testado, aprovado ou não

inspirada em um post da lia (que eu li em janeiro e to me coçando pra não reler pra não influenciar o meu post) decidi compartilhar as coisas de mãe/baby que me foram recomendadas ou não e minha experiência (ou não) com cada uma delas.

das coisas pra mãe

1. amamentação

cadeira específica: não comprei porque achei desnecessário e porque não cabe aqui em casa. mas testei várias cadeiras com braço e sofás diferentes na casa do meu avô até chegar na poltrona elétrica. é uma nave e é maravilhosa! mas um trambolho daqueles deve ser o olho da cara e deve ocupar metade do espaço da minha casa.
resumindo: me virei muito bem na minha cama, obrigada!

almofada: não sei se o problema está em mim e eu não sei usá-la, mas estou penando com esta coisa. ganhei uma dessas feita de nasa (oi?) mas no fim das contas eu me viro bem melhor com um milhão de travesseiros.

concha antiempedramento: adoro, apesar de deixar o peito com um formato super esquisito e eu não me arriscar a usar na rua (por enquanto).  mas foi a melhor solução pros meus seios de pedra. ordenha não funcionava, botar o menino pra mamar até sair leite pelo nariz não funcionava, até que uma amiga me indicou e eu não vivo mais sem.
comprei uma da nuk, apesar de ter ouvido muito falar da promillus. comprei a da nuk porque vinha com dois tipos de concha: com furinhos pra tratar dos seios rachados e sem furinhos para coletar o leite derramado. no fim eu alterno as duas, sei lá por quê.
não vou dizer que solucionou o problema da blusa molhada de leite porque a concha enche muuuuito rápido (eu sou uma vaca, gente!) e às vezes vaza.
também não dá pra deitar com ela porque é meleca na certa.
mas aí à noite eu coloco um absorvente pra seios e uso a concha (no seio não utilizado, obviamente) só na hora de dar de mamar . resultado: depois que acaba a mamada de um seio, a concha do outro está quase sempre cheia.

pomada de lanolina: além da famosa, importada e cara lansinoh existem também as genéricas no mercado nacional como a lanidrat, a millar e sei lá se têm mais delas. se funciona ou não eu não sei, porque graças a deus não tive problemas de mamilos rachados nem nada. mas ganhei uma lansinoh  da paloma e outra da thaís e uso desde gestante. também esfolei meus peitos com bucha vegetal durante a gestação, então não sei se tostines vende mais porque é fresquinho ou se é fresquinho porque vende mais.

2. pós-parto

cinta: uso mais pra elevar minha autoestima que pra fins medicinais (ahn?). como não aguento usar o dia inteiro, uso geralmente da metade do dia pra frente, quando vou sair ou recebo visitas. sinto-me linda e ainda ouço comentários do tipo “nossa! onde foi parar sua barriga?” e eu só aponto pro benjamin, mas depois acabo entregando o jogo. o problema é que é caro pra cacete eu só comprei uma. aí a minha vive suja de leite. fazer o quê?

calcinha: olhei váaaarias calcinhas pra pós paridas em uma loja especializada e constatei que nenhuma delas vai acima do umbigo. a não ser que você curta uma pancinha dupla, acho que ela não serve pra conter a molengueza presenteada por esses nove meses de gestação . mesmo assim comprei duas. são ótemas pra segurar o absorvente tamanho monstro.

absorventes: usei o absorvente cirúrgico por mais ou menos uma semana depois do parto. roubei um pacote do hospital  (ah, vai! tava incluso na conta) e continuei usando um outro que eu comprei. aí fui pro noturno. mas agora tá só aquela coisa que parece resto de menstruação e eu to querendo voltar logo pro absorvente de pano.

das coisas pro baby

sling: não sei se isso é pra mãe ou pro bebê, mas o fato é que aos poucos tenho tentado usar o sling que ganhei da karla (primeiro presente do benji).
ainda não peguei a prática e o benjamin fica todo descatembado lá dentro, mas ontem foi a minha salvação, visto que o bichinho tava com bastante cólica e só colinho e mamá resolviam.  até comer slingando eu fiz e depois que eu tirei a cria de lá, ele estava cheio de farelo de pão.

