já vi grávidas que usam e amam meia calça para gestantes e aquelas faixas-suporte para barriga. a faixa eu não cheguei a experimentar, mas bem que eu queria, porque no finzinho a pança pesa mesmo. já a meia calça era muito boa porque aliviava tudo, mas coçava muuuito minha barriga e eu acabei desistindo.

e você? quais itens você considera essenciais durante a gravidez? o que é que você usou/usa durante a gravidez e recomenda para todo mundo?

se, como eu, você também acha que algumas peças de vestuário com modelagem específica para as barrigudinhas fazem toda a diferença, apresento-lhe a Lui Mammy Store, uma loja virtual para gestantes que vende uma grande variedade de roupas para grávidas, como blusas, saias, vestidos, macacões, calças e muito mais.
eles entregam em todo o brasil, com rapidez e segurança certificada nas suas compras.

o que eu mais adoro de lojas virtuais é que você não precisa sair de casa. sério, às vezes pode ser atormentador sair com filho pequeno, barriga pesada, enfrentar trânsito, achar estacionamento, subir, descer do carro, pegar chuva, pegar sol… cansei só de pensar!
e se você quiser trocar algum produto, pode fazer isso num prazo de 7 dias. conheça a política de troca e devolução.

para completar, a Lui Mammy Store está oferecendo descontos de 30% a 40% nas peças de inverno e você ainda pode parcelar suas compras em até 6x sem juros.

e não esqueça de compartilhar suas experiências e recomendações aqui, ok?

categorias: Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , enxoval da gestante, estou grávida, para gestantes, quero engravidar

assine nosso feed ou receba por email
11 de agosto

enxoval da gestante parte I – vestuário

por luíza diener

uma coisa que encontramos às pencas seja na internet, lojas especializadas e etc são listas imensas de enxoval.
tem enxoval de casamento, enxoval do bebê e às vezes até o enxoval da mamãe (ou seja, sutiãs e pijamas para a maternidade).

mas se teve algo que não encontrei na minha fase de potencial gestante foi uma lista de enxoval para as grávidas.
com as semanas passando, a barriga crescendo e outras mudanças acontecendo, percebi que quase toda semana tenho que comprar algo novo.
muitos itens têm que ser comprados conforme a necessidade, mas eu me sentiria melhor se já tivesse deixado algumas coisas separadas de antemão, mesmo que fosse dinheiro.

então, a despeito do meu último vídeo, aí vai uma lista comentada – mesmo que longe de ser completa – do que já senti falta até essa altura do campeonato, ou seja, no oitavo mês de gravidez.
o resto é intuitivo.