chupeta: não uso e sou meio chata com isso. mas tenho percebido que na hora que o bicho pega, pode ser uma boa solução. então não condeno.
pra não dizer que ele nunca vai usar, ganhou da tia avó uma chupeta porta-remédio que é a minha salvação em momentos caóticos. na hora do remédio o benjamin cospe tudo se eu pingar direto na boca. aí esse treco quebra um galhão e ainda acalma o guri por alguns segundos (até ele descobrir que foi enganado). mas dizem que com o tempo eles ficam vacinados e não querem mais saber da coisa. mas ainda quero testar a chupeta termômetro.

mamadeira: apesar da amamentação livre demanda free style way of life tomar um tempão da gente, eu não tenho coragem de cortar o barato da criança por enquanto e nem de dar mamadeira. isso porque eu não vou voltar a trabalhar nem nada, então não vejo necessidade.
em caso de urgência ele vai pra colherzinha ou pro copo e daí pula direto pro copinho de treinamento, na idade apropriada.

aspirador nasal: esse foi um dos itens da lista de enxoval que eu me questionei “pra que, meu deus?” e que descobri a resposta com menos de três dias de benjamin. um dia o bichinho começou a babar e expelir pelo nariz um catarro grosso e ele foi ficando roxo roxo. era resto de parto. no fim ficou bem, mas foi o aspirador nasal que me ajudou a tirar o resto dessa tranqueira. e com o tempo seco de brasília, o combo sorine + aspirador nasal é tiro e queda.

fita crepe: outro praquemeudeus que me surpreendeu. claro que não comprei a tal, mas ela brotou misteriosamente na casa do meu avô e eu descobri que ela é quem nem bombril: tem mil e uma utilidades: serviu pra imobilizar o bracinho do benji (por cima da roupa, ok?), serviu pra etiquetar vários pacotes, segurou a fralda quando aquela colinha se acabou, segurou as meinhas frouxas, fechou o pacote aberto de fraldas e mais uma pá de coisas. aí acabou a mamata e eu quero comprar mais.

tesourinha versus cortador de unha: ganhei os dois e só uso o primeiro. o cortador é meio agressivo enquanto que a tesourinha própria pra bebês te impede de tirar uns bifinhos da unha dos pequenos. mas é claro que mesmo assim eu consegui aparar um pedaço do pequeno polegar.

fraldas de pano: é um sonho. mas até hoje não encomendei. estou esperando minha vida se adaptar mais. quero comprar daquelas que crescem com o bebê pra ele usar a partir dos 3 meses. mas como isso demanda dinheiro, estou pensando nas fraldas de pano old school mesmo. veremos.

não prometo que depois volto com mais coisas, até porque este post demorou mais de quatro horas pra ser escrito entre mamadas, trocas de fraldas, palas no computador e dispersões gastronômicas da minha parte.

Related Posts with Thumbnails

38 comments

  1. cadeira específica: o sofá daqui de casa funciona bem, sentar na cama com as costas na parede, amparada por um travesseiro também funcionou muito bem.

    almofada: não sei qual seria essa, mas tenho uma para amamentação, em formato de quase meia lua e me salvou! É super confortável dar de mamá.

    concha antiempedramento: sempre esqueço que estou com ela e acabo fazendo uma lambança só. uso para ajudar a fazer bico – o meu é reto. o povo do banco de leite não recomenda. dizem que pode ajudar a proliferar bactérias no seio e comprometer o peito. bem, eu uso de vez em quando, esterilizo e tudo…

    pomada de lanolina: uso DERSANI.

    cinta: de vez em quando e também vive suja de leite.

    calcinha: comprei normais, tipo véia.

    absorventes: usei noturnos e já uso interno. mas adorei esse de pano!
    das coisas pro baby

    sling: estou com medo de usar, caetano é tão pequenino!

    chupeta: tive que usar para ele treinar o sugar.

    mamadeira: pra depois, né?

    aspirador nasal: ainda na caixa.

    fita crepe: ?

    tesourinha versus cortador de unha: tesourinha, com certeza.

    fraldas de pano: ei de pensar sobre…

  2. Meus comentários, apenas para trocar idéias, porque, realmente, cada um é um nessa coisa de produtos!rs

    AMAMENTAÇÃO
    Cadeira específica: usei uma poltroninha que eu já tinha, foi uma droga porque o encosto era baixo, os braços também… sofri… aí descobri que amamentar reclinada em um milhão de travesseiros na cama era BEM mais gostoso e eu ainda conseguia tirar um soninho!

    Almofada: testei a de uma amiga, achei um trambolho do caramba. Resolvi meu problema com travesseiros mesmo!

    Concha: usei por uma semana, porque eu não sei! Só fez aumentar minha já enorme produção (fica estimulando o peito ao comprimir o bico) e, consequentemente eu vivia MOLHADA… de quebra ainda me causou uma belíssima candidiase no bico do peito, pela umidade contínua… candidiase essa que foi agravada pelos absorventes de seio! UI… aí adotei a fralda de pano enrolada cobrindo os peitos! PRONTINHO, resolvido!

    Pomada de lanolina: ganhei duas Lansinoh da minha mãe. Usei umas 3 vezes. A tal candidiase piorava quando eu usava! Aí resolvi tudo da seguinte forma. Assim que eu terminava o seio, pegava umas gotinhas de leite do meu peito, lavava o bico e deixava secando sem cobrir… funcionou! E, nunca esfolei, nem preparei, nem sequer encostei no meu bico do peito antes de parir e nunca rachou NADA!

    PÓS PARTO
    Cinta: Usei por 3 dias… no calor de 40 graus do verão carioca, quase morri de desconforto e desidratação. Realmente, só serve mesmo para a auto-estima da mãe!rs

    Calcinha: comprei umas 3 calcinhas de vovó, do modelo corta tesão que vai até quase a base do peito… HORRENDA, mas mega confortável!

    Absorvente: usei o pós parto da maternidade e virei uma assadura humana… mega alergia na amiguinha! Antes mesmo de ir para casa pedi ao marido para ir na farmácia comprar um noturno de boa marca… segurou direitinho…

    PARA O BABY
    Sling: AMO… consegui usar algumas vezes, até para amamentar andando pela rua… mas quando completou 4 meses minha filha se revoltou com o negócio e nunca mais aceitou entrar nele! ADORO ver mãe slingando! Tudo de bom!

    Chupeta: Bem tentei que a Alice pegasse isso, porque, convenhamos, ajuda muito a acalmar… e minha filha nasceu ligadona e desligava por brevíssimos períodos… mas a bichinha era tinhosa e NUNCA quis saber de chupeta. Hoje eu acho maravilhoso ela não ter querido, porque me poupou todo o trabalho de ter que deschupetar!

    Mamadeira: Alice nunca aceitou… até os 16 meses, quando desmamou do peito… hoje ela bem que gosta… e eu deixo mesmo… mamou BEM no peito e só no peito até 16 meses, não vejo galho em curtir uma mamadeira agora!

    Aspirador nasal: eu sempre detestei… tinha medo de sugar o cérebro do bebê com ele!hahahaha Mas depois acabei lendo muito sobre o uso desse negócio e o que descobri é que ele pode cronificar uma coriza por fazer pressão negativa nas mucosas do nariz do bebê e irritá-las mais ainda… enfim… minha pediatra concorda comigo… mas conheço quem use muito…

    Fita crepe: tem utilidades variadas sim… mas nunca me fez muita falta não…rs

    Tesourinha: cortador eu não consegui usar de forma alguma… não dava jeito. Com a tesourinha sempre cortei na boa, e, até hoje, aos 2 anos e 9 meses, não tirei nenhum bife!rs

    Fralda de pano: só quando eu morar num país que tenha serviço de lavagem de fraldas de pano com coleta e entrega em domicílio… sem babá, sem empregada fixa, com um bebê pequeno que não dorme e que mama mais do que era humanamente possível, eu não me sentia apta a lavar fraldas! Mandei a ecologia para as cucuias e fui de fralda descartável mesmo… sem culpas! Farei coisas em prol do meio ambiente em outros setores, prometo!