Vestuário

  • 2 ou 3 sutiãs de boa sustentação, um número maior que seu peito nos dias de tpm.
    (fuja a passo largo dos que têm bojo e voando dos com aro. hoje em dia já existem sutiãs específicos para gestantes. recomendo a linha maternity, da liz (porque é bom e tem da cor preta). mas também vi uns muito fofos da love secret;
  • 7 calcinhas confortáveis, pelo menos um número maior que o habitual.
    esqueça as tangas ou modelo string, a não ser que queira seduzir o maridón (e tirá-la correndo). prefira as mais larguinhas e de algodão, que ventilam melhor e não dão alergia (vai por mim, a coisa fica esquisita durante a gravidez).
    eu não diria que é 100%  essencial comprar calcinhas específicas, mas uma coisa que eu notei é que, conforme a pança cresce, a calcinha fica cada vez mais baixa e parece que fica perdida lá embaixo. o forro não encaixa e vai parar lá atrás (e grávida é uma coisa linda pra não ficar enxuta, né?).
    dessa linha maternity, da liz, têm vários modelos. lá pro 5º mês comprei uma tipo bikini e só queria usar ela. aí comprei mais uma e também duas de algodão dessa love secret: uma rosa e uma azul. apaixonei tanto que não quis mais saber das outras! uso uma enquanto a outra está lavando e lá vamos nós! ela é super de algodão, bem forrada e não dá alergia (eu estava com uma coceira chata que logo passou por conta disso).
    dica: teste marcas diferentes pra ver qual se adapta melhor a você. não compre muitas. vai que você engorda mais que um número e precisa se livrar das antigas?
    uma boa é lavar a calcinha do chuveiro (mas se o marido não gostar, pendure logo no varal pra poupar brigas desnecessárias);
  • 1 ou + calças jeans para gestantes. recomendo! recomendo! recomendo!
    minha melhor aquisição gestancial foi a calça para grávidas. fora do cabide elas são horrorosas, mas depois que você veste é um conforto sem fim e com uma blusinha maiorzinha todo mundo vai achar que você está com um jeans comum.
    separe um (bom) dinheiro para comprar pelo menos uma (gastei R$ 160,00 da minha e não me arrependo), mas deixe pra fazê-lo apenas quando já estiver perdendo suas calças antigas. se for na época do calor, vale a pena investir em uma bermudinha também. a minha é da emma fiorezi.
    dica: para comprar essas calças experimente colocar os braços dentro da calça. isso mesmo! um em cada perna, ao lado do quadril. se couberem com folga, fique tranquila! se você engordar o recomendado, elas dão até o fim (comprei a minha com 5 meses e mesmo na reta final a bixa ainda cabe com folga. e olha que já engordei 12kg).
    e aquela malha pegando na barriga dá um conforto danado…
  • pelo menos 7 blusas 1 ou 2 número maiores
    até uns 5 meses eu, magrela, usei minhas camisetas normalmente. mas foi chegar no sexto mês que.. bum! a pança explodiu! e foi aí que eu virei adepta às camisetas de supermercado.
    vamos lá que eu explico. eu sou sócia do sam’s club e lá sempre tem uma seção de roupas de marca própria por uma boa qualidade e preço razoável. comprei 5 camisetas finas e compridas e gastei menos de 60 reais. não sei se vale a pena comprar um milhão de roupas para gestante, até pq elas costumam ser caras, vagabundas e feias.
    se precisar de algo específico, eu prefiro ir a uma renner, c&a ou riachuelo, que têm seção para grávidas sem um preço tão absurdo.
    dica: não tenha medo do tamanho G ou GG. ele é seu amigo! lembre-se: você não está gorda; está grávida.
  • 1 ou 2 pares de sapatos baixos. têm que ser confortáveis e daqueles coringas.
    uma sandália rasteirinha e uma sapatilha são uma boa opção. mesmo que você seja do tipo extravagante, não recomendo um sapato berinjela ou cheio de brilho, porque você perde a versatilidade da coisa e acaba limitando suas opções. escolha um de couro macio (pelica é uma excelente opção para a sapatilha) e que seja aquele tipo de sapato que você passaria o dia inteiro batendo perna com ele.
    sapato de plástico nem pensar! a não ser que você seja uma masoquista colecionadora de bolhas! ou que você compre um crocs do modelo tradicional (que pra mim foi a salvação, mas não é lá muito bonito).
    pra que fazer sacrifícios bobos com seu pé se a gravidez já é cheia de pequenos incômodos? evite quantos puder!
    dica: a melhor época pra comprar sapato (gestante ou não) é quando você já andou um bocado, de preferência em um dia quente. isso porque o pé incha e você vê como ele vai ficar na realidade. só não esqueça de dar uma limpadinha nele antes de sair enfiando no sapato dos outros. eco!
    mas já vou avisando: tem grávida que o pé incha tanto que a impressão que dá é que ele aumentou de número. ou seja, mais uma vez deixe pra comprar conforme a necessidade.
  • 1 ou 2 meias calças de média/alta compressão. a famosa meia kendall.
    ajuda a não inchar tanto as pernas e evitar as varizes.
    particularmente eu comprei uma e não me adaptei de jeito nenhum. até que era confortável na perna, mas me deu uma coceira in-su-por-tá-vel na barriga! além do que, era daquelas sem ponteira (os dedos ficam de fora) e aquilo deixava o meu pé metade desinchado e metade inchado (na parte dos dedos). agoniante!
    a sugestão da mari é que se compre uma meia 3/4 ou 7/8. melhor que se compre a 7/8, porque pega atrás da dobra do joelho, área altamente propensa a se ter varizes.
    as de média compressão estão de bom tamanho, a não ser que você seja uma grávida diabética com a perna do tamanho da pata de um elefante.
    coloque ao acordar e não tire nunca mais!
  • 1 faixa-suporte para a pançona.
    essa eu não uso ainda mas estou louca para. minha barriga começou a pesar de fato e, além da dor nas costas, estou sentindo o alto da minha barriga como se fosse rasgar. isso só alivia quando deito e não dá pra passar o dia inteiro deitada né, gente?
    você pode experimentar fazer uma, igual eu vi aqui na crescer (aproveite pra ler a notícia) ou pode comprar em uma farmácia ou loja especializada em produtos hospitalares (ou de gestantes). achei uma aqui, nas americanas.com, ou na loja online da hope, caso você nunca tenha visto uma na vida.

assim, de cabeça, não me lembro de mais nada.
mas se você que já foi ou está gestante lembrar-se de algo que foi peça indispensável na sua gestação, deixe sua experiência e recomendação aqui!

meu plano é a cada semana compartilhar uma nova categoria nos itens básicos do enxoval da gestante.

categorias: Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , enquanto o bebê não vem, enxoval da gestante, eu gestante

assine nosso feed ou receba por email
14 de maio

episiotomia, 23 semanas e o resto

por luíza diener

o que é episiotomia?
é uma incisão feita na parte inferior da vulva para aumentar-lhe o diâmetro e deixar passar a cabeça da criança no momento da expulsão. é efetuada pelo médico quase sempre com a ajuda de uma tesoura. corta-se ao mesmo tempo a parede vaginal e o músculo. a incisão pode ser mediana, entre a vulva e o ânus, ou médio-lateral, em direção à nádega. a episiotomia é realizada no momento de uma investida, quando a pressão da cabeça da criança provoca uma espécie de anestesia fisiológica, o que torna a intervenção quase indolor. quando se efetua antes da fase da expulsão, pode ser dada a anestesia local. a episiotomia é costurada após o delivramento (a expulsão da placenta). a costura é feita em três planos separados: vaginal, muscular e cutâneo. (quando o corpo consente, ed. martins fontes)

e aí que eu já me decidi em ter parto normal (melhor que seja natural). não tenho medo da dor do parto, de não dar conta ou qualquer coisa do tipo. acho que nascemos pra isso e nosso corpo consegue sim. mas estou simplesmente morrendo de medo de dar a louca na médica e ela me fazer a tal episiotomia (por mais que já tenhamos conversado sobre isso). ou, mesmo que não faça, to com medo de ficar naturalmente toda rasgada lá. minha vagina é muito preciosa, gente! prontofalei!

**

benjamin – que hoje completa 23 semanas – está bem. mexendo muito pela manhã e mais calminho no resto do dia. de vez em quando dá umas mexidas bem engraçadas, mas parece que está tudo nos conformes.
sexta que vem o veremos novamente na ultrassom. contando os dias!
a mamãe aqui também está ótima – exceto pelo fato de não conseguir ficar muito tempo sentada que já começa a doer na costela direita. a médica falou que é normal.
resultado: não consigo ficar nem meia hora assim que já tenho que ficar em pé ou deitar. por causa disso não tenho conseguido ficar muito tempo em frente ao computador, seja pra atualizar o blog, checar emails, responder comentários ou visitar outros blogs. mil desculpas a todos pela semi-ausência!

**

será que sou só eu que acho hiper invasivo colocar música na barriga pro bebê ouvir? será que a culpa é minha, por não gostar muito de escutar música?
perdões pra quem acha isso legal, mas meu filho já vai ouvir tanto barulho na vida externa que prefiro deixar ele quietinho pelos próximos meses.

**

hora de render-se às calças para gestantes.
o problema não é a coxa nem a bunda. é a pança que não cabe mesmo. toda vez que senta, enche o saco.
mas experimentei umas que couberam e até que ficam bonitas, quando não aparece aquele elástico da barriga. oi, me vê duas dessa jeans?

**

ótimo fim de semana a todos!

Related Posts with Thumbnails

categorias: Tags:, , , , desenvolvimento da gravidez, eu gestante, questões

assine nosso feed ou receba por email