  3. Também vou fazer meus comentários, inclusive estava preparando um post sobre isso! Minha filha está com 23 dias, então minha experiência é bem restrita!

    Poltrona de amamentar: consegui emprestada de uma amiga e foi praticamente meu lar na primeira semana! Era da cama pra poltrona, ajudou muito! Agora tb uso o sofá da sala, o braço tem um altura boa pra apoiar o cotovelo.

    Almofada de amamentação: comprei por indicação e uso sempre! Inclusive preciso começar a me desvencilhar dela! O bebê fica totalmente apoiado nela de maneira confortável pra nós duas!

    Concha: tb foi minha salvação! Tb tenho produzido muito e no início sofri com o empedramento. Hj uso direto, inclusive pra dormir e elas estão sempre cheinhas! Mas as “rosquinhas” de pano pra dormir são mais confortáveis!

    Lanolina: a orientação que recebi do banco de leite foi de usar o próprio leite no mamilo e secar com o secador (a uma boa distância, claro!). No início o desespero era tanto que usei a pomada + leite, mas depois continuei só com o leite e senti que o resultado foi melhor. A pomada deixa o mamilo muito úmido, sei lá.

    Sling: nossa filha não parece ter gostado, ela fica toda sem posição lá dentro, não sei, talvez ainda não aprendemos a usar direito, vamos continuar tentando.

    Chupeta: como diz o pediatra, a chupeta é para os pais e não pro bebê! rsrsrs Sendo assim, compramos uma, que a Duda não pegou. Depois passamos a usar a tal funchicórea nas crises de cólica e foi ótemo! Mas logo que ela se acalma, solta a chupeta, o que é bom tb!

    Mamadeira: ainda não

    Aspirador nasal: tá na caixa, tb nunca usei

    Valeu o post! Legal trocar experiências!!!

  4. adorei o post, e os comentários, é bom saber que tod@s passam mais ou menos pelas mesmas coisas, então lá vão minhas impressões e dicas após 40 dias com o Romeu:
    achei ótimo que fiz a mesma coisa com o absorvente do hospital, mas acabei jogando o trambolho fora, porque é muuito grande! A cinta tambem é a mesma coisa, usei nos primeiros dias e agora só quando quero disfarçar a barriga.
    Concha anti-empedramento me salva, mas esterilizo todo dia, e tambem lavo o sutiã quase todo dia, porque morro de medo de dar fungo.
    Sobre a cadeira, dei muita sorte, uma prima me emprestou uma própria para amamentação, quando vi achei feia e nem queria, de madeira pintada de branco, com almofadas que troquei o forro para melhorar o visual, mas não tem nada melhor, ela balança e tem local para apoiar o pé que balança tambem, agora não quero devolver! E descobri que a almofada para amamentar é perfeita para a cadeira, mas não funciona para a cama. Acho que vale a pena viu, considerando que é o local que passo a maior parte do meu dia, se ela pedir de volta, compro outra na mesma hora!
    Sling quero leva-lo junto comigo na loja, disse que tem uma ótima na 112 norte (para quem é de Brasília) e testar com ele, por isso não comprei antes.
    Agora quanto a chupeta é com muita culpa e com muito cansaço que utilizo. E aí é alívio imediato, mas só uso a noite, como último recurso (ex: depois de amamentar das quatro as seis da manhã, ele chora as sete, aí coloco a chupeta para ganhar umas horinhas de sono!).
    Bom, outra coisa importante que eu não levava a sério: roupas e fraldas, quanto mais melhor, é impressionante como sujam. E na correria impossível para mim ser ecologicamente correta, estou só na descartavel, mas quero sim testar as reutilizáveis, assim que estiver com uma rotina mais estabilizada, e por fim, outro investimento importante: o balde (Tummy tub), é sem dúvida muito relaxante para o bebê.

    Bom, além disso o mais importante de tudo: uma mãe totalmente disposta e por conta do bebê, que não tenha nenhuma outra obrigação na vida (isso é o mais díficil)!

    Valeu Luíza pelo post, adorei! Beijos!!!

  5. Bom, por enquanto soh posso falar do que eh pré-baby.
    Comprei uma cadeira de balanço muito fofa pra amamentar e que me serve jah agora com o Felipe – eu sento nela e me balanço. Quando eu paro, o cara-palida mexe, acho que pedindo mais… ehehehe…
    Outra coisa foi a almofada de amamentaçao. Adoro e uso desde que minha barriga começou a ficar indomavel pra dormir.

    Beijinho!!

  6. Valeu a homenagem!! Tem que testar e aprovar!!
    Luuu, você não quer minha cinta emprestada? Acho que te serve, hem? Manda alguém buscar lá em casa, porque eu só poderia te visitar (oi? você por acaso quer ser visitada) no domingo, e até lá sua barriga já vai estar de tanquinho.
    Qualquer coisa mande email ok? às ordens.

  7. Ah, esqueci de falar da cadeira e da almofada de amamentar, que são minhas companheiras até hoje (o Gui tem 2 anos e 2 meses) e a almofada é daquelas normais mesmo, ganhei uma da NASA também e odiei, é dura… O absorvente, também levei o do hospital pra casa, tá no preço…hehehhee…. mas logo passei pra um normalzão mesmo.
    As calcinhas pós-parto só usei enquanto estava usando a faixa na barriga, ainda no hospital, achei elas horrorosas, tudo bem que não tinha vida sexual com o marido nos primeiros dias/meses, mas ficar vestida de vovozinha não rolava mesmo assim…

  8. Olá blogueiro,

    Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

    Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

    É muito importante, tanto para o bebê como para a mãe, amamentar até os dois anos de idade ou mais. O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

    Acontece que nem todas as mães sabem de todos esses benefícios e deixam de amamentar mais cedo. Você pode ajudar nessa campanha divulgando materiais e informações por meio do seu blog.

    Caso se interesse, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br e participe.

    Obrigado pela colaboração!

  9. My best computer expired while i is going through this web site very last time period I got these. But for the last two times We have already been on the lookout for this sort of web site, which means excited I found the application once again! :H

  10. Magnificent goods from you, man. potencial gestante – testado, aprovado ou não I have understand your stuff previous to and you’re just extremely excellent. I actually like what you’ve acquired here, certainly like what you’re saying and the way in which you say it. You make it entertaining and you still take care of to keep it wise. I cant wait to read much more from you. This is actually a great potencial gestante – testado, aprovado ou não informations.

  11. Magnificent goods from you, man. potencial gestante – testado, aprovado ou não I’ve understand your stuff previous to and you’re just extremely fantastic. I actually like what you’ve acquired here, really like what you’re stating and the way in which you say it. You make it entertaining and you still care for to keep it wise. I can’t wait to read far more from you. This is actually a tremendous potencial gestante – testado, aprovado ou não informations.

  12. It¡¯s an important pity you actually don¡¯t have a very good give money link! I¡¯d surely give money for this spectacular webpage! As i presume in the meantime i¡¯ll be satisfied book-marking and even putting ones own Feed to help you a Google and yahoo credit account. As i start looking forwards to help you innovative changes and will eventually publish it website through a Facebook . com team:

  13. Magnificent goods from you, man. potencial gestante – testado, aprovado ou não I’ve understand your stuff previous to and you are just too excellent. I actually like what you’ve acquired here, really like what you’re stating and the way in which you say it. You make it enjoyable and you still take care of to keep it sensible. I cant wait to read much more from you. This is actually a terrific potencial gestante – testado, aprovado ou não informations.

  14. Excellent goods from you, man. potencial gestante – testado, aprovado ou não I’ve understand your stuff previous to and you are just too magnificent. I really like what you’ve acquired here, certainly like what you’re stating and the way in which you say it. You make it entertaining and you still take care of to keep it wise. I can not wait to read much more from you. This is actually a tremendous potencial gestante – testado, aprovado ou não informations.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *